Avaliação Fisioterapêutica do Paciente em CTI

Report
Dr.Vinicius Vasconcelos Teodoro

Glândulas sudoríparas:
Merócrinas:abrem-se
diretamente na superfície
corporal e difusas pelo corpo.
Apócrinas:são estruturas mais
especializadas, encontradas
unicamente nas axilas,
mamilos, áreas ano-genital e
ouvido externo.

Glândulas sebáceas:
produzem e excretam
substancias ricas em lipídios.


Paracocidioimicose,
Lesões da pele :
• São sinais objetivos de
doenças dermatológicas.
• Características e
manifestações objetivas.
• Considere a cor, o relevo,
textura, tamanho,
conteúdo, distribuição.
• Identificar os
componentes anatômicos

Exame da pele :

Iluminação natural.


Desnudamento das
partes a serem
examinadas.
Conhecimento dos
procedimentos
semiotécnicos.


Técnica da lanterna :
Aplicar foco de luz na
lateral da lesão se
produzir sombra
:PAPULA

Lesões liquidas são
translúcidas.










bolha
Coloração
Continuidade
Umidade
Textura
Temperatura
Elasticidade
Mobilidade
Turgor
Sensibilidade
Lesões elementares








Tamanho: mm- cm.
Forma: arredondada, oval, poligonal
Cor: eritematosas, violáceas,acrómicas,pigmentadas.
Superficie: rugosa, lisa, Brilhante
Bordas: bem delimitada, endurecidas.
Consistencia: mole ,dura, lenhosa
Número: únicas, escassas, múltiplas
Fundo da lesão: limpo, sujo.
Medir o eritema
Bordas: delimitação




• Configuração :
Isoladas/Agrupadas
Linear .
confluentes
• Arqueado, policíclicos
• Iris
• Cluster
• herpetiforme
• zosteriformes
Em placa



São modificações do
tegumento cutâneo,
determinadas por
processos inflamatórios,
degenerativos, circulatórios,
neoplásicos, por distúrbio
do metabolismo ou por
defeito de formação .
Primarias
Não são precedidas de outra
alteração.

Secundarias :evolução da

Ulcera,atrofia,esclerose.



lesão primitiva:
Crosta (ressecamento do exsudato
sobre a lesão primária).
Escoriação: (áreas lineares de
esfoladura ou abrasão, acnes),
Liquenificação: (linhas cutâneas
espessadas e acentuadas oriundas
de escarificaçoes repetidas) .
1. Máculas - manchas
2. Lesões sólidas
3. Lesões de conteudo
líquido
4. Solução de
continuidade
5. Lesões residuaissequelares







Macula: área de pigmentação
plana, bem demarcada, medindo
cerca de 1 cm de diâmetro .

Mancha :são planas, irregulares e
medem> 1 cm (+/- 2 cm)
Pigmentares:acrômicas,hipocrômic
as ou hipercrômicas
Vasculares :eritema: dilatação local
de capilares.
Púrpuras/Hemorragicas
Petéquias:lesões <1 cm
Equimoses :lesões >1cm.


Vasculares: por
modificação
circulatoria,
extravasamento,
neoformação,aplasia.
Pigmentarias:
pigmento melánico,
outros pigmentos
Definição: Modificação
da cor.
Púrpura: pápulas de coloração
eritêmato-violáceas que não
desaparecem à vitropressão
Púrpuras

DERMATITE ATOPICA:
O principal sintoma é a coceira, que pode começar
antes mesmo das lesões cutâneas se
manifestarem. Na infância as lesões são
avermelhadas e descamativas. Podem atingir a
face, tronco e membros. Com o ato de coçar,
tornam-se escoriadas e podem sofrer infecção
secundária.
Nos adolescentes e adultos, as lesões localizamse preferencialmente nas áreas de dobras da pele,
como a região posterior dos joelhos, pescoço e
dobras dos braços. A pele destes locais torna-se
mais grossa, áspera e escurecida. Usualmente
localizada nestas áreas, a dermatite atópica pode
se generalizar, atingindo grandes áreas corporais
Dermatite/Eczema atopicaA atopia é uma doença adquirida por herança
genética que, na pele, causa lesões inflamatórias: a dermatite atópica ou
eczema atópico. A pessoa que sofre de atopia, além da dermatite atópica
pode apresentar asma ou rinite alérgica. É frequente encontrar histórico de
uma destas doenças nos familiares.

Edema
Digito-pressão.

