Janeiro - Viver Bem

Report
Comece o Ano Novo praticando
Exercícios Físicos
02 de JANEIRO
Entre as famosas promessas de ano novo, fazer exercícios físicos sempre
está na lista. Esse é um desejo que muita gente busca para manter a
forma, conquistar um bom vigor físico ou mesmo afastar os já sentidos
males do sedentarismo. No entanto, a euforia das pessoas tem
duração media de três meses, diz Cibele Assumpção, Educadora Física,
que afirma que o mês de janeiro é um dos mais cheios nas academias.
Cibele comenta que a maioria das pessoas que vão para as academias
no começo do ano pretende eliminar os excessos com a comida e
bebida nas festas de fim de ano. A instrutora diz que há ainda algumas
que já pretendem se preparar para o carnaval, mas poucas se
matriculam pensando nos benefícios para a saúde em longo prazo. “Geralmente as pessoas já entram na
academia perguntando em quantos meses poderão perceber algum resultado. Os “atletas de início de
ano” são muito ansiosos e querem uma mudança física rápida. Sabemos que três meses na academia não
resolve e que o ideal é que se pratique exercícios o ano todo. A escolha da modalidade deve estar ligada
ao prazer de quem pratica. Um check-up médico e o acompanhamento por parte de Professor de
Educação Física também são fundamentais para a obtenção dos melhores resultados. Escolhida a
atividade a ser pratica e mantendo-se a regularidade adequada é só colher os benefícios de um 2013
chego de saúde.
FONTE: Allisson Bacelar
Exercícios Físicos no Verão,
Como devemos praticar.
09 de JANEIRO
O verão exige cuidados com o corpo de forma geral a todos os apaixonados pela prática de atividade física. Porque,
durante a atividade física a temperatura corporal sobe e se subir demais o corpo dá sinais como cãibras, tontura e
desmaio. Lembre-se de que a sudorese é uma defesa do organismo, fundamental para o controle térmico corporal,
mas para uma boa perda do calor, é essencial que o suor evapore da pele, e não simplesmente escorra por ele, por
isso, fazer exercícios e pegar um bronze, sem as vestimentas adequadas, não combina.
•A atividade física ao ar livre deve ser feita em ambiente agradável e bem ventilado, como parques, praças e praias;
• Os horários mais adequados são: início da manhã, até as 10 horas, e após as 16 horas. As altas temperaturas
ambientais potencializam estas condições que podem causar danos à saúde.
• Hidrate-se sempre! Antes, durante e depois da atividade física, além de água também perdemos eletrólitos. É
importante caprichar na hidratação, principalmente à tarde, quando a umidade do ar está mais baixa, o que favorece
a desidratação.
• A alimentação pode, sim, ocorrer antes do exercício, porém quanto mais próxima da hora de exercitar-se menor
deve ser a quantidade ingerida. Devemos também procurar alimentos que sejam fáceis de serem digeridos e tenham
grande concentração de energia.
• O uso do protetor solar é um dos principais aliados da prática de atividades físicas ao ar livre, pois já está mais
que comprovado que a exposição prolongada aos raios solares pode provocar até câncer de pele. Vista-se com roupas
leves e folgadas, de preferência de algodão, que exponham a maior parte do corpo, de preferência de cores claras,
pois absorvem menos o calor e por isso são as mais adequadas.
Atenção especial aos cardiopatas, diabéticos, hipertensos e outros, estes devem tomar uma série de cuidados ao
exercitar-se, independentemente da estação. Procurar a liberação médica e orientação de um educador físico
especializado é importante para adequar a prática da atividade física à sua necessidade, isso vai desde uma simples
caminhada até uma atividade mais intensa.
A prática da atividade física não tem limite de idade e deve ser feita por todos, desde que tenham
condições físicas. Ela melhora nosso sistema cardiovascular, fortalece nosso sistema osteoarticular e
principalmente nossa disposição pela vida. PRATIQUE!!!
