Apresentação

Report
Ministério de
Minas e Energia
GOVERNO FEDERAL
REDES INTELIGENTES
NO CONTEXTO DO PLANEJAMENTO ENERGÉTICO NACIONAL
Ricardo Gorini
Empresa de Pesquisa Energética
Uma Empresa do Ministério de Minas e Energia
Superintendente de Estudos Econômicos e Energéticos
[email protected]
REDES INTELIGENTES NO CONTEXTO DO
PLANEJAMENTO ENERGÉTICO NACIONAL
ESTRATÉGIA PARA SMARTGRID
REDES INTELIGENTES NO CONTEXTO DO
PLANEJAMENTO ENERGÉTICO NACIONAL
CONCEITO E DESAFIOS PARA O PLANEJAMENTO
Aumento da
eficiência
sistêmica por
conta da redução
de perdas
REDE
INTELIGENTES
Conceito em
formação
Integração de
TIC à
infraestrutura
do Sistema
Elétrico
Integração de GD e
Elementos de
armazenamento
como veículos
elétricos
Mudança do
custo do
déficit
Estratégia de
manutenção de
renovabilidade
(GD) e Integração
de fontes
renováveis
distribuídas
Potencializa
uma demanda
mais “ativa” ou
maior gestão
da demanda
REDES INTELIGENTES NO CONTEXTO DO
PLANEJAMENTO ENERGÉTICO NACIONAL
DESAFIOS PARA O PLANEJAMENTO
ESTRATÉGIA PARA SMARTGRID
REDES INTELIGENTES NO CONTEXTO DO
PLANEJAMENTO ENERGÉTICO NACIONAL
FATORES MOTIVADORES
Europa
 Energia limpa
 Microgeração distribuída
 Eficiência Energética
EUA
 Eficácia da rede
 Redução de perdas
Ásia Pacífico
 Substituição de fonte
 Atender o crescimento da
demanda
 Mercado tecnológico
Fonte: CGEE, 2012
REDES INTELIGENTES NO CONTEXTO DO
PLANEJAMENTO ENERGÉTICO NACIONAL
MOTIVADORES BRASIL
 Melhoria na qualidade do
suprimento
 Redução de perdas




Maior facilidade de inserção da GD
Maior integração dos Veículos Elétricos
Aumento da Eficiência Energética
Aumento da capacidade de
gerenciamento da demanda
 Otimização de recursos
 Redução de impactos ambientais
Fonte: CGEE, 2012
REDES INTELIGENTES NO CONTEXTO DO
PLANEJAMENTO ENERGÉTICO NACIONAL
• Consumidores
• Distribuidoras
• Agentes institucionais
• Indústria
• Centros de pesquisa
• Ambiente regulatório
(tarifas, integração,
protocolos e padrões)
• Definição de Incentivos
Atores
Ambiente
Institucional
Maior ou menor
grau de sucesso
do smartgrid
• Como tornar as
tecnologias custoeficientes?
• Qual a melhor maneira
de implantação?
• Como quantificar os
benefícios?
Custos,
benefícios e
Impactos
Indústria e
Desenvolv.
Tecnológico
• Programas de P&D e
Inovação
• Definição de conteúdo
local mais apropriado
• Formação de mão-deobra
SMARTGRID NO CONTEXTO DO PLANEJAMENTO
ENERGÉTICO NACIONAL
FATORES DO CONTEXTO ATUAL
 Tamanho do mercado brasileiro
 Perspectiva de evolução da penetração da Geração
Distribuída
 Perspectiva de evolução da penetração de Veículos
elétricos
 Pesquisa e Desenvolvimento e Inovação em SmartGrids
(INOVA)
 Perspectiva de evolução da penetração de
Eletrodomésticos inteligentes
 Evolução das tecnologias de informação e comunicação
REDES INTELIGENTES
Fatores Condicionantes Atuais – Mercado Brasileiro
62
milhões
de
domicílios
120TWh
de
consumo
residencial
75TWh de
consumo
Comercial
Grande mercado
para medidores e
equipamentos de
infraestrutura de
smartgrids
REDES INTELIGENTES
Fatores Condicionantes Atuais – Geração Distribuída
Geração distribuída fotovoltaica
 Atinge a paridade tarifária ao longo do horizonte decenal
 Projeção de 1,4 GWp em capacidade instalada 2022
 Geração que é abatida na demanda
1,4
GWp
Fonte: Elaboração Própria
2020-?
REDES INTELIGENTES
Fatores Condicionantes Atuais – Veículos Elétricos
 Possibilidade de implantação de
fábrica de carros elétricos no Brasil
 Penetração do veículo elétrico
requer baixo incremento da
capacidade instalada do SIN
Cenários de venda de
Acréscimo na
veículos elétricos nos
Capacidade
próximos 20 anos
Instalada do SIN (%)
9% de VE
50% de VE
100% de VE
1,3%
8,8%
15,7%
 Necessidade de avaliar os
benefícios do VE como bateria do
sistema
8.8%
1.3%
100%
9%
100%
50%
15.7%
100%
100%
Acréscimo na Capacidade Instalada do SIN
Fonte: Elaboração Própria
REDES INTELIGENTES
Fatores Condicionantes Atuais – Pesquisa e Inovação
INOVA ENERGIA
 Com linha dedicada a smart grids

Pilotos, softwares e infraestrutura de abastecimento veicular
PROJETOS DE DIVERSAS DISTRIBUIDORAS
 Light
 Ampla
 Eletropaulo
 Cemig
 CPFL
 Entre outras
REDES INTELIGENTES
Fatores Condicionantes Atuais – Integração de TIC e Eletrodomésticos
 Integração de TIC em
aparelhos domésticos
possibilita maior
gerenciamento das
cargas
 Demanda pode
responder a diferentes
estímulos
VISÃO ESTRATÉGICA DAS REDES INTELIGENTES
Fabricar
I
II
III
Acesso a
fornecedores e
criação das bases
do mercado
 Certificação
 Melhores práticas
IV
Desenvolvimento
da Indústria
+
Nacional


Política de inovação
Investimento interno
Estabelecer
Custo>
Benefício
Importar



Viabilizar
Benefício>
Custo
Penetração Smart Grids pela ótica da demanda
Oportunidade de negócios para a economia nacional
+
 Incentivos
 Projetos
pilotos
Normatização
Regulação
Financiamento
Status atual e
posicionamento
futuro?
CONSIDERAÇÕES FINAIS
PROJEÇÃO NO HORIZONTE DECENAL
 Estudos de longo prazo sobre a evolução das redes
inteligentes a partir do status e da abordagem estratégica
 Ao que parece, estudos indicam que os impactos ainda são
incertos mas que os benefícios superam os custos
 Dado o mercado potencial brasileiro, as oportunidades
para a indústria nacional são significativas
 A evolução das redes inteligentes traz importantes
transformações nos estudos de planejamento energético
nacional

similar documents