11 - Prof. Fábio - Geografia: ENEC 2011

Report
Prof. Fábio Toniazzo
GEOGRAFIA
O terremoto no
Haiti e Chile em
2010 e no Japão
2011.
Movimento das
placas.
Porto Príncipe - Haiti
Principal cidade atingida foi
Porto Príncipe (capital).
Morram milhares de pessoas, muitas
ficam sem casas e dormem pelas ruas.
Esta condição deu margem para uma
epidemia de Dengue.
Dra. Zilda Arns Neumann, 75 anos, é médica pediatra e sanitarista, fundadora e
coordenadora internacional da Pastoral da Criança, fundadora e coordenadora
nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, organismos de ação social da Conferência
Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Dra. Zilda Arns também é representante
titular da CNBB, do Conselho Nacional de Saúde e membro do Conselho
Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).
Nascida em Forquilhinha (SC), reside em Curitiba (PR), é mãe de cinco filhos e
avó de dez netos.
Um forte terremoto de 9 graus na escala
Richter atingiu a costa nordeste do Japão
no último dia 11 de março. O tremor foi
seguido por um tsunami devastador, que
deixou quase 15 mil mortos e mais de dez
mil desaparecidos.
A tragédia ganhou contornos
trágicos com o vazamento
usina de Fukushima, que
colapso após ser atingida
gigantes.
ainda mais
nuclear na
entrou em
por ondas
Essa região é conhecida como o
Círculo de fogo do Pacífico – encontro de
três placas tectônicas
As regiões mais atingidas pelo desastre foram as Províncias de Miyagi,
Iwate e Fukushima, onde mais de cem mil pessoas tiveram de deixar
suas casas e serem transferidas para outras regiões do país.
A crise nuclear em Fukushima, a pior desde o acidente de Chernobyl
(Ucrânia, antiga URSS) em 1986, obrigou o governo a isolar uma área de
20 km ao redor da usina e fez o país rever seu modelo energético.
 O TNP – assinado em 1968 e em vigor desde março de 1970
– tem como objetivos impedir a proliferação da tecnologia
usada na produção de armas nucleares, promover o
desarmamento nuclear e garantir o uso pacífico da energia
nuclear produzida.
 Ao todo, 189 países já aderiram ao TNP. Apenas Israel,
Paquistão, Índia e Coréia do Norte não fazem parte do
acordo. Inicialmente os norte-coreanos haviam aderido,
mas se retiraram do acordo em janeiro de 2003.
 Mais: http://veja.abril.com.br/perguntas-
respostas/tratado-não-proliferacão-nuclear.shtml
 Brasil envolveu-se num jogo perigoso,
que, na prática, encoraja os iranianos a
enriquecer urânio em níveis elevados,
mantendo aberta a possibilidade de
construir armas nucleares, o que
conturbará ainda mais a já complicada
situação do Oriente Médio.
 O Irã não tem realmente nenhuma
justificativa sólida para enriquecer
urânio. O país tem a segunda maior
reserva de gás do mundo, de modo que, a
rigor, não tem necessidade de reatores
nucleares para gerar eletricidade, não
tem nenhum reator nuclear em
funcionamento nem grandes reservas de
urânio natural. Suas atividades sugerem
fortemente interesses na direção da
proliferação nuclear.
 A Coréia do Norte é socialista em virtude de
interferências externas que ocorreram no
passado.
Depois que o Japão desocupou a Coréia, a
mesma foi dividida em dois países distintos:
a Coréia do Norte, controlada pelos
soviéticos (socialistas) e a Coréia do Sul,
controlada pelos americanos (capitalistas).
 O país possui um regime muito fechado,
seus habitantes não podem usar telefone
celular e os turistas não podem tirar fotos de
monumentos, por exemplo.
 As duas Coréias fazem exercícios militares
no Mar amarelo, entre a Coréia e Japão, o
que leva a uma tensão entre os países.
Nos últimos anos foram percebidos disparos da Coréia do Norte caíram sobre a
ilha sul-coreana de pequeno Yeonpyeong , matando quatro pessoas e destruindo
dezenas de casas. A Coréia do Norte disse que estava respondendo ao tiroteio do
Sul em suas águas.
Mais: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/11/coreia-do-norte-diz-que-exercicios-militares-aproximarao-guerra.html
 Após mais de sete anos, os Estados
Unidos terminaram uma das guerras
mais caras e polêmicas de sua história.
Em agosto/2010 , cumprindo uma
promessa de campanha, o presidente
Barack Obama anunciou o término da
missão de combate no Iraque.
 A organização terrorista Al Qaeda no
Iraque anunciou que começou a
realizar ataques no país desde meados
do mês sagrado islâmico do Ramadã,
como vingança pela morte do líder
Osama bin Laden.

