Slide 1

Report
Eficiência Energética de
Veículos Pesados no Brasil
Avanços tecnológicos na indústria automotiva brasileira para
melhoria da eficiência energética de veículos pesados
Brasília 09 de abril de 2013
INTRODUÇÃO
PONTOS PRINCIPAIS
MOTOR
VEÍCULO
INFRAESTRUTURA
REQUISITOS
LEGAIS E DE MERCADO
INTRODUÇÃO
PONTOS PRINCIPAIS
REQUISITOS
LEGAIS E DE MERCADO
PROCONVE
(AMBIENTAL)
SEGURANÇA
VEICULAR
CLIENTE
INTRODUÇÃO
PONTOS PRINCIPAIS
MOTOR
 Tecnologia
 Características de aplicação / combustível





VEÍCULO
Eficiência do conjunto veicular (equipamentos periféricos)
Resistência ao rolamento (pavimento)
Aerodinâmica
Tipos de veículos: Ônibus e caminhões
Aplicações veiculares
MOTOR - EVOLUÇÃO
PROCONVE : Requisito Ambiental
87%
CO
81%
HC
86%
NOx
95%
MP
 até P3 (E I) - Motores naturalmente aspirados
 P4 (E II) - Turbo / Turbo Cooler
 P5 (E III) - Injeção Eletrônica / Combustão do motor
 P7 (E V) - Pós-tratamento (SCR / EGR ) + OBD + diesel de baixo S
REQUISITOS SIMILARES AOS EUROPEUS
Nova etapa na EUROPA em 2014
MOTOR - EVOLUÇÃO
POTÊNCIA
( cv )
 Evolução importante das características do óleo diesel
MOTOR - EVOLUÇÃO
TENDÊNCIAS





Uso de energia / combustíveis renováveis ou alternativos
Biocombustíveis
• biodiesel / biometano / etanol / diesel de cana / etc.
Híbridos;
Elétrico;
Célula de combustível (Fuel Cell);
Gás Natural, etc.
Requisitos Ambientais
 Novas etapas do PROCONVE;
 Harmonização de regulamentos.
PARA ONDE VAMOS ?
VEÍCULO - EVOLUÇÃO
PBT / PBTC
(t)
GANHOEM
EM
GANHO
CAPACIDADE
CAPACIDADE
DECARGA
CARGA
DE
GANHO
GANHO
EM EM
EMISSÕES
EMISSÃO
FROTA - EVOLUÇÃO
IDADE DA FROTA BRASILEIRA DE CAMINHÕES
Até 5 anos
(300.000)
Acima de 20
anos
(650.000)
1.700.000 unidades
Média = 17,9 anos
18%
38%
Cerca de 300.000 caminhões
com idade acima de 30 anos
De 6 a 20 anos
(750.000)
44%
13.9
14.7
15.6
16.2
17.1
17.9
18.6
19.2
Renovação da frota:
uma necessidade.
20.1
20.8
21.9
22.8
8 – 10
anos
VEÍCULO - EVOLUÇÃO
Distribuição do Consumo de Energia
Resistência
de Rolagem
25,2%
Frenagem
7,5%
Equipos
Auxiliares
4,6%
Trem
Força
6,5%
Resistência
Aerodinâmica
53,8%
Freio Motor
2,4%
Arrefecimento
0,5%
Alternador
0,9%
Compressor
Ar
2,3%
Bomba
Direção
Compressor
Ar Condicionado
OBS: Veículo E5/P7 (28t) – (caminhão trator + carreta) / uso em rodovia
Fonte: Reduction and Testing of Greenhouse Gas Emissions from Heavy Duty Vehicles - LOT 2
0,7%
0,2%
VEÍCULO - EVOLUÇÃO
RESISTÊNCIA AERODINÂMICA
Fator importante para veículos de
aplicação rodoviária (> velocidade)
TRÁFEGO CONGESTIONADO x CONSUMO
Litros/100km –Veículo de 40t a 50km/h
84
52
28
(Fonte VDA)
VEÍCULO - EVOLUÇÃO
RESISTÊNCIA DE ROLAGEM
 tipos de pavimento;
 tipo/marca/modelo de pneus;
 pressão de enchimento dos pneus.
2012
PAVIMENTO
QUILOMETRAGEM
%
ÓTIMO
46.890
49,0
BOM
4.836
5,1
REGULAR
31.944
33,4
RUIM
8.272
8,6
PÉSSIMO
3.765
3,9
TOTAL
95.707
100,0
OBSERVAÇÃO: Extensão total das rodovias ~ 1,6 milhões de quilômetros
Pavimentadas: ~13,5% ( 214.414 km)
Não Pavimentadas: ~ 86,5% ( 1.366.578 km)
Rodovias pesquisadas abrangem toda a malha rodoviária federal pavimentada, os principais trechos de rodovias estaduais pavimentadas e concedidas.
Fonte: Pesquisa CNT 2012
VEÍCULO / INFRAESTRURA
Logística, sistemas, BRT com vistas à eficiência energética
TRANSPORTAR 10.000 pessoas por 1 km:
Passageiros
(unidades)
Veículos
(unidades)
Área Ocupada
(m2)
Combustível
(litros)
25
400
8800
120
100
100
3400
50
175
57
2850
35
270/300
37
2370
26
BRT: Bus Rapid Transit
VEÍCULO / INFRAESTRURA
FATOR DE CARGA / REALIDADE BRASILEIRA
 Composições maiores :
bitrem, rodotrem,
treminhão, bitrenzão.
VEÍCULO / INFRAESTRURA
APLICAÇÕES ADEQUADAS
CONCLUSÃO
INFRAESTRUTURA
MOTOR
VEÍCULO
ESTRADAS
COMBUSTÍVEIS
AERODINÂMICA
EMISSÕES
ROLAGEM
HÍBRIDOS / ELÉTRICO , etc.
FRENAGEM / EQUIP. AUXILIARES, etc.
APLICAÇÕES ADEQUADAS
TREINAMENTO
OPERADOR
EFICIÊNCIA
ENERGÉTICA
RENOVAÇÃO
DA FROTA
GERENCIAMENTO
DE FROTA
CUSTOS
CLIENTE

similar documents