Discurso direto e indireto

Report
Discurso direto, indireto
e indireto livre
Observe os exemplos abaixo:
1) Ana disse:
- Amanhã não irei à escola.
2) Ana disse que amanhã não iria à
escola.
Existe uma diferença entre os
exemplos 1 e 2. O texto 1 é um
exemplo de discurso ___________,
já o 2 é um exemplo de discurso
_____________.

Para fazer a introdução dessas
vozes no texto, a voz principal ou
privilegiada, o narrador, usa o que
chamamos de discurso. O que vem a
ser
discurso
dentro
do
texto? Discurso é a forma como
as falas são inseridas na narrativa.
O discurso pode ser classificado em:
direto, indireto e indireto livre.
Observe atentamente o diálogo
abaixo:
Você poderia
ligar para os
fornecedores e
marcar uma
reunião para
amanhã?
Claro!

Perceba o chefe e sua funcionária:
O chefe disse para a funcionária:
- Você poderia ligar para os
fornecedores e marcar uma reunião
para amanhã?
A funcionária respondeu:
- Claro.


Imagine duas pessoas conversando.
Agora, imagine esta conversa sendo
escrita. Existem as marcações
próprias da linguagem formal quando
nos referimos as falas (que são
próprias da oralidade ou da
linguagem coloquial).
Interrogação, dois pontos, travessão
etc. Esses são alguns exemplos da
marcação de uma conversa coloquial
na escrita formal.
Imagine agora que dois funcionários
estavam conversando próximo ao chefe e
um deles não escutou, mas ficou
interessado na conversa!
Que
fofoqueira!
Você escutou o
que o chefe pediu
para a Zenita?
Ele perguntou a
Zenita se ela poderia
ligar para os
fornecedores e
marcar uma reunião
para amanhã.
 No
discurso
indireto,
o
narrador utiliza suas próprias
palavras para reproduzir a fala
de um personagem!
Discurso indireto livre


É um caso misto de reprodução das
falas e menos comum. Nele
aparecem as palavras do narrador e
do personagem!
Não confunda discurso indireto livre
com “misturar” narrador observador
e
narrador
personagem!
São
informações totalmente diferentes!!
Transforme o discurso direto
em indireto:
1) A menina disse:
- Estou com fome.
A menina disse que estava com fome.
2) O Afonso já fez o macarrão? Perguntou
dona Magali.
Dona Magali perguntou se o Afonso já havia
feito o macarrão.
1) A menina disse:
- Estou com fome. (presente) discurso direto
A menina disse que estava com
(pretérito imperfeito) discurso direto
fome.
2) O Afonso já comprou o pão? Perguntou dona
Magali. (pretérito perfeito) discurso direto
Dona Magali perguntou se o Afonso já havia
comprado o pão. (pretérito mais que perfeito)
discurso direto
Ou
Dona Magali perguntou se o Afonso já comprara
o pão. (pretérito mais que perfeito) discurso
direto
Imagine que o diálogo abaixo faz parte
de uma entrevista de uma celebridade (Dona
Lucita, professora e psicóloga) concedida à
Revista ZZ em janeiro de 2011 sobre um
projeto social:






Revista ZZ: Qual é o propósito do projeto social da ong
“menos violência” que você coordena ?
Dona Lucita: Existem muitos jovens que não têm
oportunidade e buscam na nossa ong uma esperança.
Revista ZZ: Vocês ajudam qualquer pessoa que precisa ou
existe uma seleção?
Dona Lucita: Quando o jovem chega “em nossa casa”, ele
tem vergonha e baixa autoestima, nós fazemos um
cadastro e ele começa a frequentar o projeto. Aos poucos
vai se interessando.
Revista ZZ: Como vocês conseguem manter o projeto?
Dona Lucita: Contamos com doações diversas e muitos
jovens, como gratidão, trabalham conosco voluntariamente.
Agora, mudaremos o discurso direto
para o indireto:
Em entrevista a revista ZZ, em janeiro de
2011, Dona Lucita, esclarece qual é o projeto da
organização que coordena, se o jovem que os
procura, precisa de seleção e como a professora
consegue manter o projeto.
A coordenadora explica que os jovens que
procuram a organização não têm oportunidade e
buscam uma esperança. Que os interessados fazem
um cadastro e começam a frequentar o projeto.
Que a “menos violência” é mantida com doações
diversas e pelo trabalho de muitos voluntários.
MUITO IMPORTANTE!



É ERRADO TRAZER INFORMAÇÕES DE
“FORA DO TEXTO”, MESMO QUE A
IDEIA SEJA DE MELHORÁ-LO.
O
DISCURSO
INDIRETO
É
SIMPLISMENETE UMA “NOVA FORMA”
DE LEITURA DE ALGUM TEXTO QUE
JÁ ESTÁ PRONTO!
CUIDADO
COM
DISCURSO!
A
PESSOA
DO

similar documents