Biblioteca Digital Clicar em Bases de Dados Bibliográficas

Report
Seminário de Investigação
Seminário sobre Bases de Dados bibliográficas
Miguel St. Aubyn
Set/Out
2012
Seminário de metodologia de investigação
Mestrados 2012/13
Bases de Dados Bibliográficas
Miguel St. Aubyn
Set./Out. 2012
Este documento: http://www.iseg.utl.pt/~mstaubyn/pesquisa2012.pptx
Sumário:
1. Bases referenciais clássicas
2. Bases de texto integral
3. Bases referenciais dinâmicas
4. Arquivos
5. Outros recursos no ISEG/UTL
6. Configurar proxy.
Objectivo:
•Investigação em Macro-Finança.
INFORMAÇÃO:
•Nome de um autor: Akerlof.
•Nome da revista: Quarterly Journal of Economics
1. Bases Referenciais
Clássicas
1.1. Catálogo
Como consultar o catálogo da Biblioteca
do ISEG?
a) Aceder ao site do ISEG.
http://www.iseg.utl.pt
b) Utilizar o menu de navegação.
Biblioteca
Clicar em Biblioteca
Catálogo
Clicar em Catálogo Bibliográfico
1.2. EconLit
1.2.1. Pesquisa com alguma informação
Base de dados extensa (cerca de 1000
revistas e ainda livros, dissertações, etc.) do
Journal of Economic Literature.
Campos de pesquisa:
• Título
• Autor
• Tema
• etc.
1.2.2. Como consultar a EconLit no ISEG?
a) Trabalhar num computador da rede do ISEG.
• Limitado a computadores cujo IP address pertença ao ISEG (configurar
proxy).
b) Aceder ao site da Biblioteca.
c) Utilizar o menu de navegação:
Biblioteca Digital
Clicar em Bases de Dados Bibliográficas
2. Bases de Texto Integral
2.1. ProQuest
2.1.1. Diferenças em relação à EconLit
Base de dados menos extensa ligada à
ABI/Inform e BPO
Possibilidade de acesso ao texto integral:
•Online
•BPO
Campos de pesquisa adicionais:
• Código de classificação
• Texto do artigo
2.1.2. Como consultar o ProQuest
no ISEG?
a) Trabalhar num computador da rede do ISEG.
• Limitado a computadores cujo IP address pertença ao ISEG (configurar
proxy).
b) Aceder ao site da Biblioteca.
c) Utilizar o menu de navegação:
Biblioteca Digital
Clicar em Bases de Dados Bibliográficas
2.2. B-On
2.2.1. O que há de novo?
Acesso a vários recursos:
• Bases de dados referenciais (ACM, Web of Science, EBSCO,
etc.)
• Bibliotecas (British Library, Library of Congress, Porbase, etc.)
• Bases de texto integral (EBSCO, etc.)
• Sites de grandes editoras com acesso a texto integral
(Elsevier, Taylor & Francis, Wiley, Springer, SAGE, etc.)
2.2.2. Como consultar a B-On no
ISEG?
a) Trabalhar num computador da rede do ISEG.
• Limitado a computadores cujo IP address pertença ao ISEG (configurar
proxy).
b) Aceder ao site da Biblioteca.
c) Utilizar o menu de navegação:
Biblioteca Digital
Clicar em Bases de Dados Bibliográficas
2.3. JStor
2.2.1. O que há de novo?
Na área da Economia tem acesso a 115
revistas de topo, 49 (adicionais) em Gestão e
15 em Finanças.
Tem o texto integral desde tempos muito
recuados, mas não abrange artigos recentes.
Complementa a B-On.
2.3.2. Como consultar o JStor no
ISEG?
a) Trabalhar num computador da rede do ISEG.
