Biomas da Terra

Report
Estrutura da Terra
Estrutura da Terra
Pangéia
.
Grandes Biomas do mundo
Biomas da Terra
-Conjunto de ecossistemas terrestres com fisionomia
típica (clima, relevo e vegetação), em que predomina
determinado clima
Cobertura vegetal
Terrestre
Áreas da Terra que
sofreram
ações antrópicas
(humanas)
TUNDRA
• A Tundra é uma vegetação
proveniente do material orgânico
que aparece no curto período de
degelo durante a estação
"quente" das regiões de clima
polar.
• As espécies vegetais se
reproduzem rapidamente e
suportam baixas temperaturas,
principalmente musgos e
líquens, gramíneas e pequenos
arbustos.
• Aparece em regiões como o
Norte do Alasca e do Canadá,
Groenlândia, Noruega, Suécia,
Finlândia e Rússia (Sibéria).
TAIGA
FLORESTAS DE CONÍFERAS
• A Taiga, também conhecida
como Floresta de Coníferas ou
Floresta Boreal, localiza-se
exclusivamente no Hemisfério
Norte.
• Encontra-se em regiões de clima
frio e com pouca umidade.
• Distribui-se nas áreas da
América do Norte, Europa e
Ásia.
• As espécies vegetais, como
árvores coníferas, apresentam
folhas persistentes ao inverno
rigoroso , diminuição do
metabolismo em razão da seca
fisiológica e adaptação à
sobrevivência da espécie até a
estação mais quente.
FLORESTAS TEMPERADAS
DECÍDUAS
• As regiões temperadas
localizam-se nas latitudes
médias, principalmente entre
os trópicos e os círculos
polares, ocupando a maior
parte da zona temperada do
Norte.
• As Florestas Temperadas são
encontradas nos Estados
Unidos, na Europa Ocidental,
na China, na Coréia e no
Japão.
FLORESTAS TEMPERADAS
DECÍDUAS
• Caracteriza-se pela presença
de inúmeras espécies de
árvores como carvalhos,
sequóias, pinheiros, cedros,
faias, sobreiros (dos quais se
extrai a cortiça), etc.
• No outono as folhas adquirem
coloração típica, do vermelho
ao castanho, passando pelo
alaranjado, dourado e cobre.
• As folhas caem e cobrem o
solo com espessa camada de
matéria orgânica, que permite o
desenvolvimento de musgos.
FLORESTAS TROPICAIS
• Características Gerais:
• Solo com cobertura de húmus (de
30 a 50 cm), proveniente da
decomposição de folhas, frutos,
fezes e cadáveres de animais
mortos;
• Presença de sombra ;
• Umidade elevada em função do
alto índice pluviométrico (média
de 1300 mm de chuvas por ano);
• Calor quase o ano todo, com
temperaturas médias anuais de
20° C.
BIODIVERSIDADE
• As Florestas Tropicais do Equador,
Colômbia e Peru guardam a maior
riqueza do Planeta.
Wilson, 1994
SAVANAS E DESERTOS
Biomas brasileiros
Biomas Brasileiros
CAATINGA
• Caatinga (do Tupi-Guarani: caa
(mata) + tinga (branca) = mata
branca)
• É o único bioma exclusivamente
brasileiro, o que significa que
grande parte do seu patrimônio
biológico não pode ser encontrado
em nenhum outro lugar do planeta.
• A caatinga engloba, de forma
contínua, parte dos estados do
Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande
do Norte, Paraíba, Pernambuco,
Alagoas, Sergipe, Bahia e parte do
norte de Minas.
CERRADO
• Cerrado é uma savana que ocorre no
Brasil e em partes do Paraguai e
Bolívia.
• Exibe uma enorme biodiversidade
vegetal e animal, patrimônio ameaçado
pelo crescimento das monoculturas,
como o cultivo de soja, a pecuária
extensiva, a carvoaria e o
desmatamento.
• É o segundo maior bioma brasileiro,
estende-se por uma área que abrange
nove estados do Brasil Central: São
Paulo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins,
Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato
Grosso do Sul, Piauí e o Distrito
Federal.
PAMPAS OU
CAMPOS
 Pampa é um nome
genericamente dado à
região pastoril de
planícies com coxilhas,
entre o estado
brasileiro do Rio
Grande do Sul, as
províncias argentinas
de Buenos Aires, La
Pampa, Santa Fé,
Entre Ríos e Corrientes
e a República Oriental
do Uruguai.
