Modelo de apresentação final PGP 2012_Algar

Report
Projeto X
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Equipe:
1 – Carla Beatriz Cardoso Fedrigo – Coordenação de Negócios Varejo
2 – Neide Fernandes Alvarenga Mamede – Coordenação Gestão de Negócios
3 – Leonardo Alves de Resende – Coordenação de Gestão por Processos
4 – Luciano Marques Sousa – Coordenação de Rentabilidade
5 – Tiago Barros de Souza – Coordenação Técnica de Varejo
- Padrinho: Luis Gustavo Santana – Coordenador de Gestão de Negócios
Objetivo:
Aumentar a virtualização do processo de recargas de fixo e móvel.
De forma clara e objetiva, inserir apenas o “objetivo do projeto”... Máximo de duas linhas.
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Métrica de processos
- Percentual de virtualização dos créditos.
Métrica financeira
Implementa
Avalia
Inserir qual é, ou quais são,
as métricas do projeto. A
métrica é o nome do indicador
ou do dado que mostrará que
o projeto gerou ganhos. Aqui,
deve-se apenas inserir o nome
da métrica usada para medir o
resultado final do projeto.
- Incremento da receita com recarga.
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Meios de venda de recarga (atual)
Pré-pago Físico
Protege POS
Tendência POS
23%
24%
Meios de venda
de recarga
53%
POS (máquinas
de cartão)
Fonte: Sistema SGP
Dados de abril de 2010
Virtuais
Físicos
76% das vendas
24% das vendas
Web (via
integrador)
Recarga orgânica
(via CTBC – loja
credenciada)
TEF (caixas de
supermercado)
Cartões
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Receita com recargas (todos os canais)
Implementa
Avalia
Explicar de forma
clara e objetiva, o
que se conclui com
o(s) gráfico (s)?
R$ milhão
A receita com recarga (todos os
canais) apresenta tendência de
queda.
É possível trabalhar em
oportunidades para mudar o
comportamento dessa curva.
Fonte: Sistema SGP
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Receita com recargas (todos os canais)
R$ milhão
Fonte: Sistema SGP
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Pré-pago físico
Medição das vendas por parceiro
Fonte: Sistema SGP
Dados acumulados de 1/jan/2010 a 31/jul/2010
Parceiros com
baixa performance.
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Pareto – vendas por parceiro (receita bruta)
R$ mil
2.000
1.800
89%
92% 96%
99% 100%
80%
74%
1.400
70%
65%
1.200
60%
56%
1.000
50%
45%
800
33%
600
400
200
8.000
30%
7.000
10%
0
TCR
MG
TECC
MG
P&G
COMT
SÓLID
MAXT
ELP
A
PRS
0%
COMC
ENTE
R
GOIA
S
TCR
GO
TEXTE TECC
L
MS
Série1 1.902 1.740 1.317 1.151 1.038
989
986
621
400
389
346
Série2
74%
83%
89%
92%
96%
99%
17%
33%
45%
56%
65%
Representatividade das vendas de
recargas virtuais por parceiro
96
TELEC
ARTÕ
ES
10
100% 100%
R$ mil
40%
20%
17%
COMT COMC
ELP
ENTE
PMS
R
Representatividade das vendas de cartão
físico por parceiro
90%
83%
1.600
100%
91%
6.000
75%
80%
95%
90%
86%
80%
70%
66%
5.000
60%
57%
4.000
3.000
2.000
50%
46%
40%
34%
30%
20%
20%
1.000
10%
0
COM COMT
CENT ELP
ER
PMS
TCR
MG
P&G
TECC SÓLI
MG
DA
COM
COMT
CENT
TECC
ELP MAXT ER
MS
GOIA
PRS
S
0%
TCR
GO
Série1 7.056 4.789 4.181 3.938 3.212 3.049 1.938 1.844 1.773 1.447 1.047
Fonte: Sistema SGP
Dados acumulados de 1/jan/2010 a 31/jul/2010
100%
100%
Série2 20%
34%
46%
57%
66%
75%
80%
86%
91%
95%
TELE
TEXT
CART
EL
ÕES
727
0
98% 100% 100%
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Diagrama de Ishikawa
Parceiros
PDV
CTBC
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Situações
Situação atual
Situação desejada
Métrica
Descrição
Métrica [valor]
Descrição
Considerável % de
venda de recarga por
meio de cartões
24%
Diminuir o percentual de
venda de cartões em
função da virtualização
15%
Receita com recarga
(todos os canais) com
tendência de queda
-
Incrementar a receita
de recargas
2%
Falta de recursos para
PDV “estocar” recargas
-
Propor novo modelo
para atender a essa
necessidade
-
Parte dos parceiros com
baixa performance
-
Selecionar melhores
parceiros e trabalhar
incentivos
-
Limitação do mix
disponível para venda
no PDV
-
Disponibilidade do mix
completo para venda no
PDV
-
[meta]
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Matriz de decisão
Venda dentro do
ônibus público
Modelo de
recarga via
celular
Venda por
bancos onde
ainda não
atuamos
Critérios
Peso
Venda via CIELO
(Débito e
Crédito)
Atendimento às necessidades
dos clientes CTBC
4
3
2
4
3
Aumento da capilaridade
3
4
2
5
3
Incremento de receita com
menor custo de operação
4
4
3
4
4
40
26
47
37
Resultado = nota x peso
A implantação possibilita a venda de recargas para terminais pré-pagos (linhas fixas
e celulares) por meio de um terminal celular entregue no ponto de venda.