As características típicas do
eczema de contato na fase aguda
são a vermelhidão, inchaço,
formação de vesículas (pequenas
bolhas), bolhas e secreção. Mais
tarde ocorre a formação de crostas
e descamação (fase sub-aguda).
Em uma fase mais tardia, quando
se torna crônico, aparece a
liquenificação (espessamento da
pele). O prurido (coceira) está
presente em todas as fases, e pode
ser discreto ou muito intenso.



Mancha
Eritematosa
Neoformação

angioma rubi:
pequenas "bolinhas"
vermelhas semelhantes
a pedras de rubi que
surgem principalmente
no tronco de
indivíduos de
ascendência ibérica ao
longo da idade adulta.
Costumam aumentar
em número e tamanho
ao longo dos anos.
a) Pigmento Melánico:
Ausencia: acromía
Aumento: hipercromía
b) Outros pigmentos:
bilirrubinas, caroteno.
Podem ser: primitivas,
secundarias

a)Pápulas:
epidérmicas,
dérmicas,mistas
b) Tubérculos
c) Nódulos,
nudosidades, gomas
e) Vegetações
f) Liquenificações
g) Infiltrado, edema,
esclerose
Papula:lesão inflamatória
firme e elevada.Mede até 0,5
cm.
 Nódulo :lesão firme e
elevada que atinge camadas
mais profundas que a papula e
estende mais pela derme.Mede
entre 0,5 e 2,0 cm.
 Tumor:lesão solida e elevada
com mais de 2 cm e estendese as camadas subcutâneas .

Cisto:massa semi-solida ou
cheia de liquido ,encapsulada
Papula
Nódulo mais eritema
Cisto
Milium
a) Vesículas
b) Flictema
c) Pústulas
d) abscessos
Vesícula:
lesão demarcada
com conteúdo seroso,bolhas
medindo até 0,5 cm. Herpes
simples.
 Flictema: lesão com
conteúdo de exsudato seroso,
medindo> 2,0
cm.Queimaduras de 2 grau.
 Pústula: lesão elevada e
bem demarcada com conteúdo
de exsudato inflamatório
geralmente <2,0 cm.

Herpes zoster Vesículas,
agrupadas
Pústulas
As lesões do molusco contagioso são pequenas, elevadas,
hemisféricas, da cor da pele, com aspecto translúcido e apresentando
umbilicação central. Podem estar isoladas (mais comum) ou se agrupar.
O tamanho das lesões pode variar de puntiformes a cerca de 5
milímetros de diâmetro.
As lesões são autoinoculáveis e podem se espalhar. Em algumas
crianças o molusco contagioso se dissemina rapidamente chegando a
centenas de lesões. Atingem principalmente o tronco e a raiz dos
membros. As lesões são geralmente assintomáticas, mas pode haver
prurido (coceira) discreto.
A doença pode apresentar involução espontânea, o que pode levar de
alguns meses a anos, desde que o organismo possa desenvolver
defesas contra o vírus.
foliculite
Estrias: rompimento das fibras
elásticas que sustentam a pele.
a) Erosões,exulcerações
b) Ulceras, ulceração
c) Gangrena: umida por infecção, seca por falta
de irrigação
d) Fissuras, rásgade





Costra
Escara
Atrofias
Escama
Cicatriz



Crosta (ressecamento
do exsudato sobre a
lesão primária).
Escoriação: (áreas
lineares de esfoladura
ou abrasão, acnes),
Liquenificação: (linhas
cutâneas espessadas e
acentuadas oriundas
de escarificaçoes
repetidas) .
Atrofia:Liquen plano



Faneros:
Prolongamentos
visiveis da pele:

Avaliar padrão de
implantação dos pelos
: homem X mulher.
Cabelo,pelos e unhas

Avaliação dos cabelos

Linhas de Beau: são
depressões transversais que
estendem até o leito
ungueal.(desnutrição, trauma)

Coiloníquias:

Onicolise:afrouxamento da
lamina ungueal.(psoríase,fungos)

unhas finas
e com bordas laterais elevadas

(anemia, desnutrição)
Paroníquia:
inflamação
dolorosa, edemaciada e
eritematosa do leito ungueal(inf.
Bacteriama)
Unhas de Terry :faixas
transversais brancas que cobrem
as unhas (hipoalbunemia)

A hiperidrose é a produção excessiva de
suor pelas glândulas sudoríparas. Entre
suas causas estão os estímulos emocionais
(hiperidrose emocional) ou uma maior
sensibilidade dos centros reguladores de
temperatura, pois a sudorese está
diretamente ligada ao controle da
temperatura corporal. Além disso, algumas
doenças metabólicas ou lesões neurológicas
também podem dar origem ao quadro.


