COC - 14a. Aula - Comunicação Organizacional

Report
COC – 14ª. Aula – Comunicação Organizacional – Cap. 20 PLT
O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO
OCORRE EM MÚLTIPLOS NÍVEIS SIMULTÂNEOS:
-Consciente / voluntária
-Inconsciente /involuntária
POR MEIO DE MÚLTIPLOS CANAIS:
• – Verbal
•
Oral
•
Escrita
– - Não-verbal
•
Gestual, o olhar, expressão corporal
•
Desenhos. Sons Entonação da voz. Modo de vestir
Elementos do Processo da Comunicação
1.
Emissor: A fonte da informação. É a parte que codifica e envia a
mensagem para o receptor.
2.
Mensagem: A informação a ser passada. Pode ser verbal ou não verbal.
3.
Canal: Meio pelo qual a mensagem é enviada pelo emissor ao receptor.
4.
Receptor: A parte que recebe e decodifica a informação.
5. Codificação: é feita pelo emissor. Ou seja, a parte que envia a
mensagem escolhe um determinado código (verbal ou não verbal)
para dar forma à mensagem desejada.
6. Decodificação: é feita pelo receptor. É o ato de cruzar o código da
mensagem enviada com o repertório do receptor para
compreender a mensagem
7. Ruído : Quando a mensagem é distorcida ou mal interpretada
Ruídos podem ser
Decorrentes do emissor:
Decorrentes do receptor:
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Falta de clareza nas ideias
Comunicação múltipla
Problemas de codificação
Bloqueio emocional
Hábitos de locução
Audição seletiva
Desinteresse
Avaliação prematura
Preocupação com a resposta
Crenças e atitudes
Preconceitos
Experiências anteriores
Atribuição de intenções
Comportamento defensivo
Comunicação Oral na Organizações
Comunicação Não-Verbal:
• As pessoas não se comunicam apenas por palavras. Os
movimentos faciais e corporais, os gestos, os olhares, a
entoação são também importantes: são os elementos
não verbais da comunicação.
4
Em Discursos
• O ajuste dos tons emocionais e racionais dão destaque ao discurso
de lideranças. “Olho no olho”.
• É necessário o conhecimento do tema do discurso.
• Postura e atitude
• Criatividade e poder de síntese
• Memória
• Bom vocabulário
• Bom jogo de palco (participação)
• Boa expressão corporal e entusiasmo
5
BARREIRAS DA COMUNICAÇÃO
EMISSOR
 Dificuldade de expressão
 Timidez, medo de expressar





opinião
Escolha inadequada do
receptor
Escolha inadequada do
momento/local
Escolha inadequada do meio
Suposições
Excesso de intermediários
RECEPTOR
 Atitude de pouco interesse






pelo outro
Falta de incentivo para o
outro expressar suas ideias
Preocupação
Distração
Comportamento defensivo
Competição de mensagens
Atribuições de propósitos
COMO GASTAMOS NOSSO TEMPO
• 45% PARA ESCUTAR
• 30% PARA FALAR
• 16% PARA LER
• 9% PARA ESCREVER
• APESAR DE DEDICARMOS 45% DO NOSSO
TEMPO PARA ESCUTAR, GASTAMOS APENAS
25% COM O ATO DE OUVIR.
7
OS PRINCÍPIOS DE UMA APRESENTAÇÃO EFICAZ
1. A ABERTURA DA APRESENTAÇÃO
2. CUIDADO COM O EXAGERO
3. ENTUSIASMO COMEDIDO
4. BREVE DESCRIÇÃO DA IDÉIA
5. DETALHAMENTO DA IDÉIA
6. NÃO OMITIR DETALHES IMPORTANTES
7. COMUNICAÇÃO CLARA – LINGUAGEM ADEQUADA
8. APOIO DE RECURSOS VISUAIS
9. CUIDADO COM AFIRMAÇÕES VAGAS
Características do Apresentador
ESPONTANIEDADE
MOVIMENTAÇÃO
APRESENTAÇÃO
PESSOAL
LIDERANÇA
AUTOCONTROLE
CONHECIMENTO
DO ASSUNTO
ENTUSIASMO
Cada um de nós tem de saber usar uma boa linguagem para
desempenhar o seu papel de indivíduo humano e de membro de
uma sociedade humana.
• No processo de comunicação verbal o instrutor
deve levar em conta os seguintes pontos:
 Grau de domínio do assunto;
 Articulação de ideias;
 Fluência e ritmo.
PROBLEMAS NA COMUNICAÇÃO DAS
EMPRESAS
• Incapacidade verbal, oral ou escrita
• Falta de coerência
• Imprecisão vocabular
• Pormenores irrelevantes
• Excessos de toda ordem
Técnicas de Elaboração/construção do texto
Exatidão
Coerência de ideias
Clareza
Concisão
TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO
Qualidades necessárias para melhorar a capacidade
de comunicação:
 Organização
 Criatividade
 Entusiasmo e atitude
 Conhecimentos gerais
 Aperfeiçoamento constante
 Identificar e determinar objetivos e os meios
TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO
EXPRESSÃO VERBAL
DICÇÃO Modo de dizer; arte de dizer, de recitar.
TONALIDADE Harmonia de sons que seguem os seus encadeamentos.
TIMBRE
Qualidade distinta da voz no que diz respeito às alturas
(Volume) e intensidade (Energia).
PRONÚNCIA Maneira de articular os sons.
VOLUME Grau de energia; Força da voz; Potência.
Entonação da voz em certos vocábulos. Relevo ou
ÊNFASE destaque de pronúncia. Costuma-se dizer também
colorido.
Ferramentas da Comunicação Oral
•
•
•
•
•
•
•
•
Dicção / articulação
Ênfase
Entonação
Voz
Projeção vocal
Ressonância
Respiração
Altura da voz
DICAS:
• Planeje sua fala.
• Evite modismos e palavras
estrangeiras.
• Não omita letras (R e S).
• Olhe para a platéia.
• Exercite a voz (gargarejos)
• Esteja desprovido de
contatos (caneta, papel).
• Use o diafragma.
• Não grite e não leia o slide.
• Tome água (hidrate-se).
14

similar documents