Exercício Prático 10.2

Report
EXERCÍCIO PRÁTICO 10.2 E 10.4
Ana Caroline Meireles Soares – EE09218-85
EXERCÍCIO PRÁTICO 10.2
Ana Caroline Meireles Soares – EE09218-85
EXERCÍCIO PRÁTICO 10.2
Uma onda se propagando em um meio com  r  8 ,
 r  2 tem E=0,5 e  z / 3 sen (10 8 t   z ) a x V/m.
Determine:
a)  ;
b) A tangente de perdas;
c) A impedância de ondas;
d) A velocidade da onda;
e) O campo H

 E=0,5 e
A)
 z /3
sen (10 t   z ) a x V/m
8
 ?
 
 
1
3
2



  
 1
 1


2 

 


 ?
,  r  2,  r  8, E 0  0.5,   10
 
 
 1
2 


  

   1




2
8
 

 
2


 0  r  0 r
 
 1


1
 
2

 , chamando





2
 
 x  1
 0  r  0 r
2
 x  1
x 
x
  
1 





9
8
  1, 3743 rad/m
2

( )
B) a tangente de perdas
tg  


,  é o ângulo de perdas ;   2 n
Lembrando que:
x
x
  
1 





2
2
1   tg    tg  
Resposta: tg 2 n  0, 5154
x 1
2

C) a impedância da onda
j 
 
 
  j 







  

1
 

 
2

1/ 2
,
  n
tg 2 n 



C) a impedância da onda (cont.)
0r
 
Resposta:
 0 r
x 
  
1 

 
2
 x
1/ 2
  177, 71  n  177, 7113, 63 

D) a velocidade da onda;
Resposta: u 
E)



10
8
 7, 276.10 m / s
7
1, 3743
O campo H;
H  H 0e
 z /3
sen (10 t   t   n )
 3  z /3
H  2, 813.10 e
8
sen (10 t   t  13, 63 )
8
direção?
Resposta: H  2, 813 e
 z /3
; H 
0
E0

aH  ak  aE
8
sen (10 t   t  13, 63  ) a y mA/m
EXERCÍCIO PRÁTICO 10.4
Ana Caroline Meireles Soares – EE09218-85
EXERCÍCIO 10.4

Uma onda plana propagando-se ao longo de +y
em um meio com perdas(  r  4,  r  1,   10  2  / m ) tem
 
 9
E  30 cos  10  t   a z V/m em y=0. Encontre:

a)
b)
c)
d)
4
E em y=1m, t=2ns;
A distância percorrida pela onda para ter uma
mudança de fase de 10º;
A distância percorrida pela onda para ter sua
amplitude reduzida de 40%;
H em y=2m, t=2ns.

A) E em y=1m, t=2ns;
E  E0e
 
 y
9
cos(10  t   y   n ) a z ,   ?,   ?,  n  45º
 
 1
2 

 
E  30 e

  

   1




2
;   0, 9409 N p / m
2






 1
 ;   20, 98 rad / m

1
 
2 





 0 ,9409 y
Resposta:
9
cos(10  .2.10  20, 98.1  45º ) a zV / m
9
E  2, 6207 a zV / m

B) A distância percorrida pela onda para ter uma
mudança de fase de 10º;
y=? ;  y  10 º  10  rad
180
y
10 
 180.20, 98. y  10   y  8, 31m m
180
C) A distância percorrida pela onda para ter sua
amplitude reduzida de 40%;
30  0, 4.30  18 ;
 y
18  30 e
 y
0 .6  e
ln 0 .6  ln e
 y
  y   0.5108
y=0,5429m ou 542,9mm

D) H em y=2m, t=2ns.
 






tg  
H 
  
1
 




E0

e
2
2




1/ 4
  
3

8,
07.10


  
;

 187, 98
,   5,13º ,   2 n   n  2, 566º ou 0, 0447 rad
 0 ,9409 y
cos(10  t 
9

4
 20, 98 y  2, 566º )
aH  ak  aE  a y  a z  a x
H   0,1595 e
 0 ,9409 y
cos(10  t 
9

4
Para: y=2m, t=2ns:
H   0,1595.0,1523 cos(10  .2.10
9
9

 20, 98 y  0, 0447) a x

4
H   22, 91m A / m
 20, 98.2  0, 0447 ) a x
Obrigadaa!!!

similar documents