PERÍODO REGENCIAL 2o ano

Report
REGÊNCIAS
I REINADO
1822
1831
1840
•
• Constituição 1824
AVANÇO LIBERAL
•
Guarda Nacional
• Confederação Equador
•
Código Penal
• Guerra Cisplatina
•
Ato Adic. de 34
•
Diogo Feijó
•
Cabanagem e Farrapos;
•
REGRESSO CONSERVADOR
•
Araújo Lima
•
Lei Interpretativa do Ato
• Abdicação
Adicional;
•
Balaiada e Sabinada;
II REINADO
1889
•Café (vale paraíba –
oeste paulista);
•Parlamentarismo às
avessas;
•Fim do ciclo de
revoltas (Praieira 1848);
•Conciliação
Facções políticas que disputam o poder
•
•
•
•
•
Restauradores: pregavam a volta de D. Pedro I para o
Brasil (caramurus).
Moderados: Defendiam uma monarquia constitucional,
onde o imperador teria poderes limitados (Chimangos).
Exaltados: Defendiam a República e a descentralização
política (Farrapos).
Os restauradores e uma parte dos moderados formaram
os REGRESSISTAS e posteriormente os CONSERVADORES.
Os exaltados e o restante dos moderados formaram os
PROGRESSISTAS, que formaram o partido LIBERAL.
REGÊNCIAS (1831-40)
• P. Brasileiro toma o poder do Estado;
• moderados eliminam restauradores e exaltados;
• moderados (elite agrária) se divide em 1834
• 1822
31
P Português Restaurador
34
40
Progressistas
P Brasileiro
1889
Liberal
Moderado
Regressistas
Exaltado
Conservador
REBELIÕES REGENCIAIS
Risco de fragmentação; federalismo e
separatismo; anti-unitarismo
•
•
•
•
•
Cabanagem (1834-40 / PA)
Farroupilha (1835-45/ RS)
Sabinada (1837 a 38 / BA)
Balaiada (1838-40 / MA)
Malês (1835 / BA)
Revolta dos Malês (BA):
• O termo "Malê" deriva de imale, palavra ioruba que designa
muçulmano .
• Escravos muçulmanos X Escravidão.
Cabanagem /PA
• Caráter popular;
• Líderes: Malcher e Irmãos Vinagre. Malcher foi preso
por matar um homem e mudou de lado - não era
mais do lado dos cabanos. Os Irmãos Vinagre fingiam
estar do lado do cabanos.
• Cabanos tomam o poder mas são traídos e reprimido
pelos seus líderes
Balaiada (MA):
• Caráter popular
• Líderes: Manuel dos Anjos (fabricante de
balaios - liderou a revolta), Raimundo Gomes
(vaqueiro) e Cosme Bento (ex-escravo).
• Bem-te-vis (liberais) X conservadores.
• Foi sufocada.
Sabinada (BA):
• Caráter separatista e republicano (separar a
Bahia do Brasil).
• Líder: Francisco Sabino (médico).
• Proclamar a República Provisória Bahiense.
Revolução Farroupilha (RS/SC):
• Caráter separatista e republicano.
• Altos impostos cobrados sobre o charque (carne
de sol) - principal produto.
• Líderes: Bento Gonçalves, Davi Canabarro e
Giuseppe Garibaldi.
• Batalha de Porongos: Batalha planejada por
Duque de Caxias e Davi Canabarro para que os
negros de ambos os lados se matassem em uma
batalha final. Estavam com medo que os negros
brasileiros e farrapos, que estavam com armas
nas mãos, se unissem e tentassem acabar com a
escravidão
No Brasil, tanto no Primeiro Reinado, quanto no período
regencial,
a) aconteceram reformas políticas que tinham por objetivo a
democratização do poder.
b) ocorreram embates entre portugueses e brasileiros que
chegaram a pôr em perigo a independência.
c) disseminaram-se as idéias republicanas até a constituição de
um partido político.
d) mantiveram-se as mesmas estruturas institucionais do
período colonial.
e) houve tentativas de separação das províncias que puseram em
perigo a unidade nacional.
Resposta: E
Comentário: Uma das principais preocupações da elite agrária brasileira foi quanto a
preservação da unidade territorial após a independência. As diversidades regionais e a
marginalização da maioria da sociedade, responsáveis por grandes diferenças de
interesses, determinaram a eclosão de movimentos separatistas, como a Confederação do
Equador (1824) ou ainda a Farroupilha e a Sabinada, já no período regencial.
Ao estabelecer critérios para o exercício da cidadania, a
Constituição brasileira de 1824 criou limites à participação de
diversos grupos sociais na organização política do Estado.
Assinale a opção que identifica corretamente revoltas e conflitos,
ocorridos no Brasil, envolvendo demandas desses grupos
excluídos do exercício da cidadania.
(A) Revoltas Liberais de 1842 e a Revolta de Manuel Congo.
(B) Sabinada e a Confederação do Equador.
Resposta : D
(C) Balaiada e a Guerra dos Farrapos.
(D) Revolta dos Malês e a Cabanagem.
(E) Revolta dos Praieiros e a Revolta do Quebra Quilos.
As revoltas liberais de 1842, a Confederação do Equador, a Guerra dos Farrapos e a
Revolta dos Praieiros expressaram, entre outras, insatisfações de grupos proprietários,
cidadãos do Império do Brasil, representantes do que se denominava a "boa sociedade
imperial".

similar documents