CAPACITAÇÃO PARA NOVAS DIRETORIAS

Report
SOCIEDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
Prêmio Direitos Humanos 2004
Sede Nacional- Rua do Riachuelo, 75, Centro
Rio de Janeiro- RJ- CEP 20230 010
21- 2242 3834- Fax-21-2232 3914e-mail- [email protected]
www.ssvpbrasil.org.br
I. Capacitação para
Diretoria de Conferência
(Segunda Parte)
ORGANIZAÇÃO:
Cgi
CNB
cM
OU
CC
CP
OE
CONFERÊNCIAS
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
Organização...
• Cada Unidade Vicentina está
subordinada ao escalão superior, no
caso da Conferência, ao Conselho
Particular.
• A Conferência é a base sólida da
SSVP; é a grande escola de
espiritualidade vicentina;
• É na conferência que aprendemos a
amar e a servir Jesus nos Pobres.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
Reflexão EX. 18, 13-27 (Instituição dos Juizes)
“... Moisés seguiu o conselho de seu
sogro – Jetro. Escolheu em todo Israel
homens capazes e
colocou-os como
chefes do povo: chefes de mil, chefes de
cem, chefes de cinquenta, chefes de dez.
Eles ouviam e julgavam o povo o tempo
todo. Toda causa importante , eles a
levavam a Moisés,e toda causa menor
eles mesmo as julgavam.”
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
Funções da Conferência
• Visitar, evangelizar e promover os Pobres;
• Conhecer o Regulamento da SSVP;
• Conhecer o carisma e a espiritualidade da
SSVP;
• Prestar contas de seu trabalho ao CP;
• Fazer as reuniões de acordo com o
Regulamento e os princípios vicentinos;
• As reflexões espirituais devem estender às
casas dos assistidos;
• Trabalhar projetos que levem a promoção
e a mudança de estrutura dos Pobres.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
A Importância da Regra
“Se uma conferência ameaça cair , é porque
se afastou de seu regulamento, seja da letra
deste, seja sobretudo, do seu espírito e
mesmo algumas vezes de ambos. E se ao
contrário disso, ela prospera, pode-se
igualmente estar certo de que as tradições
e os usos da Sociedade são fielmente
observados.” - Adolphe Baudon ,1º presidente Internacional CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
A Regra é o GPS que orienta e indica os
caminhos que a Conferência precisa
percorrer para que o atendimento aos
Pobres seja realizado de forma
organizada e digna; é a bússola que
orienta a unidade dos confrades e
consócias;
A Regra é a fonte de espiritualidade, de
unidade e de serviço da SSVP em toda
a sua História.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
O que a SSVP espera da Conferência
• Do Presidente:
• Sua missão primordial é promover a
espiritualidade
vicentina
entre
os
membros da Conferência e promover a
vida dos assistidos – é o pastor de um
pequeno rebanho;
• Cumprir a regra e fazê-la cumprir;
• Cuidar para que a conferência prospere
na caridade, na espiritualidade e no
serviço aos Pobres.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
•Motivar os confrades e consócias a
participarem
dos
eventos:
módulos,
encontros festas regulamentares, retiros,
reuniões, promoções para angariar fundos,
visitas aos asilos e abrigos etc;
• O presidente precisa estar atento às
mudanças e encontrar novos meios de
assistências, novos meios de promoção;
• O encargo de presidente deve ser visto
como um caminho de santificação.
* As funções específicas estão prescritas no
Regulamento.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
Do Vice-presidente:
• É o substituto legal
do presidente,
precisa estar ciente das obrigações do
presidente e ajudá-lo a colocá-las em
prática, é um parceiro;
• Deve
auxiliar
o
presidente
nos
planejamentos e colaborar para que a
conferência cresça com qualidade e
eficiência;
•Trabalhar para trazer novos membros
para a Conferência;
•Tomar consciência das atribuições
prescritas no Regulamento Vicentino.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
Dos secretários:
É
o
historiador
fidedigno
dos
acontecimentos da vida da Conferência;
Organiza e arquiva toda a documentação
da Conferência (atas, registros dos
assistidos,
aniversários,
carta
de
agregação,
endereço,
registro
de
benfeitores, etc.
Na falta no presidente e do vice é que
responde pela Conferência; as demais
atribuições estão na Regra.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
Dos tesoureiros:
•Responsável por toda a movimentação financeira
da Conferência;
• Deverá manter informado os confrades e as
consócias sobre o “caixa” e sobre os gastos;
• Preocupar em motivar os confrades e consócias
sobre maneiras de angariar fundos;
• Controlar as entradas e saídas de dinheiro; bem
como as compras;
• Organizar e repassar as décimas ao CP;
• Observar a Regra da SSVP;
•Lembrar que a função do tesoureiro não é
simplesmente de gastador, mas de arrecadador,
portanto, deve empenhar nesta tarefa;
• Colaborar com a espiritualidade da Conferência.
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
CONCLUSÃO
“A vocação e a missão da Conferência é
seguir Jesus Cristo, servindo aqueles que
precisam, dando testemunho do amor que
liberta, que cura e que dá a vida. Os
vicentinos devem servir com alegria, pois
tudo o que fizer deve ser feito com amor,
como o próprio Cristo fez por nós. É na
Conferência que está toda a essência do
trabalho vicentino, toda a essência do
amor de Deus aos excluídos.”
CAPACITAÇÃO
PARA NOVAS
DIRETORIAS
SOCIEDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO
Louvado seja nosso
Senhor Jesus Cristo!
ECAFO - CNB
Prêmio Direitos Humanos 2004
Sede Nacional- Rua do Riachuelo, 75, Centro
Rio de Janeiro- RJ- CEP 20230 010
21- 2242 3834- Fax-21-2232 3914e-mail- [email protected]
www.ssvpbrasil.org.br

similar documents