Sintaxe - Visao Geral

Report
Introdução
à Sintaxe
Espacial
Prof. Renato T. de Saboya
PosArq - UFSC
Definição preliminar
Sintaxe
1.Parte da gramática que estuda
a disposição das palavras na
frase e a das frases no discurso,
bem como a relação lógica das
frases entre si;
Definição preliminar
Sintaxe Espacial:
• Conjunto de teorias e
ferramentas que dão origem
a um conjunto de modelos
interpretativos de fenômenos
sócio-espaciais.
(Hillier; Vaughan, 2007)
Origens
Bill Hillier e Julienne Hanson
Bartlett - University College London
Livro
“The social logic of space”
1984
Origens
• De lá para cá a teoria da
sintaxe espacial espalhou-se
pelo mundo em vários centros
de pesquisa
• No Brasil, os centros de maior
destaque são Brasília, Recife e
Porto Alegre.
Fundamentos
teóricos
Fundamentos teóricos
Questões fundamentais:
• Qual a relação entre
sociedade e espaço?
• Como características e
ações locais geram padrões
globais?
Fundamentos teóricos
Formações sociais exigem
determinados tipos de ordem
espacial;
Ordens espaciais exigem
determinados tipos de formações
sociais;
Fundamentos teóricos
Sociedades assumem formas
espaciais que:
• Organizam as pessoas no
espaço;
• Localizam-nas em relação
umas às outras, com maior
agregação ou separação;
Fundamentos teóricos
• Cria padrões de movimento
e de encontros, que podem
ser densos ou esparsos,
entre os diferentes grupos
sociais.
Campo Grande - MS
Siena - Itália
Brasília – DF
Houston - EUA
Fundamentos teóricos
O espaço é intrínseco às
atividades humanas;
Há uma lógica ou influência
geométrica.
Fundamentos teóricos
As pessoas movem-se em
linhas:
Fundamentos teóricos
Interagem em espaços
convexos:
Fundamentos teóricos
Possuem campos de visão
mutáveis à medida que se
deslocam:
Fundamentos teóricos
O espaço humano não é
individual, mas relacional.
Conceito de configuração:
conjunto de relações
existentes simultaneamento
entre os espaços de uma
Modelo descritivo
Modelo descritivo
Desafio inicial: descrever o
objeto de estudo
Que variáveis devem ser
levadas em consideração?
Como representá-las?
Como representar o espaço, que é
contínuo?
Espaços convexos:
Espaços em que, de todos os pontos, é
possível visualizar todos os outros
Modelo descritivo
Convexos
NãoConvexos
Mapa de espaços convexos
Mapa de linhas axiais
Conjunto do menor número das
maiores linhas capazes de cruzar todos
os espaços convexos e conectar-se
Mapa de linhas axiais
Conjunto do menor número das
maiores linhas capazes de cruzar todos
os espaços convexos e conectar-se
Isovista
Polígono que incorpora toda a área
visível a partir de uma determinada
localização.
Modelo descritivo
Grafos
Diagrama composto de pontos,
alguns dos quais são ligados entre
si por linhas, usado para
representar graficamente conjuntos
de elementos inter-relacionados.
Modelo descritivo
Linhas axiais
Grafos
Modelo descritivo
Linhas axiais
Grafos
Modelo descritivo
Linhas axiais
Grafos
Modelo descritivo
Medidas básicas
Medidas básicas
Profundidade
Central para a teoria da Sintaxe
Espacial é a noção de
profundidade.
Esta, por sua vez, está associada à
noção de passo topológico.
Medidas básicas
Mesma
configuração –
diferentes
pontos de vista
Medidas básicas
Profundidade
Medidas básicas
Profundidade
Naufragados
Medidas básicas
Espaços mais profundos são ditos
segregados;
Espaços mais “rasos” são ditos
integrados.
Medidas básicas
Profundidade - configuração
Medidas básicas
Integração - segregação
Integração
segregação
Interpretação e estudo
Conectividade 8
Interpretação e estudo
Conectividade 4
Interpretação e estudo
Conectividade 18
Interpretação e estudo
1
1
0,33
Controle 2,33
Interpretação e estudo
Núcleo integrador
Relações moradores e estranhos
Segurança – ocorrência de crimes
Probabilidade de encontros
Integração x segregação
Interpretação e estudo
Correlações:
• Acessibilidade
• Uso do solo
• Movimento de pedestres
• Movimento de veículos
• Legibilidade
• Valor do solo
Correlação Integração x Mov. de pedestres
Material
bibliográfico
http://urbanidades.
arq.br/ead/

similar documents