Apresentação do PowerPoint - Associação Alphaville Teresina

Report
ALPHAVILLE TERESINA
PROJETO DE ARQUITETURA
ESTUDOS PRELIMINARES
ANTE-PROJETO
PROJETO LEGAL
PROJETO EXECUTIVO
DETALHAMENTO
ASSOCIAÇÃO
PERGUNTAS...
QUEM PODE DÁ ENTRADA NO PROCESSO DE
APROVAÇÃO DE PROJETOS?
ANTE-PROJETO
PROJETO LEGAL
PROJETO EXECUTIVO
DETALHAMENTO
ASSOCIAÇÃO
PROJETOS
PROJETO LEGAL
PROJETO
EXECUTIVO
PROJETOS
COMPLEMENTARES
DETALHAMENTO
OBRA
+ ou - 1 mês
ASSOCIAÇÃO
ANTE
PROJETO
+ ou - 3 meses
ESTUDOS
PRELIMINARES
REGULAMENTO
O QUE É?
O REGULAMENTO construtivo é um dos
documentos que consta da pasta do comprador
(Anexo B). Ele trata basicamente das regras e
normas de ocupação determinadas para o
empreendimento.
PARA QUE SERVE?
O REGULAMENTO tem 3 objetivos principais:
• Garantir a qualidade da ocupação dos lotes ao longo dos anos;
• Preservar características de insolação, ventilação, privacidade,
etc...;
• Manutenção do patrimônio.
ORIENTAÇÕES GERAIS
O QUE É?
 É importante a participação do Departamento Técnico da
Associação ao longo do processo de elaboração do projeto
de arquitetura, para orientação das regras do Regulamento.
 O proprietário é responsável pela informação do profissional
contratado sobre as normas do Regulamento.
 Todos os projetos, tanto as unificações/desmembramentos
de lotes quanto os projetos das edificações, precisam ser
aprovados primeiramente na Associação, para depois serem
encaminhados para aprovação na Prefeitura.
 As obras são fiscalizadas pelo Departamento Técnico da
Associação, que emite documentos de liberação (início e
ocupação) e vistorias.
REMEMBRAMENTO E DESMEMBRAMENTO
LOTES CONTÍGUOS POR
DIVISA LATERAL
Testada Mínima dos Lotes
Residencial: 12,00 m
Área Mínima dos Lotes
Residencial: 450,00 m²
LOTES CONTÍGUOS POR
DIVISA DE FUNDOS
Lotes Contíguos por Divisa Lateral: A profundidade padrão da quadra deve
ser mantida.
Lotes Contíguos por Divisa de Fundos: Lotes com duas testadas.
REMEMBRAMENTO E DESMEMBRAMENTO
Primeiramente
deve
ser
dada
entrada
de
processo
de remembramento e/ou desmembramento na Associação Alphaville
Teresina. Depois de aprovado, a documentação pode ser encaminhada à
SDU-Sudeste e Cartório.
É necessário dar entrada com um projeto na Associação sim, o
procedimento é o seguinte:
1 – Os lotes em questão apenas poderão ser modificados, através
de remembramento ou desmembramento, se o cliente for o titular de todos
os lotes, ou seja, os lotes envolvidos deverão estar 100% quitados e a
escritura em nome do cliente.
2 – Caso o cliente não seja o titular do lote, ele conseguirá fazer
um remembramento ou desmembramento de lotes apenas se instituir uma
alienação fiduciária. Para este processo o cliente deverá entrar com a
Central de Relacionamento com Cliente da Alphaville.
REMEMBRAMENTO E DESMEMBRAMENTO
3 – Verificados os itens 1 e 2, deverá ser entregue uma prancha para análise
da Associação, informando: situação atual dos lotes e situação pretendida.
4 – Deverá ser verificado se a situação pretendida está de acordo com o
Regulamento do Loteamento.
5 – Após as verificações da Associação o cliente deverá seguir com os
trâmites exigidos pelo município para que seja efetuada tal alteração –
aprovações nos órgãos competentes e registro em cartório.
6 – A análise de projeto poderá ser feita, mas o projeto arquitetônico que
estiver sendo projetado em lotes que estão sendo remembrados ou
desmembrados, somente poderá ser aprovado pela Associação se as
alterações do novo lote já estiverem aprovadas pela Associação e pelos
órgãos competentes e com o registro efetuado no cartório.
CONCEITOS
EDÍCULA
Edificação com Edícula
 Edícula é uma edificação acessória
separada da edificação principal do lote.
 Só é permitida em determinados lotes
residenciais.
 Edificação Monobloco
 Edificação única no terreno, com eventual
edícula que será necessariamente
incorporada à construção principal.
CONCEITOS
NÍVEL DO PAVIMENTO TÉRREO:
1,0m acima ou abaixo do PONTO DE
REFERÊNCIA.
PONTO DE REFERÊNCIA:
Cruzamento da Linha Mediana com a
Linha de Referência, tomado pelo
perfil natural do lote.
PAVIMENTO TÉRREO:
