CPA - UNIP Interativa

Report
COMISSÃO PRÓPRIA DE
AVALIAÇÃO
SINAES
 O Sistema Nacional de Avaliação da
Educação Superior (SINAES), instituído
pela Lei n° 10.861, de 14 de abril de 2004,
definiu como elementos constitutivos
desse sistema:
 a avaliação institucional (interna e
externa),
 a avaliação dos cursos de graduação
 e a avaliação do desempenho dos
estudantes.
Objetivo
 Com finalidade construtiva e formativa, o
SINAES busca ser permanente e envolver
toda a comunidade acadêmica,
desenvolvendo a cultura da avaliação na
IES.
 Todos os integrantes devem
comprometer-se com os objetivos e as
metas estabelecidas para que a
Instituição promova as transformações e
as mudanças necessárias para alcançar
um novo patamar de qualidade.
CPA na UNIP
 O trabalho desenvolvido pela Comissão
Própria de Avaliação (CPA) da UNIP,
tornou-se um marco de referência para a
Instituição e para todos os envolvidos no
processo de avaliação institucional,
comprometidos com a qualificação
permanente da Educação Superior.
CONAES
 Os objetivos, metas e ações da avaliação
interna da UNIP estão em consonância
com as diretrizes estabelecidas pela
Comissão Nacional de Avaliação de
Educação Superior – CONAES, para o
Processo de Avaliação Institucional que
foi iniciado em 2004.
Auto avaliação
 A Proposta da Auto-Avaliação é de
analisar a universidade, respeitando suas
particularidades, mas com o objetivo de
identificar potencialidades e fragilidades
nas dimensões previstas em lei, visando a
propor sugestões para seu
aperfeiçoamento.
 Para tanto, consideram-se os princípios e
objetivos constantes:
 Plano de Desenvolvimento Institucional
(PDI)
 Projeto Pedagógico Institucional (PPI),
com os princípios preconizados no
SINAES.
Finalidade da CPA
 Integrar as informações;
 Analisar os resultados;
 Propor metas e objetivos coerentes com
as intenções educativas;
 Direcionar as ações de responsabilidade
sociais.
 Reforçar o compromisso com as
transformações sociais.
Quem participa da CPA
 Corpo Diretivo Administrativo e
Acadêmico
 Corpo docente
 Corpo discente
 Corpo Docente e Discente da Pósgraduação Strictu Senso
 Corpo Técnico-Administrativo
 Egressos
 Sociedade Civil Organizada
Estrutura da CPA - UNIP INTERATIVA
Exemplo: CPA´s Regionais
CPA Central e CPA´s Regionais
 A constituição dessa estrutura (CPA
Central e CPA’s Regionais) servirá de
apoio às implantações dos instrumentos
de avaliação, seu processamento e
aplicação das ações corretivas e de
melhoria.
UNIP INTERATIVA: reflexão
sistemática da qualidade
 Os instrumentos utilizados são:
 Reuniões entre CPA Central e CPA´s
Regionais;
 Reuniões entre CPA e NDE;
 Reuniões entre NDE, colegiado,
coordenação e corpo docente;
 Reuniões pedagógicas entre
coordenação e corpo docente;
 Para o corpo discente através do AVA:
questionários de avaliação da instituição,
dos docentes e da eficácia do
aprendizado.
UNIP INTERATIVA: reflexão
sistemática da qualidade
 Para o corpo técnico-administrativo:
avaliação quantitativa do conhecimento
de procedimentos nos setores
administrativos de secretaria e de
atendimento ao público.
 Para os egressos através das CPA’s
Regionais: questionários de avaliação da
instituição.
 Para a sociedade civil organizada através
das CPA’s Regionais: questionários de
avaliação da participação da instituição
na realidade social na região em que está
inserida.
Considerações finais
 A avaliação institucional contribui para
que a Universidade repense suas práticas
administrativas, técnicas, educativas.
 A avaliação é um processo cíclico e
contínuo, criativo e renovador de análise,
interpretação e síntese das dimensões
que definem a Instituição.
 Entende-se que a Universidade é um
agente transformador e em
transformação, capaz de produzir
mudanças na realidade social do seu
locus.
ATÉ A PRÓXIMA!

similar documents