Formation du 24 janvier 2005

Report
Programa Integrado de Duplo Diploma
UNESP – INSA
Reunião Prograd/SP
1/3/2012
DD UNESP-INSA
 O que é o programa DD UNESP-INSA
 O que é o INSA
 Programa AMERINSA
 A formação matemática no INSA-Lyon
 Acordo UNESP-INSA
 1o semestre na UNESP e Processo seletivo
 Curso complementar de Matemática
 Possibilidades de intercâmbio de docentes
2
O Programa DD UNESP-INSA
 Possibilidade de Dupla Diplomação
 Realização dos estudos no Brasil e na França
para obtenção de um duplo diploma – da
UNESP e do INSA
 Os alunos selecionados para o programa
receberão bolsas de estudos e passagens para
as estadias na França
 Seleção de Estudantes dos cursos de Engenharia
da UNESP, ingressantes em 2012
 Durante o 1o semestre na UNESP
3
O Programa DD UNESP-INSA
 Organização da formação (6 anos)
3 semestres do
ciclo básico
4
Grupo INSA
 Grupo de Institutos Nacionais de Ciências Aplicadas
 5 “Grandes Escolas” públicas situadas nas capitais:
Strasbourg, Lyon, Rennes, Rouen, Toulouse
 ~10% dos engenheiros formados na França
 Estabelecimentos de ensino superior autônomos,
em geral, distintos das Universidades
 Formação Francesa de Engenharia, reconhecida
internacionalmente, conduz ao Diploma de
Engenheiro e confere o grau de Master (5o ano em
Pesquisa)
http://www.insa-france.fr/
5
Grupo INSA
 Programa de 5 anos:
 Base de ensinos fundamentais em ciências e tecnologia
para o engenheiro
 Especialidades cobrindo as áreas da Engenahria
 Ensino de Ciências Humanas (comunicação, línguas e
culturas, economia e gestão, desporto, etc.)
 3 estágios em empresas/indústrias (de 28 a 37 semanas)
 7 grandes áreas de formação
 Programas Internacionais – INSA de Lyon:
AMERINSA
http://amerinsa.insa-lyon.fr/
6
INSA-Lyon: AMERINSA
 Programa INSA para América Latina
 Criado em 2000
 75 estudantes por ano: 50% francês + 50%
estudantes da América Latina
 Ensino + Projetos + Estágios internacionais
 Formação em 2 ciclos: básico (2 anos) e
específico (2 anos)
http://amerinsa.insa-lyon.fr/
7
AMERINSA – 1o ciclo
8
AMERINSA – 1o ano do ciclo I
9
AMERINSA – 1o ano do ciclo I
•
•
•
Formação em Matemática
116 h de curso + 108 de TD = 224 h  7,5h por
semana (30 semanas no ano)
Estrutura da disciplina: “cours + TD”
– uma parte de “Curso” (aulas teóricas) e outra destinada
aos trabalhos dirigidos (TD), para exercícios e
aplicações.
– Depois das aulas do “Curso”, o estudante deve revisar o
que foi apresentado e fazer exercícios que serão,
posteriormente, discutidos ou corrigidos nas sessões
de TD
10
Formação matemática
 Diferenças importantes de cultura escolar, em
particular em Matemática
 Diferenças importantes nos currículos de
Matemática do Ensino Médio
 Diferenças importantes de abordagem e
metodologias de ensino
Desafio: preparar,
 …
o melhor possível, nossos alunos
para participar do programa
11
INSA-Lyon
 Em 2010-2011:
 8 estudantes brasileiros
 2 aprovados, 1 autorizado a refazer o 1o
ano, 2 desistentes no final do 1o semestre,
3 reprovados
 Em 2011-2012:
 11 estudantes brasileiros
 Primeiro exame: média 4.8 (em 20)
12
Visita ao INSA-Lyon
•
Depoimentos de Professores de Matemática do
INSA-Lyon
– Mais que os conteúdos em si, a principal
dificuldade dos alunos brasileiros refere-se ao
hábito de estudo. Me parece que é um choque para
os brasileiros quando chegam e percebem que
terão que estudar fora do horário das aulas e de
forma contínua.
– A principal dificuldade que vejo nos estudantes
brasileiros é a falta de base em Matemática em
relação ao “raciocínio matemático”. Essa forma de
“pensar matematicamente”, analisando os
diferentes casos, conhecendo minimamente os
diferentes métodos de prova, me parece ser muito
novo para eles…
13
Visita ao INSA-Lyon
•
Depoimentos de Alunos brasileriros o 1o ano do ciclo I
–
–
–
–
–
Não tivemos muitos conteúdos do Ensino Médio. Cálculo,
por exemplo. Os alunos franceses já viram derivada e
integral antes de entrar aqui.
Aqui é bem mais rigoroso. No Brasil, o simbolismo não é
muito importante, mas aqui é. Nós somos mais práticos,
queremos mais aplicações e eles são mais teóricos…
As aulas de Matemática são muito diferentes… Tem
diferença no jeito de escrever, de responder, tem que
formalizar!
Aqui eu não faço nada, só estudo! A carga horária é alta,
as aulas são pesadas, e quando acaba a aula, a gente vai
comer e depois tem que estudar.
A metodologia é muito diferente. Na aula não tem espaço
para exercícios e o TD é só para corrigir. Você tem que
correr atrás para estudar. Não adianta chegar no TD sem
ter feito os exercícios, ou pelo menos tentado…
14
1o semestre na UNESP
 Além das disciplinas regulares do
curso
+ uma formação complementar em
Matemática (4h/semana)
+ um curso de Francês
 Módulo complementar priorizando o
estudo de tópicos da lógica matemática e
demonstrações matemáticas nos campos
da Álgebra (Teoria dos Números),
Geometria Euclidiana e Análise
15
O Processo seletivo
 19 vagas para UNESP (1 estudante de cada
curso de Engenharia da UNESP)
 Primeira prova: final de abril / início de maio
 Sob a responsabilidade da UNESP
 Segunda prova: início de junho
 Em colaboração: proposta inicial do INSA (2
questões: um “problema” sobre estudo de funções
(até derivada) e uma questão envolvendo outro
tópico trabalhado (números complexos e séries, p.
ex.)
16
Cronograma Inicial
 Junho: Confirmação dos alunos selecionados
 Agosto: Escola de Verão
 Setembro: início do curso na França (2o semestre para os alunos
da UNESP e 1o semestre do ciclo básico na França)
17
O módulo de Matemática
•
Tópicos principais
– Teoria dos conjuntos
– Lógica Matemática
– Demonstração em Matemática
– Números reais e Números Complexos
– Seqüência de números reais
– Funções: limite, continuidade, derivada
(CDI)
– Cálculo Vetorial (GA, AL, ALCV...)
18
O módulo de Matemática
• Material de Apoio
• Site e-maths
www.insa-lyon.fr/emaths
19
O módulo de Matemática
• Uma organização comum?
• Uma bibliografia comum?
• Discutir algumas especificadades:
– Cursos que não tem a disciplina de ALCV
– O trabalho na disciplina de CDI e possíveis
complementos
20
Módulos do site emaths
21

similar documents