Desenvolvimento de Competência dos Condutores ELEKTRO

Report
Contribuição 96
Desenvolvimento de Competência dos Condutores
Elektro (DIREÇÃO DEFENSIVA
Autores: Equipe de SSM Elektro
Abril de 2011
Perfil da Elektro – Área de Concessão.
80% da unidade de conservação
ambiental na área de consessão
+2,1 milhões de clientes
(+ 5,5 milhões de pessoas)
Descontinuidade
geográfica e
grandes
distâncias
OESTE
OESTE
OESTE
CENTRO
CENTRO
CENTRO
LESTE
LESTE
LESTE
223 municípios
em São Paulo e
5 no Mato
Grosso do Sul
SUL
SUL
SUL
120 mil km²
(Santa Catarina + Alagoas)
Regiões com
perfis
socioeconômicos
diferentes
Estrutura SSM
03 – Técnicos
de Segurança
03 – Técnicos de
Segurança
03 – Técnicos de
Segurança
Conforme o cumprimento da Portaria 3214 da Lei 6.214;
NR – 04 SESMT (Dimensionamento)
02 – Técnicos de
Segurança;
01 – Analista de
Segurança;
02 – Analistas de Meio
Ambiente;
01 – Engenheira de Meio
Ambiente;
01 – Médica do Trabalho e
01 – Técnica de
Enfermagem
03 – Técnicos de
Segurança
Objetivo
O programa tem como objetivo o desenvolvimento de competência dos condutores
dos veículos Elektro e a atualização quanto às novas tecnologias utilizadas.
Aumentar a percepção do risco, Conhecer ações de auto-controle, Reconhecer
recursos e limitações dos veículos e como atuar com cada um deles, Despertar o
interesse individual na mudança de comportamento por meio da identificação das
motivações e reflexões.
Por que?
Quantidade de Colaboradores Ano:
2007 –
2008 –
2009 –
2010 –
2700 colaboradores;
2715 colaboradores;
2800 colaboradores;
3500 colaboradores.
Quantidade de Veículos Ano:
2008 – 865 veículos;
2009 – 885 veículos;
2010 – 1155 veículos.
Etapas
 Capacitação dos Técnicos de Segurança por Consultoria
Sistema Informatizado
Entradas
para
o Sistema
especializada,
para que estes possam
ser
avaliadores
de
direção defensiva;
Avaliação de Desempenho dos Técnicos de Segurança
na condução de veículo realizado por empresa
especializada em Engenharia de Trânsito;
 Padronização das CNHs dos Técnicos de Segurança
para letra D.
Metodologia empregada:
Sistema Informatizado
Treinamento
e avaliação “on the job ” com
todos os
colaboradores
Entradas
para
o Sistema que
dirigem veículos da Elektro. Alternativa utilizada a fim de não retirar os
colaboradores de suas atividades diárias, sem interferência no dia-a-dia
das equipes.
Avaliação de Condutores
Operacionalização

Início em 2010, com Projeto Piloto em uma localidade onde a
quantidade de acidentes com veículos era significativamente
elevado e iniciado as avaliações em 11 localidades consideradas
críticas.

Em 2011 avaliação de 100% dos condutores Elektro

Em 2012, será lançado o Projeto Co-piloto.
(até 30 de abril);
Desenvolvimento
Critérios de Avaliação:
1. Proficiência em Direção Técnica Segura e Econômica:
Habilidades operacionais
Novos colaboradores:
Treinamento de 16 horas
Conhecimento das Técnicas de Direção Econômica
(comportamental teórico + prático)
Conhecimento na Aplicação dos Sistemas
Avaliação de Cenário
2. Comportamentos de Risco na Direção:
Hábitos de Risco
Desconhecimento das técnicas de Direção Segura
Direção agressiva / má interpretação do perigo
Conhecimento do Código de Trânsito Brasileiro
Educação para o Trânsito – Cidadania
Perfil do Condutor - Elektro
Conceito
C4
C3
C2
C1
Competência apresentada
Competência altamente desenvolvida. Aplicação
em nível de excelência – Requer apenas
aperfeiçoamento da tecnologia.
Competência plenamente desenvolvida. Aplicação
de forma segura e otimizada. Requer apenas
aperfeiçoamento da tecnologia.
Competência já desenvolvida aplicação
insuficiente – necessita treinamento avançado
Competência em desenvolvimento e aplicação
insuficiente - Condutor apresenta risco na direção.
PROFICIÊNCIA APRESENTADA
C4 - EXECELENTE DIREÇÃO APROVADA
C3 - BOA
DIREÇÃO APROVADA
C2 - REGULAR
PROGRAMA DE TUTORIA – 30 h
C1 - FRACA
FAZER PRÁTICAS
EM AUTO ESCOLA – 30 h
Formulário de
Avaliação por
empregado
+
Feedback
Arquivo sistema
RH
Relatório por
empregado
Pontuação
Final
pontos
21 a 34
REAVALIAÇÃO
BIANUAL
ANUAL
30 DIAS
90 DIAS
pontos
15 a 20
pontos
1 a 14
pontos
0 a – 34
Ganhos
• Aceitação pelo Grupo local;
• Identificação de traços de personalidade: abertura ao Outro, serenidade,
gostar da trocar experiências (ensinar), tolerância, autocontrole;
• Desejar exercer a atividade de forma correta e preventiva;
• Identificação de >% de condutores C3 ou C4 na Avaliação de Direção
Elektro;
• Redução do número de acidente com veículo nos primeiros 2 meses de
2011 em relação ao mesmo período de 2010.
2012
LANÇAMENTO PROGRAMA “CO-PILOTO”
EXTENSÃO DO PROGRAMA GUARDIÃO DA VIDA PARA O VEÍCULO
Campanha para sensibilização,
Treinamento/ dinâmica de relacionamento (ressaltando a importância do co-piloto),
Ressaltar a importância do motorista - disseminação do modelo: “ser bom motorista é tão importante
quanto ser bom eletricista” e “um bom eletricista pode não ser um bom motorista” (competências distintas),
Obrigado(a)!
Fábio Mário
[email protected]
13 – 9718.5496

similar documents