Carcinoma espinocelular (espinocelular) é
um tumor maligno da pele, representando
cerca de 20 a 25% dos cânceres da pele.
Pode surgir em áreas de pele sadia ou
previamente comprometidas por algum
outro processo como cicatrizes de
queimaduras antigas, feridas crônicas ou
lesões decorrentes do efeito acumulativo
da radiação solar sobre a pele, como as
ceratoses solares.
crescimento mais rápido que o carcinoma
basocelular, atinge a pele e as mucosas
(lábios, mucosa bucal e genital) e pode
enviar metástases para outros órgãos se
não for tratado precocemente. A proteção
solar é a melhor forma de prevenir o seu
surgimento pois sua localização mais
frequente são as áreas de pele expostas
continuamente ao sol.



melanoma inicia-se como uma lesão escura que
aumenta de tamanho em extensão e/ou
profundidade, com alteração de suas cores originais,
surgimento de pontos pigmentados ao redor da lesão
inicial, ulceração (formação de ferida), sangramento
ou sintomas como coceira, dor ou inflamação.
Na fase inicial, o melanoma está restrito à camada
mais superficial da pele, época ideal para realização
do diagnóstico e tratamento pois, nesta localização,
ainda não ocorre a disseminação de células tumorais
à distância e a retirada completa do tumor tem altos
índices de cura. É o melanoma "in situ".
Quando o melanoma deixa de ser plano, formando
lesão elevada na pele, é sinal de que também está
progredindo em profundidade. A profundidade
atingida e a espessura da lesão são os parâmetros
que definem a gravidade da lesão. Quanto mais
profunda e espessa, mais grave, pois aumentam os
riscos de metástases para outros órgãos.
Assimetria: formato irregular
Bordas irregulares: limites externos irregulares
Coloração variada (diferentes tonalidades de cor)
Diâmetro: maior que 6 milímetros



Nevo
Mancha pequena causada por
melanócitos (células pigmentares que
dão cor à pele) localizados na porção
intermediária da pele. A localização
normal destas células é na epiderme.
Caracteriza-se por mancha
arredondada, de coloração cinza escuro
ou azulada, de poucos milímetros de
tamanho. Em alguns casos pode se
tornar um pouco elevada.





Tinea do corpo forma lesões arredondadas, que
coçam e se iniciam por ponto avermelhado que se
abre em anel de bordas avermelhadas e
descamativas com o centro da lesão tendendo à
cura.
Tinea da cabeça: mais frequente em crianças,
forma áreas arredondadas com falhas nos cabelos,
que se apresentam cortados rente ao couro
cabeludo nestes locais (tonsurados). É muito
contagiosa.
Tinea dos pés: causa descamação e coceira na
planta dos pés que sobe pelas laterais para a pele
mais fina.
Tinea interdigital ("frieira"): causa descamação,
maceração (pele esbranquiçada e mole), fissuras e
coceira entre os dedos dos pés. Bastante
frequente nos pés, devido ao uso constante de
calçados fechados que retém a umidade, também
pode ocorrer nas mãos, principalmente naquelas
pessoas que trabalham muito com água e sabão.
Tinea inguinal ("micose da virilha, jererê"): forma
áreas avermelhadas e descamativas com bordas
bem limitadas, que se expandem para as coxas e
nádegas, acompanhadas de muita coceira.
Micoses


Micose das unhas (onicomicose): apresenta-se de
várias formas: descolamento da borda livre da
unha, espessamento, manchas brancas na
superfície ou deformação da unha. Quando a
micose atinge a pele ao redor da unha, causa a
paroníquia ("unheiro"). O contorno ungueal fica
inflamado, dolorido, inchado e avermelhado e, por
consequência, altera a formação da unha, que
cresce ondulada.
Intertrigo candidiásico: provocado pela levedura
Candida albicans, forma área avermelhada, úmida
que se expande por pontos satélites ao redor da
região mais afetada e, geralmente, provoca muita
coceira.




Pitiríase versicolor ("micose de praia, pano
branco"): forma manchas claras recobertas por
fina descamação, facilmente demonstrável
pelo esticamento da pele. Atinge
principalmente áreas de maior produção de
oleosidade como o tronco, a face, pescoço e
couro cabeludo.
Tinea negra: manifesta-se pela formação de
manchas escuras na palma das mãos ou
plantas dos pés. É assintomática.
Piedra preta: esta micose forma nódulos ou
placas de cor escura grudados aos cabelos. É
assintomática.
Piedra branca: manifesta-se por concreções de
cor branca ou clara aderidas aos pêlos. Atinge
principalmente os pêlos pubianos, genitais e
axilares e as lesões podem ser removidas com
facilidade puxando-as em direção à ponta dos
fios.

similar documents