Slide 1 - Suvisa

Report
Vigilância de Óbito Infantil e Fetal
2013
CONCEITOS BÁSICOS
CRIANÇAS MENORES DE UM
ANO
NASCIDO VIVO
“É um produto da concepção que, após expulsão ou extração
completa do corpo da mãe, independente da duração da
gravidez...
•RESPIRE
...ou apresente qualquer outro sinal de vida
•Batimentos do coração,
•Pulsações do cordão umbilical ou
•Movimentos
voluntária,
efetivos
dos
músculos
de
contração
estando ou NÃO cortado o cordão umbilical e estando ou NÃO
desprendida a placenta.”
(OMS)
Classificação dos Tipos de
Recém-nascidos
Idade Gestacional
RN A TERMO
Idade gestacional: 37 a 41 semanas e 6 dias.
RN PREMATURO
Idade gestacional: menor que 37 semanas
ou seja, até 36 semanas e 6 dias.
RN PÓS-TERMO
Idade gestacional: 42 semanas ou mais.
Peso ao Nascer
RN DE BAIXO PESO (RNBP)
•
RN com menos de 2.500g.
RN DE MUITO BAIXO PESO (RNMBP)
•
RN com menos de 1.500g.
RN DE EXTREMO BAIXO PESO (RNEBP)
•
RN com menos de 1.000g.
Crescimento
Intrauterino
RN ADEQUADO PARA A IDADE GESTACIONAL (AIG)
•
Peso ao nascer entre o percentil 10 e o percentil 90.
RN PEQUENO PARA A IDADE GESTACIONAL (PIG)
• RN com peso ao nascer abaixo do percentil 10.
RN GRANDE PARA A IDADE GESTACIONAL (GIG)
• RN com peso acima do percentil 90.
ÓBITO FETAL
(Nascido morto ou Natimorto)
“É a morte do produto da gestação, antes
da expulsão ou de sua extração completa
do
corpo
materno,
independente
da
duração da gravidez.”
(O M S)
ABORTAMENTO
“É a expulsão ou extração de um produto da concepção
com:
•Menos de 500 gramas E/OU
•Estatura menor ou igual a 25 cm OU
•Menos de 22 semanas de gestação,
sem sinais de vida e sendo ou não espontâneo ou
induzido.”
(OMS)
Cálculo da Mortalidade
Infantil
Mortalidade
Infantil
(0 – 364 dias)
Neonatal
(0-27dias)
Precoce
(0-6 dias)
Pós-neonatal
(28-364 dias)
Tardio
(7- 27 dias)
COEFICIENTE OU TAXA DE MORTALIDADE
INFANTIL – TMI
• Representa o risco de uma criança morrer
antes de completar um ano de vida
Nº de óbitos de crianças menor de 1 ano residentes
em determinado local e período
TMI = ----------------------------------- X 1.000
Total de nascidos vivos de mães residentes
no mesmo local e período
Classificação da TMI
• Baixa: < 20 óbitos infantis/1.000 nascidos vivos
• Médias: 20 a 49 óbitos infantis/1.000 nascidos vivos
• Altas: ≥ 50 óbitos infantis/1.000 nascidos vivos
COEFICIENTE OU TAXA DE MORTALIDADE
INFANTIL – TMI
• Componentes:
• Neonatal: Representa o risco da criança morrer antes
de completar 28 dias de vida
Nº de óbitos de crianças de 0 a 27 dias de vida completos residentes
em determinado local e período
TMN = ------------------------------------------------------------------------- X 1.000
Total de nascidos vivos de mães residentes no mesmo local e período
• Neonatal precoce: 0 a 6 dias
• Neonatal tardio: 7 a 27 dias
COEFICIENTE OU TAXA DE MORTALIDADE
INFANTIL – TMI
• Componentes:
• Pós-Neonatal: Representa o risco da criança, tendo
ultrapassado as 4 primeiras semanas de vida, morrer
antes de completar 1 ano
Nº de óbitos de crianças de 28 a 364 dias de vida completos
residentes em determinado local e período
TMPN = ---------------------------------------------------------------------- X 1.000
Total de nascidos vivos de mães residentes no mesmo local e período
Mortalidade
Perinatal
(22 semanas – 7
dias)
Óbitos fetais
(≥ 22 semanas de
gestação)
Óbitos neonatais
Precoces
(0-6 dias)
COEFICIENTE OU TAXA DE
MORTALIDADE PERINATAL - CMP
• Representa o risco de morte fetal e de crianças no
período neonatal precoce
Soma dos óbitos fetais e neonatais precoces (0 a 6 dias completos
de vida)
em determinado local e período
CMP = ---------------------------------------------------------------------- X 1.000
Número de nascimentos totais (nascidos vivos mais óbitos
fetais)no mesmo local e período
Situação Atual
Percentual de nascidos vivos, segundo
idade materna. Bahia, 2011.
Fonte: DIS/DIVEP/SIM
Data de atualização: 02/07/2013
Mortalidade Infantil Bahia e 1ª DIRES, 2010.
Bahia
(1.000 nascidos vivos)
TMI
1ª DIRES – Salvador
(1.000 nascidos vivos)
Idade
Ano
2000
2010
2000
2010
< 7 dias
13,6
11,0
16,3
10,1
7-27 dias
2,7
2,3
2,9
2,2
28 a < 1ano
10,3
4,8
6,9
4,2
< 1ano
26,6
18,0
26,2
16,5
FONTE: SESAB/SUVISA/DIS - SIM
Principais grupos de causas de óbitos fetais. Regiões de Saúde
de Camaçari e Salvador, 2011.
Fonte de dados: DATASUS / SIM
Data de coleta: 02/07/2013
Principais causas de óbito em menores de 1 ano. Regiões de Saúde
de Camaçari e Salvador, 2011.
Faixa etária/Causa
Óbitos Infantis
N
%
0 – 6 dias
494
58.00
Transtornos relacionados à duração da
gravidez
97
19.63
Feto e recém-nascido afetados por
fatores maternos
82
16.59
7 – 27 dias
135
15.80
Septicemia bacteriana do recémnascido
33
24.44
Restante das afecções perinatais
32
23.70
28 – 364 dias
223
26.20
Malformações congênitas do coração
33
14.79
Pneumonia
20
8.96
Total
852
100.00
Fonte de dados: DATASUS / SIM
Data de coleta: 02/07/2013
Principais grupos de causas de óbitos de menores de 1 ano.
Regiões de Saúde de Camaçari e Salvador, 2011.
Fonte de dados: DATASUS / SIM
Data de coleta: 02/07/2013
Algumas características dos Nascidos Vivos de mães residentes
na Bahia e 1ª DIRES, 2011.
Características
Bahia (%)
1ª DIRES Salvador (%)
% de NV de mães com 7 ou + consultas
de pré-natal realizadas.
44,05
45,73
% de NV prematuros
10,53
10,64
% de NV com baixo peso ao nascer
8,38
10,12
% de NV de parto cesáreos
39,94
47,09
FONTE: SESAB/SUVISA/DIS – SINASC
Fonte: DIS/DIVEP/SIM
*Dados preliminares
Data de atualização: 02/07/2013
Muito Obrigada!
Telefone: (71) 3116-0022
E-mail: [email protected]
Site: www.suvisa.ba.gov.br
GT Óbito Infantil e Fetal
Equipe:
Selma Rios
Consultora:
Ana Gabriela Victa
Estagiária:
Marta Lopes

similar documents