PATAMAR com ÁREA CONSTRUÍDA
mínima de 10,0 m².
CONCEITOS
Lotes de Extremo de Quadra
Lotes que têm uma das laterais
voltada para via pública.
CONCEITOS
TALUDE
Para soluções de desníveis por
talude, utilizar a proporção:
1,5 (base) : 1 (altura)
TAXAS E PARÂMENTROS
Taxa de Ocupação Máxima
50% da área do lote
Coeficiente de Aproveitamento
Máximo 1,0
ÁREA DO TÉRREO + ÁREA DO SUPERIOR
+
ÁREA DO SUBSOLO + ÁREA DA EDÍCULA
ÁREA DO TERRENO x CA
TAXAS E PARÂMENTROS
Área Permeável Mínima:
• 30% da área do lote
As faixas de RECUO podem ser
computadas.
Área Construída Mínima
150,00 m²
RECUOS MÍNIMOS
Todos os RECUOS são medidos dos beirais até as divisas
O subsolo também deverá atender os RECUOS
RECUO Frontal
5,00 m
RECUO Lateral
2,00 m
Item 85: É permitida a projeção de beirais,
marquises, varandas e balcões sobre a faixa de
recuo lateral, desde que avancem, no máximo,
0,50m (cinquenta centímetros) ou conforme
legislação municipal, caso seja mais restritiva.
RECUOS MÍNIMOS
Todos os RECUOS são medidos dos beirais até as divisas
O subsolo também deverá atender os RECUOS
RECUO de fundo
3,00 m
RECUO - edif. principal e
edícula: 3,00 m
RECUOS MÍNIMOS
RECUOS MÍNIMOS
Todos os RECUOS da piscina são medidos da parede interna até as divisas
A casa de máquinas da piscina, assim como cisternas e outros
equipamentos semelhantes, também deverão atender os RECUOS.
RECUO Piscina:
Frontal
Lateral
Fundo
5,00 m
1,50 m
1,50 m
GABARITOS
Altura Máxima da Edificação
(da topografia original ao ponto mais alto)
10,00 m
São permitidas caixas d’água e casas de
máquinas acima da altura máxima:
• área máxima: 5,00m²
• altura máxima: 2,80m
• Afastamento mínimo das bordas: 1,50m
Nº Máximo de Pavimentos
2: térreo + superior
(acima do nível da rua)
+
1 subsolo
GABARITOS
Área edícula ≤ 25% da Edificação
Principal
PAVIMENTO único.
Edícula
Pé-direito mínimo: 2,60 m
Altura máxima: 4,00 m
FECHAMENTOS
Muro de Divisa
Alt. Máx. = 2,00 m
Deve-se respeitar o RECUO de frente
Muro de arrimo (lateral e fundo)
Alt. Máx. = 1,50 m
Deve-se respeitar o RECUO frontal.
FECHAMENTOS
Lotes de Extremo de Quadra
Lotes que têm uma das laterais
voltada para via pública/área verde.
Gradil (lateral e fundo)
Altura máxima gradil
Altura máxima mureta
Gradil + mureta
1,50 m
0,50 m
2,00 m
FECHAMENTOS
FAIXA DE SERVIDÃO
Faixa de Servidão
Todo associado é obrigado a
conceder gratuitamente servidão
para passagem de canalização
pública e/ou privada de esgoto
sanitário e/ou drenagem de águas
pluviais nas faixas de RECUO lateral
e de fundo.
APROVAÇÃO DE PROJETO
APROVAÇÃO ASSOCIAÇÃO
APROVAÇÃO PREFEITURA
EMISSÃO DO ALVARÁ
DE OBRAS
APRESENTAÇÃO DO PROJETO
APROVADO PELA PREFEITURA E
ALVARÁ À ASSOCIAÇÃO
EMISSÃO DA CARTA DE
LIBERAÇÃO
DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA
PARA APROVAÇÃO DE PROJETO
 02 vias do Levantamento Planialtimétrico (escala 1:200 ou 1:100);
 02 vias do Projeto Arquitetônico, com planta baixa de todos os
pavimentos, planta de situação e coberta, cortes (mínimo um
transversal e outro longitudinal) e fachadas (aconselháveis 04
cortes e 04 fachadas);
 02 vias do Memorial de Cálculo de Áreas (Área Construída e Área
Permeável) em escala 1:100;
 Cópia do contrato e/ou Escritura dos Lotes - (Quadro Resumo – 03
folhas) – onde consta a descrição dos lotes;
 Cópia da guia de RRT recolhida do autor do projeto;
 Cópia da guia de RRT ou ART recolhida do responsável técnico da
obra.
 Cópia do comprovante de pagamento da taxa: R$0,75 por m² de
área construída.
LEVANTAMENTO
PLANIALTIMÉTRICO
No levantamento planialtimérico devem constar:











Viela sanitária – dentro do lote ( ) SIM ( ) NÃO;
Inspeção de esgoto e águas pluviais;
Boca de lobo/de leão;
Poste de iluminação pública
Árvores no passeio (dimensões e localização) –
( ) SIM ( ) NÃO;
Ponto de referência;
Linha de referência e linha Mediana;
Indicar confrontantes;
Indicação do norte;
Indicação de cotas do lote / raios do lote;
Indicação das curvas de nível.
GERÊNCIA DE ARQUITETURA
ALPHAVILLE TERESINA
APROVAÇÃO DE PROJETOS
ARQ. DANILO MACÊDO
[email protected]
[email protected]
Tel.: (86) 3232-5784

similar documents