FONTE: Carolina Barni Feitosa
Atividade física: pratique essa ideia
16 de JANEIRO
O sedentarismo é um termo aplicado para caracterizar a diminuição do gasto calórico pela ausência ou
redução da prática de atividade física e pode levar à redução da capacidade funcional, à perda da
flexibilidade articular e à hipotrofia de fibras musculares. Hábitos sedentários ou atividades habituais
insuficientes para promover benefícios à saúde podem aumentar a ocorrência de doenças crônicodegenerativas (diabetes, hipertensão, cardiopartias, obesidade etc). A atividade física regular tem relação
inversa com a mortalidade tanto em homens como em mulheres. Além disso, a prática regular diminui os
riscos de doenças cardiovasculares, diabete melitus tipo 2, osteoporose, depressão, obesidade, câncer de
mama, câncer de cólon, quedas em idosos, entre outros. Apesar da unanimidade sobre os benefícios da
atividade física tanto na prevenção primária como na secundária, apenas 32% dos adultos e 66% das
crianças e adolescentes, utilizam seu tempo livre para lazer na prática de atividade física. Neste contexto,
também podemos considerar a baixa adesão na prática da atividade física. Se as crianças e os
adolescentes de hoje serão os adultos de amanhã, poderemos especular que a população sedentária será
consideravelmente maior e, por consequência, os gastos com a saúde também. Assim, a manutenção de
hábitos saudáveis é fundamental para que sua prática seja incorporada no dia a dia. Há consenso que a
atividade física regular é parte integrante dos hábitos de vida saudáveis e sua prática está associada
com benefícios à saúde, bem como, sua irregularidade ou ausência associa-se ao aumento das doenças
crônico-degenerativas.
FONTE: Guilherme Veiga Guimarães
Dicas para conciliar rotina de trabalho
aos exercícios físicos
23 de JANEIRO
Manter o corpo em forma quase nunca é tarefa fácil para quem trabalha e estuda. Em períodos de
quebra de rotina, de trabalho intenso e muita tensão, até mesmo os apaixonados por exercícios precisam
de dose extra de boa vontade para não cair na tentação de boicotar os exercícios físicos. Por conta disso,
é preciso encontrar alternativas que facilitem a prática e garantam a disposição durante a jornada de
trabalho, que muitas vezes é aliada a outra jornada de estudo. Não tem tempo para treinar? O melhor
horário para treinar é aquele que você tem disponível. Mas, lógico, respeitando o ritmo de cada pessoa.
Devemos ter em mente que o mais importante é variar bastante os exercícios para que a repetição não se
torne tediosa. Assim pode-se esperar um melhor desempenho e o músculo não vai acostumar,
respondendo melhor aos estímulos. Exercícios simples, que podem ser feitos em qualquer local, até
mesmo no quarto de casa ou de um hotel, são excelentes opções para combater o sedentarismo. Os mais
comuns, mas que trazem um resultado bem interessante são os agachamentos, os abdominais e as
flexões. Nenhum deles requer pesos ou aparelhos de academias. Caminhada e ciclismo também podem
ser aliados para quem quer perder peso. No entanto, para produzir resultado efetivo, qualquer tipo de
exercício deve ser realizado por no mínimo 30 minutos, três vezes por semana. Não esqueça que
controlar a alimentação e beber bastante água são atitudes que potencializam qualquer prática. E para
driblar a preguiça não existe segredo. Escolha uma atividade que proporcione prazer e se esforce para
encaixá-la na sua rotina diária. Sendo assim, caminhe mais, desça mais distante do ponto de ônibus,
utilize escadas, dance... MEXA-SE!!!
FONTE: Clayton Fagundes
30 de Janeiro
05 dicas para alcançar a postura correta
Manter a postura corporal correta é importante para evitar a dor nas costas ao final do dia e diversas
lesões principalmente na coluna ao longo da vida. Seguem 5 dicas para você alcançar a postura corporal
correta:
• Fique na postura correta pelo menos 10 vezes ao dia, por pelo menos 30 segundos de cada vez;
• Tenha consciência do próprio corpo sempre que notar que está numa má postura, corrija-se;
• Adapte sua casa e seu local de trabalho de modo que a postura fique sempre correta. Por exemplo:
Ajuste a altura da cadeira, da mesa de trabalho, coloque o computador bem na sua frente e na
cozinha, deixe tudo aquilo de precisa perto de si;
• Corrija sua postura nos movimentos mais difíceis do dia a dia para diminuir a pressão sobre suas
vértebras e assim poupar a coluna;
• Ao andar, dirija seu olhar sempre para frente, mantendo o queixo paralelo ao chão e incline muito
ligeiramente seu quadril para frente. Deste modo melhorar a postura ao andar será quase imediato.
Ao seguir estas simples recomendações aos poucos você irá alcançando e permanecendo na postura
correta por mais tempo, diminuindo as chances de desenvolver uma série de alterações e de
compensações em todo o corpo.
FONTE: www.tuasaude.com.br - Marcele Pinheiro (fisioterapeuta)

similar documents