A Nova Vida em Cristo

Report
A Nova Vida em Cristo
Colossenses 3.1-4.16
Extraido da Revista ExpressãoEd.Cultura Cristã
Cartas de Paulo-2 Parte
A Nova Vida em Cristo
Os crentes estão unidos a Cristo e
isso traz implicações para sua
compreensão da fé e para o seu viver.
A Nova Vida em Cristo
Esboço
A.Antiga humanidade,nova humanidade (3.1-17)
1.União com Cristo (3.1-4)
2. A morte da antiga humanidade (3.5-9)
3.A nova humanidade em Cristo (3.10-17)
B.Orientação Prática (3.18-4.6)
1.Autoridade e Submissão (3.18-4.1)
2.Na oração (4.2-4)
3.Entre os incrédulos (4.5-6)
VI. SAUDAÇÕES FINAIS (4.7-18)
A Nova Vida em Cristo
Introdução
•Nas epístolas de Paulo a uma seção
expressamente teológico-doutrinária seguindo
para a aplicação prática.
•A Verdade de Deus deve produzir em nós as
transformações necessárias (Tg 1.22)
• A União espiritual do crente com Jesus é
condição indispensável para um viver santo e
revelador do caráter do Filho de Deus.
• O que Jesus fez por nós (cruz) ele faz em nós, nos
transformando a cada dia e implantando em nós
um novo princípio de vida.
A Nova Vida em Cristo
I. A Nossa União com Cristo (3.1-4)
A vida espiritual do crente e seu
desenvolvimento estão relacionados à sua
união com Cristo. (Rm 6.1-12)
a) Nossa morte em Cristo
A morte de Cristo no calvário não foi
representativa, mas, sim, substitutiva.
a) Nossa ressurreição em Cristo
Morremos com Cristo e em Cristo, nós tb
ressuscitamos com ele, para uma vida nova,
regida pelo poder de Deus, o mesmo que
retirou Cristo da sepultura. (Rm 6.4-6)
A Nova Vida em Cristo
II. Os Resultados da nossa União com Cristo
a) Fé e amor (1.3-8)
A fé salvadora é um dom da graça de Deus, e
não, o resultado de nossa habilidade intelectual
para compreendermos o conteúdo do
Evangelho.
a) Conhecimento da vontade de Deus (1.9-12)
Cristo é plenamente suficiente para nós; e que
a nossa união, com ele, pela fé, nos
proporciona um conhecimento igualmente
suficiente de Deus e da sua vontade para a
nossa vida. (Ef 3:16)
A Nova Vida em Cristo
II. Os Resultados da nossa União com Cristo
c) Participação nos sofrimentos de Cristo (1.24-2.5)
O sofrimento nos aprimora.
O sofrimento é parte inseparável do plano de Deus
em aperfeiçoar o caráter dos seus filhos,
conformando-os, ao modelo irretocável perfeição que
há na pessoa de Cristo.
d) Desenvolvimento da santificação (3.5-4.5)
Ao unirmos a Cristo, pela fé, recebemos, por meio do
Espírito Santo que habita em nós, um poder que nos
capacita a abandonar os vícios que outrora
caracterizavam a nossa maneira de viver, inteiramente
longe de Deus e os santos valores da sua Palavra.
A Nova Vida em Cristo
Aplicação:
1. Reserve um tempo em sua vida devocional
para meditar a respeito da sua comunhão com
Deus;
2. Identifique áreas em seu viver que ainda não
estão refletindo a realidade da sua união com
Cristo;
3. Glorifique ao Senhor pelo crescimento que tem
obtido em sua caminhada em busca da
santificação;

similar documents