Título da Palestra

Report
Concorrência nos meios de pagamento
eletrônicos – Status e Tendências
Brasília, 10 de setembro de 2014
Caio Mário da Silva Pereira Neto
Professor de Direito Econômico da FGV SP
Agenda
• Breve histórico
– Características do Mercado
– Histórico Recente
• Evolução da estrutura de mercado e padrão competitivo
–
–
–
–
–
Bandeiras
Emissão
Credenciamento
Facilitação online
Mobile Payment
Características e histórico
Características do Mercado
• Típico mercado de 2 lados
• Efeitos de rede
• Necessidade de equilíbrio da plataforma
• Grandes investimentos para criar massa crítica
Histórico Recente
• Estrutura histórica: uniadquirência
– VISANET credenciava transações com Visa
– Redecard credenciava transações com Mastercard
• Jul/2006 – BACEN/SDE/SEAE celebram convênio para
estudar o setor
• 2009 – Consulta Pública do “Relatório sobre a indústria
de cartões de pagamento” (pub. Maio/2010)
• Foco importante na ponta de credenciamento/adquirência
• Intensas transformações competitivas desde 2010
Histórico Recente
• 2009/2010: Discussão e implementação de autorregulação do
mercado (ABECS)
• Dez/2009: TCCs celebrados entre CADE, Visa e VISANET
• Jul/2010: Multiadquirência
• 2011: Criação da Bandeira Elo
• 2011/2013: JV entre bandeiras/ emissores/ credenciadoras e
telcos para desenvolver mobile payment
• 2011/2013: Entrada e crescimento de credenciadoras (GetNetSantander / Elavon / First Data / Stone etc.)
• 2013: Criação da Bandeira Hiper
• 2013: MP 615/2013 // Lei 12.865/2013 – Regulação de arranjos
de pagamentos pelo BACEN
Evolução de estrutura de mercado
e Tendências
Estrutura de mercado – Bandeiras
• Principais players continuam sendo Visa e Mastercard
• Novos players começam a criar uma franja competitiva
(outras incluem: Elo, Hiper, Amex, Diners, etc.)
Transações de Crédito - Bandeira (2013)
Transações de Débito - Bandeira – (2013)
6%
8%
Visa
50%
42%
Fonte: BACEN
51%
43%
MasterCard
Outras
Estrutura de mercado – Emissão
• Mercado competitivo – rivalidade
Share de emissão - Por faturamento - 2013
6%
3%
5%
8%
Itau
BB
Bradesco
Santander
Caixa
HSBC
39%
18%
outros
Fonte: Cardmonitor
21%
Obs: Faturamento Itaú+Credicard
Estrutura de mercado – Credenciamento
• Crescimento de novos entrantes – aumento da competição
• Busca por diferenciação e valor agregado via lançamento
de novos produtos/serviços ao consumidor
– Crédito pessoal direto no POS, serviços de gestão, novas
tecnologias/aplicativos de captura etc.
POS por credenciador - 2013
3%
12%
Cielo
48%
Redecard
Santander/GetNet
Outros
37%
Fonte: BACEN
Novos entrantes:
• Santander/GetNet
• Elavon
• FirstData
• Global Payments
• Stone
• Banrisul
• Banpará
• Banestes
Estrutura de mercado – Credenciamento
Fonte – ABECS - 2014
Estrutura de mercado – Facilitação / Mobile
• Mercado de facilitação online está evoluindo – potencial
integração com credenciamento
– Evolução de TI e modelo de negócio das facilitadoras ajuda
– Agregam outros serviços
• Mobile payments está estruturado em parcerias, mas com
desenvolvimento ainda incerto
– BB/Oi | Mastercard/Telefônica (Zuum) | Bradesco/Claro, etc.
– Crescimento relevante em outros países (M-Pesa)
Algumas Tendências
• Alto nível de inovação no mercado – tecnologia, soluções e
serviços
• Interoperabilidade (art. 7º, I da Lei 12.865/2013 e art. 2º, III e IV da Circular
3.682/2013 – previsão regras claras e não discriminatórias / flexibilidade)
– Diversas estratégias possíveis:
• modelos de 3 pontas, 4 pontas e variações
• multiadquirência / multicaptura (VAN)
• diferentes graus de integração adquirente-banco
• Incremento de eCommerce
• Integração com serviços de valor agregado
• Mobile e wallet – novas fronteiras
Conclusões
• Diversos segmentos do mercado de meios de pagamento
eletrônico enfrentam momento de transição
– Lançamento e desenvolvimento de novos produtos
– Diminuição de taxas e aumento de opções aos consumidores
– Interoperabilidade
• Num momento de transição, flexibilidade de modelos é
importante para que a competição se intensifique
– Diversidade é saudável
– Mercado muito dinâmico – incerteza
• Nesse contexto, atuação regulatória/antitruste de Bacen e
CADE deve ser cuidadosa para evitar efeitos adversos
Obrigado
[email protected]

similar documents