Rui Marques

Report
“Novas competências para novos
empregos” e a educação para a
globalização.
Rui Marques
Roteiro
• 1. Os países mais desenvolvidos colocam prioridade
máxima na definição de estratégias que respondam
às questões: que novas competências para o séc. XXI?
Como ajustar melhor procura e a oferta de
emprego?....
• 2. A tendência da globalização é um facto
incontornável que exige novas competências.
• 3. Os programas de mobilidade (Comenius, Erasmus,
Leonardo, Grundvig) e ferramentas como o Europass
são vitais no desenvolvimento duma estratégia de
educação para a globalização.
“New skills for new jobs”
(EU)
(competências-chave)
- Comunicação na língua materna
- Comunicação em línguas estrangeiras
- Competência matemática e competências básicas em ciência e
tecnologia.
- Competência digital
- Aprender a aprender
- Competências cívicas e sociais
- Sentido de iniciativa e empreendedorismo
- Consciência cultural e capacidade de expressão.
“Future Work Skills 2020”
(Inst. For the Future)
• Capacidade cognitiva
• Inteligência social
• Pensamento adaptativo e inovador
• Competências multi-culturais
• Pensamento computacional
• Literacia para os novos media
• Transdisciplinaridade
• Desenho mental
• Gestão cognitiva
• Colaboração virtual
http://cdn.theatlantic.com/static/front/docs/sponsored/phoenix/future_work_skills_2020.pdf
Assessment & teaching 21th. Century skills
(Cisco / Intel / Microsoft – Univ. Merbourne)
Formas de pensar
-
- Criatividade e inovação
Pensamento crítico, resolução de problemas, capacidade de decisão
- Aprender a aprender. Metacognição
Formas de trabalhar
-
- Comunicação
Colaboração / equipa
Ferramentas para trabalhar
-
Literacia para a informação
- Literacia tec. Informação
Viver no mundo
Cidadania local e global
- Vida e carreira
Responsabilidade pessoal e social
-
-
http://atc21s.org/
“Partnership for 21th. Century Skills”
(EUA)
Temas centrais
Lit. para os media, informação e tecnologia
Inglês; Línguas estrangeiras, Artes, Matemática,
Literacia para a informação
Economia, Ciências, Geografia, História, Educação
Literacia para os medi a
cívica.
Literacia para as TIC
Temas interdisciplinares a abordar nos temas
centrais:
Consciência global
Literacia financeira, económica, empresarial e
empreendedora.
Literacia cívica
Literacia para a saúde
Literacia para o Ambiente
Literacia para a vida /carreira
• Flexibilidade e adaptação
• Capacidade de iniciativa e autodeterminação
• Comp sociais e interculturais
• Produtividade e Responsabilidade
• Liderança
Competências para a aprendizagem e inovação
Criatividade e inovação
Pensamento crítico e de resolução de problemas
Comunicação e colaboração
http://www.p21.org/
Framework for 21st Century Learning
(Partnership for 21st Century Skills, 2007)
O portfólio desejável
Saber
Saber+Fazer
Saber+Ser
Conhecimento
Competências
aplicadas
Valores
•Básico
-Matemática. Português.
Inglês. 2º Língua
estrangeira. História.
Geografia. Economia.
Filosofia. Artes...
•Específico
-(formação profissional ou
universitária)
•Resolução de problemas (+
pensamento crítico,
capacidade de decisão)
•Foco em resultados
•Flexibilidade / Adaptação
•Criatividade / Inovação
•Gestão de projectos
•Trabalho de equipa
•Aprender a aprender
•Gestão de conflitos
•…..
Dever.
Responsabilidade.
Respeito pelo outro.
Honestidade.
Lealdade.
Sentido de Justiça.
Solidariedade.
Globalização
Circulação capitais
Comércio
internacional
Migrações
Multinacionais
Media & telecom
Turismo
Pandemias
Educação para a Globalização
A globalização redefine
cidadania. As fronteiras
tornam-se mais fluídas
A globalização premeia
competências, atitudes
e conhecimentos
globais.