• Limitado a computadores cujo IP address pertença ao ISEG (configurar
proxy).
b) Aceder ao site da Biblioteca.
c) Utilizar o menu de navegação:
Biblioteca Digital
Clicar em Bases de Dados Bibliográficas
3. Bases referenciais
dinâmicas
3.1. Web of Knowledge
3.1.1. Que bases inclui a Web of Knowledge
no ISEG?
a) Web of Science
• Science Citation Index
• Social Sciences Citation Index
• Arts and Humanities Citation Index
b) Current contents connect
c) Journal Citations Reports
d) Proceedings
Serviço de alerta para livros,
artigos, sites, etc.
3.1.2. Quais as potencialidades dos
Citations Indices?
a) Procura de um artigo
b) Contagem de “citações”
Econlit, ProQuest, JStor
Valor social
c) Identificação dos artigos “citantes”
NOTA: É bastante mais restrito do que a Econlit para Economia
(297 revistas), Gestão (171 revistas) e Finanças (81 revistas), mas
mais abrangente para Ciências Sociais (2756), e Ciência e Artes
(16 317).
3.1.3. Exemplo de pesquisa em cadeia
ARTIGO BÁSICO:
Akerlof, G. (1970), Market For Lemons - Quality Uncertainty
And Market Mechanism, Quarterly Journal of Economics, Vol.
84, Issue 3, pp. 488-500.
QUESTÃO:
Quem citou este artigo nos últimos anos?
3.1.4. Como encontrar a Web of
Knowledge no ISEG?
a) Trabalhar num computador da rede do ISEG.
• Limitado a computadores cujo IP address pertença ao ISEG (configurar
proxy).
b) Aceder ao site da Biblioteca.
c) Utilizar o menu de navegação:
Biblioteca Digital
Clicar em Bases de Dados Bibliográficas
4. Arquivos
Os artigos publicados dão uma
imagem real da “fronteira”?
• Resposta: Não!
O processo de publicação em Economia é
muito longo:
- “submissão”
- rejeição
- revisão
- aceitação
- publicação
3,4,5…
anos
Então, qual é a melhor forma de
vislumbrar a “fronteira”?
Resposta: Olhar para trabalhos não publicados.
São os chamados
WORKING PAPERS.
Mas são trabalhos de total
confiança?
Resposta: Não!
Estes trabalhos não foram sujeitos a um
processo de refereeing cuidadoso.
Então, como proceder para
minimizar o risco?
Resposta: Utilizar trabalhos de
autores/instituições com credibilidade.
• Departamentos com investigação de qualidade (e.g., Harvard,
MIT, Chicago, Tilburg, LSE, etc.).
• Séries de working papers com apertado controlo de qualidade
(e.g., NBER, CEPR, OECD, IMF Staff Papers, etc.).
• Investigadores de referência da área (e.g., Cox, Ingersoll, etc.).
Como encontrar esses working
papers?
Resposta: Estão disponíveis na Internet.
4.1. IDEAS
Tem muitas das funções de uma base
referencial dinâmica.
Tem ligações internas ao JStor.
IDEAS  RePEc
http://ideas.repec.org/
4.2. Google Scholar
É semelhante ao IDEAS, mas tem links para
outros materiais (livros, páginas, etc.).
Google Scholar
http://scholar.google.com/
5. Outros Recursos no
ISEG/UTL
Periódicos online
Revistas (adicionais) com acesso
directo online.
Portal com revistas ( 121 de Economia e 160
de Gestão) de “acesso aberto.”.
Base de dados referencial
dinâmica que não se limita à
matemática.
Especialmente para livros, mas ainda
incipiente para Economia.
Concórcio de recursos de bibliotecas de
escolas de Economia.
Dicionário Palgrave de Economia.
Repositórios:
6. Configurar proxy
Como aceder às bases do ISEG a partir
de casa ou do trabalho?
Deverá configurar a proxy do seu browser da seguinte
forma (exemplo para Internet Explorer):
1. Vá a Tools.
2. Escolha Internet Options e carregue no botão LAN settings.
3. Retire o visto em Automatically detect settings, coloque o
visto em Use a proxy server…, preencha Address com
proxy.iseg.utl.pt e Port com 3128, e coloque o visto em
Bypass proxy server…
4. Use o seu login do ISEG para aceder aos sites.

similar documents