O escopo dessa implantação abrange pontos de venda de varejo onde não existem a
venda de créditos de forma virtualizada.
NOTAS
Ruim
Regular
Bom
Ótimo
Excelente
1
2
3
4
5
PESOS
Baixo
Moderado
Médio
Alto
PGP 2012 – Algar Telecom
1
2
3
4
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Matriz preventiva de riscos
Potencial Modo de
Falha
Potencial Efeito da
Falha
S
e
v
Potencial Causa/
Mecanismo da Falha
P
r
o
b
Indispo nibilidade Recarga
Não efetivação da venda
9
Queda link, Sistema CTB C ino perante,
Sistema integrado r iniperante
2
Não efetivação da recarga
Cliente ligar e reclamar
9
Sistema CTB C o u co nfirmação do
integrado r
1
6
B aixo sinal de rede GSM /3G CTB C
4
7
P ro blema técnico e ro ubo do aparelho
2
Qualidade do sinal celular CTB C
P ro blema co m o aparelho celular
P o nto de venda não co nsegue
efetivar a recarga
P o nto de venda não co nsegue
efetivar a recarga
Controle Atual
D
e
t
R
P
N
2
36
1
9
2
48
1
14
M o nito ramento CTB C e integrado r
Co mpro vante de recarga fo rnecida
ao cliente
Á rea técnica medir e melho rar a
qualidade do sinal
Substituição imediata do aparelho
Apetite ao risco – para o sucesso do projeto, é preciso:
a) Efetivar o monitoramento das recargas entre CTBC (SGP) e o integrador para não gerar
reclamações dos clientes;
b) Engenharia continuar atuando fortemente para melhoria do QoS (qualidade do sinal) transmitido.
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Para implantação o projeto contempla
 Previsão com custos com logística para entregar os aparelhos, chip de dados e
subsídio do aparelho;
 Criação de uma APN (Access Point Name – é um parâmetro da rede celular que
identifica os serviços de pacotes que a rede móvel provê aos usuários) dedicada
para o chip de dados;
 Treinamento dos distribuidores para uso e instalação do software feito pelo
integrador;
 Treinamento dos pontos de vendas realizado pelos próprios distribuidores.
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Principais marcos do projeto
Milestones
Planejado fim
Planejamento (medição dos dados e análise das
alternativas)
Janeiro/2010 a Maio/2010
Análise de Investimento
Maio/2010
Criação de APN dedicada
Maio/2010 a Junho/2010
Implementação e testes
Junho/2010 a Julho 2010
Distribuição dos aparelhos
Agosto/2010 a Junho/2011
Monitoramento dos resultados
Agosto/2010 a Julho/2011
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Inovação Tecnológica a serviço do incremento de receita
Servidor Web
Do Parceiro
Conexão de Dados GPRS / 3G
GGSN
FW
Internet
PDV Cell
ACL
•
APN (Access Point Name) é um parâmetro da rede celular que identifica os serviços de pacotes
que a rede móvel provê aos usuários;
•
No projeto PDV Cell, a APN é a chave que liga os celulares nos “Pontos de Venda”, ao portal de
recarga dos nossos parceiros.
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Workflow macro do processo
DISTRIBUIDOR
• Distribuidor compra
créditos CTBC
CTBC
• Realiza o
Faturamento e
disponibiliza
créditos para o
distribuidor
INTEGRADOR
• Disponibiliza
créditos para o
ponto de venda
integrando o
distribuidor
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Novos meios de venda de recarga (após implantação)
Pré-pago Físico
Protege POS
Tendência POS
Tendência PDV CELL
3%
18%
35%
Meios de venda
de recarga
44%
Virtuais
Antes [76%]
PDV Cell
POS (máquinas
de cartão)
Fonte: Sistema SGP
Dados de setembro de 2011
Físicos
Antes [24%]
82% das
vendas
Web (via
integrador)
Recarga orgânica
(via CTBC – loja
credenciada)
TEF (caixas de
supermercado)
18% das
vendas
Cartões
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Protege POS
Resultado do foco: medição das vendas por parceiro
Fonte: Sistema SGP
Dados acumulados após implantação PDV Cell em ago/2010 a jul/2011
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Resultado do foco – vendas por parceiro
R$ mil
1.400
95%
100%
90%
89%
1.200
81%
80%
74%
1.000
70%
66%
800
60%
58%
200
0
40%
38%
400
26%
13%
7.000
20%
6.000
0%
TECC
MG
TCR
MG
P&G
RCA
CASTEL
LO
SÓLID
A