PANTANAL
 O Pantanal é uma das maiores
extensões úmidas contínuas do
planeta e está localizado no centro
da América do Sul, na bacia
hidrográfica do Alto Paraguai.
 65% de seu território encontra-se no
estado de Mato Grosso do Sul e 35%
no Mato Grosso.
 A região é uma planície pluvial
influenciada por rios que drenam a
bacia do Alto Paraguai, onde se
desenvolve uma fauna e flora de
rara beleza e abundância,
influenciada por quatro grandes
biomas: Amazônia, Cerrado, Chaco e
Mata Atlântica
FLORESTAPLUVIAL
COSTEIRA
A Mata Atlântica
é uma
formação vegetal brasileira que
acompanha o litoral do país, do
Rio Grande do Sul ao Rio Grande
do Norte.
 Em função do desmatamento,
principalmente a partir do século
XX, encontra-se hoje
extremamente reduzida, sendo
uma das Florestas Tropicais mais
ameaçadas do globo.
 Apesar de reduzida a poucos
fragmentos, na sua maioria
descontínuos, a biodiversidade
de seu ecossistema é uma dos
maiores do planeta.
FLORESTA AMAZÔNICA
• A Floresta Amazônica é uma
região da América da Sul definida
pela bacia do rio Amazonas e
coberta em grande parte por
Floresta Tropical (Floresta
Equatorial).
• 60% de sua cobertura vegetal é em
território brasileiro.
• A magnitude da biodiversidade
brasileira não é conhecida com
precisão, estimando-se a existência
de mais de dois milhões de
espécies distintas de plantas,
animais e microrganismos.
Dias, 1996
MANGUE
• O mangue é um
ecossistema particular, que
se estabelece nas regiões
tropicais de todo o globo.
• Origina-se a partir do
encontro das águas doce e
salgada, formando a água
salobra.
• Este ambiente apresenta
água com salinidade
variável, sendo exclusivo
das regiões costeiras.
MANGUE
•
•
•
Os manguezais são conhecidos
como berçários, porque existe
uma série de animais que se
reproduzem nestes locais.
Ao contrário de outras florestas,
os manguezais não são muito
ricos em espécies, porém se
destacam pela grande abundância
das populações que neles vivem.
Possui vegetação típica, que
apresenta uma série de
adaptações às condições
existentes nos manguezais.
MATA DOS COCAIS
•
•
•
A Mata dos Cocais é uma floresta
de transição, situada na região do
nordeste brasileiro, entre a
caatinga, o cerrado e a Floresta
Amazônica. Encontramos esta
formação florestal, principalmente
no norte dos estados do
Maranhão e Piauí.
As vegetações típicas da Mata
dos Cocais são: babaçu (em
maior quantidade), carnaúba,
oiticica e buriti.
No extrato mais baixo da mata,
encontramos diversas espécies
de arbustos e vegetações de
pequeno porte
FLORESTA OMBRÓFILA MISTA
•
•
Este bioma é conhecido como
Mata de Araucária possui uma
grande riqueza de epífitas
vasculares: bromélias, orquídeas,
pteridófitas, piperáceas e muitas
outras espalhadas pela Serra do
Mar, na região de mata pluvialtropical e nos capões de campos
dos planaltos do interior.
É um dos ecossistemas mais ricos
em relação à biodiversidade de
espécies animais, contando com
indivíduos endêmicos, raros,
ameaçados de extinção e
espécies migratórias.
CURIOSIDADE: Carl Friedrich Philipp von Martius (1794-1868) foi um
importante pensador do século XIX; seus estudos abrangem as áreas de
botânica, etnografia, folclore e história. Recebera da Academia de Ciências da
Baviera, juntamente com Baptiste von Spix (1781-1826), a responsabilidade de
pesquisar as províncias mais importantes do Brasil para formação de coleções
de plantas, animais e minerais.
Foi neste contexto que Martius desenvolveu o seu sistema de classificação dos
principais conjuntos de vegetação do Brasil, o qual era composto por cinco
províncias de vegetação distribuidas geograficamente: Nayades (Província das
Florestas Amazônicas), Dryades (Província das Florestas Costeiras ou
Atlânticas), Hamadryades (Província das Caatingas do Nordeste), Oreades
(Província dos Cerrados) e Napaeae (Província das Florestas de Araucária e dos
Campos do Sul).

похожие документы