Materiais apresentados (link)

Report
Inovações Pedagógicas: desafios da
construção do conhecimento
Dra. Maria Isabel da Cunha
SABERES DOCENTES
Os saberes do docente são atingidos pelas
crises que compõem o contemporâneo. Abalados os
conhecimentos que dão sustentação a um ensino
prescritivo e legitimado pelo conhecimento científico, o
professor vê-se numa emergência de construção de
novos saberes.
As questões principais que enfrenta na prática
cotidiana dizem respeito a processos que geram
perguntas tais como:
Em que medida consigo atender as expectativas de meus
alunos?
Como compatibilizá-las com as exigências institucionais?
Como motivar meus alunos para as aprendizagens que
extrapolam o utilitarismo pragmático que está em seus
imaginários?
Como trabalhar com turmas heterogêneas e respeitar as
diferenças?
Que alternativas há para compatibilizar as novas tecnologias
com a reflexão ética?
De que maneira alio ensino e pesquisa?
Que competências preciso ter para interpretar os fatos
cotidianos e articulá-los com meu conteúdo?
Como enfrento o desafio da interdisciplinariedade?
Continuo preocupado com o cumprimento do programa de
ensino mesmo que os alunos não demonstrem
interesse/prontidão para o mesmo?
Como, em contrapartida, garanto conhecimentos que lhes
permitam percorrer a trajetória prevista pelo curriculo?
Tem sentido colocar energias em novas alternativas de
ensinar e aprender?
Como fugir de avaliações prescritivas e classificatórias e, ao
mesmo tempo, manter o rigor no meu trabalho?
Como posso
inovadoras?
contribuir
para
propostas
curriculares
Os saberes docentes se constituem histórica e
culturalmente.
São
plurais,
heterogêneos
e
heterogêneos e são afetados por uma estrutura de
poder presente na sociedade e no mundo do
trabalho (Tardif, 2002) .
UMA ROTA ALTERNATIVA

Compreender como os professores aprendem;

Assumir a complexidade da docência;

Reconhecer a pedagogia universitária como
espaço de diversidade e tensão.
PROCESSOS PROFISSIONALIZAÇÃO DE
PROFESSORES NA PERSPECTIVA DA INOVAÇÃO

Valorizar o que os professores sabem e estimular o
positivo que vem sendo construído na prática acadêmica;

Identificar docentes parceiros para desenvolver
processos inovadores;

Estimular uma reflexão rigorosa sobre suas práticas,
auxiliando a análise dos processos que as constituem;

Reconhecer os professores como produtores de saberes
e estimulá-los na autoria de suas experiências;

Disponibilizar referencias teóricos que os ajudem a
fundamentar suas opções.
No caso de nossas pesquisas (Cunha et alii,
1989, 1998, 2000, 2004):
Inovação é entendida na perspectiva da
ruptura paradigmática. Essa dimensão
extrapola o aparato tecnológico e o
rearranjo metodológico de práticas de sala
de aula. Inclui, fundamentalmente, uma
base epistemológica que rompa com o
paradigma dominante. (Santos, 1988).
Critérios de análise das experiências:

ruptura como forma tradicional de ensinar e
aprender e/ou procedimentos acadêmicos
inspirados nos princípios positivistas das
ciências modernas;

gestão participativa, por meio do qual os
sujeitos do processo inovador sejam
protagônicos da experiência desde a concepção
até a análise dos resultados;

reconfiguração dos saberes, com a anulação ou
diminuição das dualidades clássicas entre
saberes científicos / saber popular / ciência /
cultura / educação / trabalho / etc;

reordenação de tempo e de território da construção
dos saberes, extrapolando os limites clássicos da
sala de aula.

reorganização da relação teoria / prática, rompendo
com a clássica proposição de que a teoria precede a
prática, dicotomizando a perspectiva globalizadora;

perspectiva orgânica no processo de concepção,
desenvolvimento e avaliação da experiência
desenvolvida;
Analisando alguns exemplos do repertório investigativo
Professora: Sandra
Curso: Direito
Caracterização da experiência:
Trata-se de uma experiência que estimula os alunos a compreenderem o direito
como uma ciência social, que tem intensa relação com a prática social dos
indivíduos, das instituições e dos movimentos sociais.
Desenvolve-se utilizando a estratégia das visitas a campo, fazendo com que os
alunos entrem em contato com algumas realidades que, em geral, não conhecem.
Têm sido utilizados locais como o Manicômio Judiciário, e um Acampamento do
Movimento Sem Terra. Nessas visitas, o principal objetivo é relacionar o campo do
direito com algumas realidades que, muitas vezes, estão distantes da condição
dos alunos e nem sempre aparecem nas representações usuais do campo
profissional.
Na mesma disciplina há o recurso de utilização de pessoas-fonte, como uma outra
estratégia para alcançar a relação teoria-prática. Em geral são juristas,
sociólogos, pesquisadores, pessoas que vêm de outros países, outras culturas e
que podem contribuir com a capacidade reflexiva dos estudantes. Muitas vezes
essa estratégia dá margem à realização de Seminários que exigem dos alunos o
exercício das capacidades de análise e síntese, estabelecendo relações entre a
base teórica da disciplina e a prática social.
Professora: Berenice
Curso: Matemática
Caracterização da experiência:
Trata-se de uma experiência realizada na disciplina de geometria, do
Curso de Matemática. Consistiu no desenvolvimento de um estudo de
geometria com enfoque nas artes visuais, buscando desenvolver a
criatividade dos alunos e possibilitar-lhes aprender Geometria, por
meio da arte. A proposta insere também, no processo de ensinoaprendizagem, a trajetória histórica da geometria, trazendo ao
conhecimento dos alunos, obras de grandes artistas.
É o momento da leitura de uma obra de arte por parte do aluno,
requerendo o seu olhar geométrico, mas igualmente crítico e sensitivo.
Promove, ao mesmo tempo, atividades práticas que estimulam a
identificação das formas geométricas como, por exemplo, captar por
meio de uma fotografia, situações do cotidiano que sugiram formas
geométricas relacionando-as com o conteúdo abordado em sala de
aula. Toda a parte axiomática da disciplina também é trabalhada,
como por exemplo, a confecção de mosaicos ou padrões onde para
criá-las, deve-se ter conhecimento de como construir polígonos
regulares inscritos e circunscritos. Essa experiência exige, para sua
viabilização, classes de até 30 alunos, tendo em vista suas

similar documents