. É necessário que os
jovens compreendam o
processo de
globalização e como ele
influencia as suas vidas.
A Educação
para a
globalização
compreende:
- Os conhecimentos e as
competências que ajudarão os
estudantes a entender o mundo
“achatado” em que vivem.
- Capacidade de integrar
trasnversalmente conhecimentos
de áreas disciplinares diferentes, de
modo a compreender a dinâmica
global, dando-lhes a possibilidade
de agir sobre ela.
- As disposições éticas e de
atitude que tornam possível
interagir entre seres humanos de
diferentes origens geográficas e
culturais, com respeito, em paz e
com resultados positivos.
Educação para a globalização
Compreender
as ligações
entre local e
global,
principalmente
a
interconectividade na
economia
global, no
passado e no
presente.
Conhecer a
geografia
global e a
economia
global assim
como as
diferentes
tradições
culturais.
Compreender
o conceito de
cidadania
global.
Compreender
os efeitos das
forças
demográficas e
geográficas nas
culturas,
histórias e
economias
globais.
Reconhecer as
ligações entre
sociedades ao
longo do
tempo e ser
capaz de dar
exemplos de
difusão
cultural e
tecnológica e
de trocas, no
passado e no
presente.
Desenvolver as
competências
práticas de um
cidadão global:
tratar de
passaporte e
de vistos, lidar
com diferentes
moedas,
entender os
fusos horários,
gerir viagens
de avião, ler
imprensa
internacional,
…
Competências interculturais
Capacidade de entender
e respeitar as outras
culturas.
Reconhecer a
existência e a
importância da
comunicação não
verbal e as suas
diferenças em variadas
culturas.
Traduzir conhecimento
e experiência de uma
cultura para aprender
sobre a outra.
Auto-avaliação em
relação às experiências
internacionais e
interculturais.
Trabalhar
efectivamente com
pessoas de outros
paises e culturas, com
respeito, abertura de
espírito e
compreensão.
Ter tido experiência
com pessoas de outras
culturas e demonstrar
flexibilidade e respeito
quando se trabalha em
equipa.
Entender as
semelhanças e as
diferenças entre seres
humanos e as suas
culturas.
Resposta a este desafio
Programas
de
mobilidade
e cooperação
transnacional
(Comenius,
Erasmus,
Leonardo,
Grundvig)
Europass
Inovcontacto
Visitas de
estudo e
Estágios
curriculares no
estrangeiro
Formação
avançada
(MA, MBA,
Phd,..)
Estudar
línguas no
estrangeiro
/ campos
férias
Programas de
intercâmbio
O vosso trabalho é vital para o
desenvolvimento de novas
competências, que ajudem os
portugueses a vencer na era da
globalização
Educação para a globalização
Competências
• Competências técnicas para reforçar as capacidades dos estudantes aprenderem
sobre o mundo (por exemplo, capacidades de pesquisa)
• Competências de pensamento crítico e comparativo, incluindo a capacidade de
pensar criativamente e integrar conhecimento, mais do que aceitar conhecimento de
uma forma não-critica.
Atitudes
• Abertura a aprender e orientação positiva para novas oportunidades, ideias e formas
de pensar.
• Tolerância à ambiguidade e à estranheza.
• Sensibilidade e respeito pelas diferenças culturais. Capacidade de ver as questões
de múltiplas perspectivas.
• Auto-connhecimento e auto-estima sobre a sua propria identidade e cultura.
Conhecimento
• Conhecimento de geografia e de história do mundo.
• Consciência da complexidade e interdependência.
• Compreensão das forças históricas que configura o sistema mundial global.
• Conhecimento da sua própria história e cultura.
• Conhecimento da comunicação eficiente, incluindo conhecimento de linguas
estrangeiras,conceitos de comunicação intercultural e protocolo profissional
internacional.
• Compreensão da diversidade de valores, crenças, ideias e visões do mundo.

similar documents