http://noticias.r7.com/internacional/noticias/al-qaeda-anuncia-cem-ataques-noiraque-para-vingar-morte-de-bin-laden-20110820.html
Al Qaeda: Liderado por Osama Bin Laden
Hezbollah: a favor da causa Palestina
Hamas: Movimento de resistência Islâmica
FARC: Forças Armadas Revolucionárias Colombianas
Talibã: Grupo terrorista afegão
ETA: Luta pela formação de uma entidade independente no
país Basco em parte da França e Espanha.
OBS: Muitos grupos utilizam o Bioterrorismo, ou seja, as
armas biológicas, que despertam mais temor por serem
uma tecnologia mais barata e portanto mais acessível.
 Pressionada por autoridades
internacionais, a ditadura cubana
decidiu libertar 52 presos
políticos no período entre julho e
outubro de 2010. O primeiro
grupo, composto por 11
dissidentes e seus familiares,
chegou à Espanha entre os dias 12
e 15 de julho, onde os exilados
foram recebidos como imigrantes
comuns.
 A mancha negra que se estendeu
sobre o Oceano Atlântico, numa
área equivalente a onze vezes a
cidade do Rio de Janeiro, é a
imagem da maior catástrofe
ambiental da história dos Estados
Unidos.
 O vazamento de petróleo cruel de
gás no Golfo do México causou,
além de danos ao meio ambiente,
perdas econômicas e políticas para
o governo de Barack Obama.
 É uma discussão que também
interessa ao Brasil, que deve definir
em breve as regras de exploração do
petróleo no Pré-sal.
 Qual seria a relação entre a onda de calor que cobriu Moscou, a capital
russa, com uma espessa neblina de fuligem, e as chuvas que causaram
inundações no Paquistão?
 Para cientistas que estudam as mudanças no clima da Terra, ambas as
tragédias, ocorridas nos meses de julho e agosto deste ano, poderiam
ser efeitos do aquecimento global.
 No Paquistão, as piores enchentes em 80 anos deixaram mais de 1.600
mortos e afetaram 20 milhões de pessoas - aproximadamente 11% da
população do país, que possui 177 milhões de habitantes. As
inundações destruíram casas, plantações e danificaram a infraestrutura
de cidades.
 As fortes chuvas que atingiram Santa Catarina nos últimos três dias
deixaram três pessoas mortas e obrigaram 167 mil a deixar suas casas. A
população total afetada chegou a 192 mil, de acordo com a Defesa Civil
do estado.

http://g1.globo.com/brasil/noticia/2011/09/chuva-mata-3-e-tira-167-mil-pessoas-de-suas-casas-em-santa-catarina.html
 Já na Rússia, a maior onda de calor em mil anos causou
mortes e prejuízos ao país. Desde o começo da seca, em
maio, 52 pessoas morreram, e a taxa de mortalidade
em Moscou dobrou devido ao calor e à fumaça de
incêndios florestais.
 A temperatura na capital atingiu o recorde de 39 graus,
no dia mais quente já registrado. Os níveis de
monóxido de carbono chegaram ao dobro do aceitável,
obrigando os russos a usarem máscaras nas ruas.
Surge a descoberta dos combustiveis fósseis
como fonte energética: Petróleo, Carvão
Mineral e Gás Natural – com isso também
surgem os primeiros problemas ambientais,
a emissão de CO² na atmosfera.
O Efeito Estufa consiste, basicamente, na ação do dióxido de carbono e outros
gases sobre os raios infravermelhos refletidos pela superfície da terra,
reenviando-os para ela, mantendo assim uma temperatura estável no planeta. Ao
irradiarem a Terra, parte dos raios luminosos oriundos do Sol são absorvidos e
transformados em calor, outros são refletidos para o espaço, mas só parte destes
chega a deixar a Terra, em consequência da ação refletora que os chamados
"Gases de Efeito Estufa" (dióxido de carbono, metano, clorofluorcarbonetosCFCs- e óxidos de azoto) têm sobre tal radiação reenviando-a para a superfície
terrestre. http://educar.sc.usp.br/licenciatura/2003/ee/Efeito_Estufa.html
 A crise financeira da Grécia, país de apenas 11 milhões
de habitantes, pode ter profundas implicações para a
economia mundial e a União Européia.
 Há temores de que um agravamento da crise leve a um
eventual calote da dívida grega e que países como
Portugal, Itália, Espanha e Irlanda acabem entrando
pelo mesmo caminho.
 Esses temores se intensificaram , quando a Grécia
pediu formalmente ajuda financeira à União Européia
e ao Fundo Monetário Internacional para tirar o país
de sua crise de débito.
 o efeito dominó da economia global
acelera o processo.
 A globalização comercial interliga as
economias de forma que todas os mercados
são diretamente atingidos
CONTINUA... (Parte II)
[email protected]
Prof. Fábio Toniazzo

similar documents