TECC
MS
MAXT
Série1
1.313
1.246
1.164
1.095
826
809
752
740
715
604
505
Série2
13%
26%
38%
49%
58%
66%
74%
81%
89%
95%
100%
98%100%
88%
60%
59%
50%
46%
40%
3.000
34%
30%
20%
19%
1.000
10%
0
COMC
ENTER
Série1 8.221
Série2
90%
70%
69%
4.000
100%
80%
82%
76%
5.000
2.000
Nova representatividade das vendas de
recargas virtuais por parceiro
94%
8.000
30%
10%
COMTE
COMCE
COMCE COMTE
LP
NTER
NTER
LP PRS
PMS
GOIAS
R$ mil
9.000
50%
49%
600
Nova representatividade das vendas de
cartão físico por parceiro
100%
TECC
MG
TCR
MG
COMT
ELP
PMS
P&G
6.494
5.435
5.435
34%
46%
59%
19%
Fonte: Sistema SGP
Dados acumulados após implantação PDV Cell em ago/2010 a jul/2011
0%
RCA
COMC
SÓLID
CASTE ENTER MAXT
A
LLO
GOIAS
COMT
ELP
PRS
4.534
2.766
2.659
2.637
2.563
1.979
652
69%
76%
82%
88%
94%
98%
100%
TECC
MS
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Pareto – PDV Cell (receita bruta)
350.000
300.000
85%
89%
94%
98%
100%
70%
69%
200.000
90%
80%
77%
250.000
100%
60%
57%
50%
150.000
42%
40%
30%
100.000
22%
20%
50.000
10%
0
Série1 288.256
Série2
22%
0%
SÓLIDA
COMCEN
TCR MG
TER
GOIAS
270.241
201.017
158475
110.658
102.789
63.339
42%
57%
69%
77%
85%
89%
COMCEN
TECC MG
TER
P&G
COMTELP COMTELP
PRS
PMS
Fonte: Sistema SGP
Dados acumulados após implantação PDV Cell em ago/2010 a jul/2011
MAXT
TECC MS
61.426
53.140
26.256
94%
98%
100%
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Comparativo da receita com recargas (2010 e 2011)
R$ milhão
Fonte: Sistema SGP
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Receita com recargas (todos os canais): após implantação
R$ milhão
PGP IMAIA
O PDV Cell
contribuiu com
o incremento
da receita
Fonte: Sistema SGP
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Contribuição do projeto com incremento de receita
Recargas Virtuais (R$ Milhões)
8,26
4,1%
0,34
R$ milhão
7,18
7,27
0,1%
0,01
0,9%
0,06
7,17
ago-10
7,20
set-10
Incremento de
receita real bruta R$
3,2 milhões em 12
meses
7,47
2,6%
0,20
7,29
3,5%
0,26
7,92
7,37
4,3%
0,32
7,28
4,9%
0,35
7,05
7,04
Fonte: Sistema SGP
nov-10
dez-10
jan-11
Total Recargas Virtuais
7,90
5,8%
0,46
8,23
6,5%
0,53
7,70
7,71
7,44
7,32
7,27
out-10
7,55
5,0%
0,38
7,71
5,1%
0,39
8,16
5,6%
0,46
7,17
6,93
fev-11
mar-11
abr-11
mai-11
jun-11
Incremento
de receita real
líquida de
R$ 2,3
milhões para
empresa em 12
meses
Representatividade média
de 4% do
incremento da
receita total
jul-11
Recargas PDV Cell
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Ganho financeiros: evolutivo da receita bruta do PDV Cell
R$ mil
Incremento de receita
com Inovação e
sustentabilidade
Do faturamento total do PDV
Cell, 85% representa
incremento de receita e 15%,
substituição de receita
Deixamos de fabricar
aproximadamente
270.000 mil cartões
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Demonstração do ganho do projeto
PGP
PDV Cell
Demonstração do ganho do projeto
R$ mil
Em 12 meses
Receita líquida
2.243
Margem contribuição
(%) EBITDA
1.214
54%
Resultado líquido
817
Investimentos
-
Ganho líquido do projeto
TIR (ao mês)
VPL
Payback meses
Análise do sistema
de medição:
Contabilização
apenas do
incremento da
receita (85% do
faturamento do
PDV Cell)
817
n/d
727
4
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Aderência aos objetivos estratégicos
PDV
Cliente
CTBC
 Ascesso ao mix de recarga p/
 Acesso ao mix de recargas p/
 Aumento da
venda;
compra;
virtualização de recargas;
 Garantia de sempre ter a
 Garantia de sempre ter a
 Redução com a
recarga p/ venda – isenção de
recarga p/ compra;
fabricação de cartões.
“estoque”;
 Aumento de pontos p/ compra
 Ausência de roubos;
da recarga – aumento da
 Incremento na venda de
capilaridade.
recarga;
Objetivos Estratégicos
 Aumento do números de clientes no
 Ser referência no relacionamento e
estabelecimento.
atendimento aos clientes.
 Diversificar e incrementar as receitas,
por meio de novas soluções e modelos
de negócios.
PGP 2012 – Algar Telecom
1
Identifica
Mede
Analisa
Implementa
Avalia
Obrigado!
PGP 2012 – Algar Telecom

similar documents