WS rotas tecnológicas da energia eólica no Brasil

Report
WS - Rotas Tecnológicas da
Energia Eólica no Brasil
Instruções do nosso Anfitrião:
... basta preparar uma apresentação bem direta
indicando que rotas tecnológicas - de produtos,
processos, metodologias e serviços - o Brasil deve
priorizar em investimentos em P&D para
aumentarmos o grau de nacionalização deste
segmento produtivo...
I Workshop CNPQ & ABEEólica
palestrante: Ana Lúcia Assad
Data: 13 de Setembro de 2011
Local: China Trade Eventos - São Paulo
• Formação de Redes de Tecnologia
... evento prático voltado às necessidades dos
fabricantes, desenvolvedores e geradores.
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
ABDI - Agência Brasileira de
Desenvolvimento Industrial
 Proj. Pesquisa (horizonte 2015)
“Perspectivas para o Desenvolvimento
Tecnológico Setorial: Indústria de Bens de
Capital para Energia Renovável”
(PDTS‐IBKER)
fontes de energia: Eólica; Biomassa (etanol,
bagaço de cana); Solar e Fotovoltaica; e
Hidráulica (PCH, “fio d’água”, marés, etc.)
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Tendências Mundiais
• Demanda crescente por suprimento de alta
qualidade/confiabilidade pressiona por
inovações nas redes de distribuição;
• Políticas nacionais e internacionais
fomentam a geração com baixa emissão de
Carbono e Fontes Renováveis;
• Uso eficiente da energia e integração de
fontes renováveis e geração distribuída.
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Há limites para inserção de
geração eólica/solar?
• O fundamental para esta tecnologia é como
solucionar a intermitência da geração elétrica
devido a variabilidade da fonte eólica e solar.
• Sistemas de armazenamento de eletricidade
podem amenizar os problemas da
variabilidade da geração eólica.
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Rotas Tecnológicas de Produtos
Pás + Rotor Eólico + Caixa de Redução + Gerador Elétrico
 Sistema Modular Fechado
 Tecnologia consolidada
 Aerogeradores de até 2,3 MW
 gerador síncrono
 DFIG (double-fed induction generator)
 Inovações Secundárias
 tropicalização da tecnologia
 otimização para o clima e regime de ventos brasileiros
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Rotas Tecnológicas de Produtos
Nacele + Torre + Transformador
 Sistema Modular Aberto
 Tecnologia consolidada
 Grande Volume/Peso
 vantagens para o fabricante em nacionalizar a produção
 demanda local por infraestrutura e logística
 Baixo conteúdo tecnológico
 emprego massivo de mão-de-obra pouco especializada
 pouco investimento em inovação
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Rotas Tecnológicas de Produtos
Conversor baseado em Eletrônica de Potência
 Sistema Modular Fechado
 Tecnologia em rápida evolução
 Baixo Volume/Peso
 “desinteresse” do fabricante em nacionalizar a produção
 Alto conteúdo tecnológico
 emprego de mão-de-obra altamente especializada
 grande investimento em inovação
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Tendências Tecnológicas
• Turbinas até 2,5 MW: instalação on-shore
– inovações secundárias
• Turbinas acima de 2,5 MW: instalação off-shore
– inovações primárias / rupturas tecnológicas
• direct drive, PMSG
• geradores/conversores de média tensão
• fundações e plataformas flutuantes
• HVDC e sistema de transmissão submarino
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão
Power Grid of the Future
• Integration of renewable power plants (PV
and wind) which uses PE converters.
• Increased efficiency of generation plant by
enabling variable speed.
• Energy storage using PE converters.
• HVDC and power electronics at all voltage
levels.
• New concepts for system operation and
control
Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão

similar documents