Apresentação das Contas Regionais do Piauí - PIB 2009

Report
PRODUTO INTERNO BRUTO (PIB) DO PIAUÍ
2009
Teresina, Novembro/2011
Panorama da Economia Brasileira
• Cresceu 5,2% em 2008; queda de -0,3% em 2009.
• Crise Econômica Internacional (maior desde a de
1929).
• Problemas de insolvência em importantes
instituições financeiras dos EUA e Europa (crise de
confiança no sistema financeiro).
• Retração dos fluxos de comércio e desaceleração do
crédito.
Medidas no Campo Monetário e Fiscal
• Aumento da oferta de crédito.
• Diminuição do depósito compulsório.
• Redução da taxa de juros de longo prazo (usadas
nos empréstimos do BNDES).
• Ampliação da linha de crédito dos bancos públicos e
aumento do crédito consignado.
• Redução de impostos e contribuições sociais IPI,
PIS, Cofins.
• A redução de impostos beneficiou automóveis,
eletrodomésticos (linha branca), máquinas e
equipamentos, artigos de informática, artigos de
telecomunicações, material de construção.
• PIB do Piauí a preço de mercado corrente 2009
R$ 19.033 Bilhões (23°maior PIB do país)
• Renda Per Capita
R$ 6.051,00
• População do Piauí representou 1,64% da brasileira.
• 0,6% do PIB do Brasil.
• Variação Real do PIB Estadual em 2009/2008
• 6,2% (Segunda maior taxa de crescimento entre as 27 UF)
• Rondônia (7,3%); Roraima(4,6%); Sergipe (4,4%).
Taxa de Crescimento (%) do PIB – Piauí, Nordeste e Brasil
2007 - 2009
8,8
10
8
6
6,1
5,2 5,5
4,8
4
6,2
2
1
2
-0,3
0
-2
2007
2008
Brasil
Nordeste
2009
Piauí
Evolução do Volume do PIB do Brasil, Região Nordeste
e Piauí, acumulado no período 2002 - 2009
46,4
50
40
32,8
27,5
30
20
10
0
Brasil
Nordeste
Piauí
Produto Interno Bruto a Preços Correntes do Piauí
2006- 2009
Valor ( 1.000.000 R$ )
Anos
PIB a preço de mercado corrente
2006
12.788
2007
14.136
2008
16.761
2009
19.033
Variação do Volume do Valor Adicionado do PIB do
Piauí por Atividade Econômica 2009/2008
Agricultura,Silvicultura e Exploração Florestal
-1,30%
Pecuária e Pesca
-5,00%
Indústria Extrativa Mineral
-9,90%
Indústria de Transformação
22,0%
Indústria da Construção Civil
6,70%
SIUP
6,20%
Comércio
6,90%
Alojamento e Alimentação
7,20%
Transporte
-3,90%
Informação
-4,30%
Financeiro
24,60%
Serviços Prestados às Familias
Serviços Prestados às Empresas
6,40%
13,70%
Aluguel
3,40%
APU
3,50%
Saúde e Educação Mercantil
2,50%
Serviços Domésticos
15,50%
DESEMPENHO SETORIAL - 2009
Resultados do PIB da Agropecuária foram influenciados por:
• Soja (queda de 28% do VA), embora tenha ocorrido
crescimento da área plantada 9,1%; escassez de
crédito; commodities.
• Destaque foi cereais para grãos (crescimento de
29,4%); cana-de-açúcar (crescimento de 12,3%).
• Diminuição na criação de aves (8%) e no rebanho
suíno (18,3%).
DESEMPENHO SETORIAL - 2009
Resultados do PIB da Indústria foram influenciados por:
• Construção Civil cresceu 6,7% destaque para a
construção de moradias populares.
• SIUP cresceu 6,2%, Indústria Extrativa (retração de
10%).
• Indústria de Transformação cresceu 22,0% (destaque
para produtos alimentícios, minerais não metálicos e
couro).
DESEMPENHO SETORIAL - 2009
Resultados do PIB dos Serviços foram influenciados por:
• Comércio (cresceu 6,9%). Destaque foi a venda de
veículos e motocicletas (29%), e produtos alimentícios
(cresceu 13%).
• Aluguel cresceu (3,4%); APU (3,5%); Financeiro (24,6%);
Alojamento (5,7%); Alimentação (7,4%); Serviços
prestados as empresas (13,7%); Serviços prestados as
famílias (6,4%); Saúde e educação (2,5%) e Serviços
domésticos (15,5%).
• Transportes e Informações queda de 3,9% e 4,3%
PRODUTO INTERNO BRUTO (PIB)
A estrutura setorial do PIB piauiense teve a seguinte
composição em 2009
• Agropecuária: 10,16%
• Indústria: 16,98%
• Serviços: 72,86%
PARTICIPAÇÃO DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS DO VALOR ADICIONADO
BRUTO DO PIAUÍ - 2009
1,67% 2,11%
6,91%
3,24%0,12%
7,33%
28,68%
6,05%
3,48%
16,11%
8,83%
3,02% 2,12%
3,48%
1,54% 3,21%
A gricultura, Silvicultura e Explo ração Flo restal
Indústria Extrativa M ineral
Co nstrução
Co mércio e Serviço s de M anutenção e Reparação
Transpo rtes, A rmazenagem e Co rreio
Intermediação Financeira, Seguro s e P revidência Co mplementar
Serviço s P restado s às Empresas
A dministração , Saúde e Educação P ública
Serviço s Do méstico s
2,09%
P ecuária e P esca
Indústria de Transfo rmação
SIUP
Serviço s de A lo jamento e A limentação
Serviço s de Info rmação
Serviço s P restado s às Famílias e A sso ciativo s
A tividades Imo biliárias e A luguel
Saúde e Educação M ercantis
FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E
SOCIAIS DO PIAUÍ (CEPRO)
e-mail: [email protected]
[email protected]
[email protected]
Presidente da Fundação CEPRO: Raimundo C.de Brito Filho
Elaboração:
Joana D’arc Fortes Portela Barbosa
Evaristo Alves dos Reis Júnior
Maria de Fátima Facchinetti de Almendra Freitas
Slides e projeção: Eduyges Martins da Silva

similar documents