Genética III 2012

Report
Genética III
Revisão: 1ª Lei de Mendel
Genes letais e co-dominância
2ª Lei de Mendel
Probabilidades
Exercícios de Revisão
1-Considere que o comprimento da cauda, numa dada espécie,
seja condicionado por um par de alelos com dominância. Animais
com cauda longa foram cruzados repetidas vezes entre si
originando sempre descendentes com cauda longa. Animais com
cauda curta foram cruzados repetidas vezes entre si originando
sempre descendentes com cauda curta. Os descendentes destas
duas linhagens, quando cruzados entre si, só originaram filhotes
de cauda longa (F1). Monte um cruzamento mendeliano para a
característica COMPRIMENTO DA CAUDA, indicando os fenótipos
e genótipos das gerações P, F1 e F2, além das proporções
fenotípicas de cada geração. Indique também os gametas
produzidos por P e F1.
2-O tomateiro pode ter folha normal (com borda recordada)
ou “batata” (com borda lisa). Foram realizados diversos
cruzamentos envolvendo estes dois fenótipos, sendo
obtidos os seguintes resultados:
Dê os possíveis genótipos das plantas envolvidas
cruzamentos apontados.
nos cinco
CASOS ESPECIAIS DE 1ª LEI
GENES LETAIS
HERANÇA SEM DOMINANCIA OU
CO-DOMINANCIA
HERANÇA SEM DOMINANCIA OU CO-DOMINANCIA
Exercício
 Quanto à forma, os rabanetes podem ser compridos
(LL), arrendondados (ll) ou ovalados (Ll). A partir do
cruzamento de plantas que produzem rabanetes
ovalados, foram obtidos 120 descendentes. Destes
descendentes, quantos deverão produzir rabanetes
ovalados?
EXERCÍCIO
 Em uma espécie de planta existe o gene C, dominante,
responsável pela coloração verde das folhas. O alelo
recessivo c, condiciona a ausência de coloração nas
folhas, portanto o homozigoto recessivo cc morre
ainda na fase jovem da planta, pois esta precisa do
pigmento verde para produzir energia através da
fotossíntese. O heterozigoto é uma planta saudável,
mas não tão eficiente na captação de energia solar, pela
coloração verde clara em suas folhas. Assim, se
cruzarmos duas plantas heterozigotas, de folhas verdes
claras, obteremos quais proporções genotípicas e
fenotípicas?
2ª LEI DE MENDEL
Como ocorre a herança
de duas características ao mesmo tempo?
-Mendel estabeleceu um modelo para
duas características diferentes
-Para tanto analisou as características
das ervilhas duas a duas, considerando
um par de fatores para cada característica.
Como ocorre a herança
de duas características ao mesmo tempo?
Segregação de dois pares de fatores (genes)....
Geração F2 obtida a partir da combinação dos gametas:
F2
Proporção:
9:3:3:1
2a. Lei de Mendel
 Fatores para duas ou mais
características são transmitidos de
modo totalmente independentes,
ou seja, não existe a interferência
da transmissão dos fatores de uma
característica sobre outra.
PROBABILIDADE E
GENÉTICA

PROBABILIDADE E GENÉTICA
 Em genética, a resolução de muitos
problemas envolve a previsão de
determinados eventos.
 Isso implica o conhecimento de certas
leis da PROBABILIDADE.
 Vejamos as fórmulas e exemplos.
PROBABILIDADE DE
OCORRENCIA DE UM
EVENTO
 P = nº de eventos favoráveis
nº de eventos possíveis
Exemplo 1:
 Num lançamento de um dado, qual
a probabilidade de se obter a “face”
5?
P= nº de eventos favoráveis = 1/6 = 0,16666 = 16,6%
n° de eventos possíveis
Exemplo 2:
 Num baralho de 52 cartas, qual a
probabilidade de retirarmos uma
dama qualquer?
P= nº de eventos favoráveis = 4/52 = 0,076923= 7,69%
n° de eventos possíveis
PROBABILIDADE DE OCORRÊNCIA DE DOIS
EVENTOS
A regra da adição ou regra do “ou”
Eventos mutuamente exclusivos
 Promove-se a soma das probabilidades
dos acontecimentos isolados.
Exemplo 1:
 Num lançamento de um dado, qual
a probabilidade de se obter a “face” 1
ou a face 6?
P (1 ou 6) = P(1) + P(6) =
1/6 + 1/6 = 2/6 = 0,333 = 33,3%
Exemplo 2:
 Num baralho de 52 cartas, qual a
probabilidade de se extrair uma
dama ou um valete?
P (dama ou valete) = P(dama) + P(valete) =
4/52 + 4/52 = 8/52 = 0,15384 = 15,38%
PROBABILIDADE DE OCORRÊNCIA DE DOIS
EVENTOS
A regra da multiplicação ou regra do
“e”
Eventos independentes ou não exclusivos
 Promove-se a multiplicação das probabilidades
dos acontecimentos isolados.
Exemplo 1:
 Num lançamento simultâneo de um
dado e uma moeda, qual a
probabilidade de sair “cara” e “face”
5?
P (cara e 5) = P(cara) x P(5) =
8,33%
1/2 x 1/6 = 1/12 = 0,0833 =
Exemplo 2:
 Um casal deseja ter dois filhos,
sendo o primeiro menino e o
segundo menina. Qual a
probabilidade que isso ocorra?
P (menino e menina) = P(menino) x P(menina) =
1/2 x 1/2 = 1/4 = 0,25 = 25%
Exercicios: 2ª lei e probabilidades
 Em ervilha, o gene que determina a forma lisa da
vagem (C) é dominante sobre o gene que determina
vagens com constrições (c). O gene que determina
plantas de altura normal (H) é dominante sobre o gene
que determina plantas anãs (h). Cruzando-se plantas
CcHh com plantas cchh, devemos obter plantas com
quais genótipos e fenótipos e em que proporções?
EXERCICIO:
 Sabendo que em cobaias o gene B, para
pelagem preta, é dominante sobre seu alelo b,
para pelagem branca, e que o gene L para
pelagem crespa é dominante em relação ao seu
alelo l, para pelagem lisa, determine a
probabilidade de nascerem cobaias pretas lisas
do cruzamento entre uma fêmea hibrida de
pêlo preto e crespo e um macho de pêlo branco
e liso.
 EXERCICIO:
 Do cruzamento entre dois indivíduos de
genótipos AaBb e Aabb, qual a probabilidade
de nascer um descendente de genótipo aaBb?

similar documents