Slide 1 - Sistema Ocepar

Report
Plano Agrícola e Pecuário
2014 / 2015
Evento: “Fórum de Mercado”, promovido pelo Sistema Ocepar
Wilson Vaz de Araújo
Diretor de Economia Agrícola
SPA/Mapa
Maringá – PR, 4 de junho de 2014
BRASIL
Ranking Mundial em 2013
Produtos
Produção Exportação
Número de Exportações
Países
US$ Bilhões
Açúcar
1º
1º
132
11,8
Café
1º
1º
129
5,3
Suco de Laranja
1º
1º
74
2,3
Soja em Grão
2º
1º
42
22,8
Carne Bovina
2º
1º
143
6,7
Carne de Frango
3º
1º
145
7,5
Óleo de Soja
3º
2º
47
1,4
Farelo de Soja
3°
2º
60
6,8
Milho
3°
1°
76
6,3
Carne Suína
4º
4º
72
1,4
Fonte: SRI / Mapa
BRASIL
Produção e Área plantada de grãos
Área
Produção
200.0
188.6
Produção (milhões de t): + 97,5%
162.8
144.1
123.2
131.8
119.1
191.2
166.2
149.3
135.1
122.5
114.7
96.8
Área (milhões de ha): + 43%
40.2
43.9
47.4
49.1
47.9
46.2
47.4
47.7
47.4
49.9
50.9
53.6
2001/02
2002/03
2003/04
2004/05
2005/06
2006/07
2007/08
2008/09
2009/10
2010/11
2011/12
2012/13
Fonte: Conab
56.4
58.0
2013/14 2014/15 (¹)
Área em milhões de ha e produção em milhões de t
BRASIL
Produção do Complexo Carnes
Crescimento
Avicultura: + 70 %
Bovinocultura: + 19 %
Suinocultura: + 24 %
12,691
9,753
8,173
7,449
3,553
2,872
AVICULTURA DE CORTE
2002
2003
Fonte: Conab
2004
2005
2006
2007
2008
2009
2010
2011
BOVINOS
2012
SUÍNOS
2013*
2014*
Em milhões de t
CRÉDITO RURAL
Programação e Aplicação de Recursos
180
160
156
140
136
123
127
120
115
100
93
80
66
60
58
40
18
20
0
16
01/02
02/03
03/04
04/05
05/06
06/07
07/08
08/09
Comparativo: Julho/12 a Abril/13 x Julho/13 a Abril/14
Fonte: SPA / Mapa
09/10
10/11
11/12
Programação
12/13
13/14
14/15
Aplicação
Valores nominais em bilhões R$
PRONAMP
Programação e Aplicação de Recursos
18
16.6
16
14
13.2
12
13.2
11.3
11.2
10
9.9
8
6
4
2
0
0.6
0.8
01/02
02/03
03/04
04/05
05/06
06/07
07/08
08/09
09/10
Comparativo: Julho/12 a Abril/13 x Julho/13 a Abril/14
Fonte: SPA / Mapa
10/11
11/12
Programação
12/13
13/14
14/15
Aplicação
Valores nominais em bilhões R$
Financiamento a cooperativas
FINANCIAMENTOS RURAIS - COOPERATIVAS
R$ milhões
Finalidade
2010
2011
2012
2013
Custeio
7.492,3
10.078,0
10.404,4
12.157,3
Investimento
1.648,6
2.833,7
1.844,9
3.681,9
Comercialização
2.178,3
2.268,5
2.382,7
4.116,3
Total
11.319,2
15.180,2
14.631,9
19.955,5
Fonte: BACEN - Anuário Estatístico do Crédito Rural
Elaboração: DEAGRI/SPA/MAPA
PAP 2014 / 2015
INVESTIMENTO E SEGURANÇA
PARA O AGRONEGÓCIO CONTINUAR CRESCENDO
Mais recursos para custeio, comercialização e investimento
Melhores condições de acesso ao crédito
Atualização dos preços mínimos de vários produtos
Atenção especial ao médio produtor
Mais incentivos para infra-estrutura, logística, irrigação,
inovação e desenvolvimento sustentável
Transferência da Política Agrícola de Florestas Plantadas
para o Mapa
Volume de Recursos
R$ 156,1 bilhões
Aumento de 14,7%
R$ 132,6 bilhões
Juros controlados
R$ 23,5 bilhões
Juros livres
Expectativa de produção de grãos na Safra 2014/15
200 milhões de toneladas
Aumento de 4,6%
Volume de Recursos
Finalidade
Safra 2013/14
Safra 2014/15
- Custeio
1. Juros Controlados
1.1 Equalizado
2. Não controlados
97,6
82,2
29,4
15,4
112,0
89,0
34,1
23,0
- Investimento
1. Juros Controlados
1.1 Equalizado
2. Não controlados
Total
38,4
38,1
29,1
0,3
136,0
44,1
43,7
30,1
0,5
156,1
Programas de Investimento para Cooperativas
PLANO AGRÍCOLA E PECUÁRIO
R$ milhões
Programas
2011/2012 2012/2013 2013/2014 2014/2015
Prodecoop
2.000,0
2.000,0
350,0
1.250,0
Procap-Agro
2.000,0
3.000,0
3.240,0
3.050,0
.Capital de Giro
1.000,0
2.000,0
2.549,5
2.550,0
.Quotas partes
1.000,0
1.000,0
690,5
500,0
PCA(1)
0
0
1.750,0
1.750,0
Total
4.000,0
5.000,0
5.340,0
6.050,0
Fonte: MAPA/MF
Nota: (1) Total de recursos programados para o PCA = R$3,5 bilhões.
Estima-se que no mínimo 50% deste montante (R$1,75 bi) será contratado pelas cooperativas.
Taxa de juros
(% ano)
Finalidades
2013/14
2014/15
Custeio e Comercialização
5,5
6,5
Médio Produtor (Pronamp)
4,5
5,5
Funcafe
5,5
6,5
5,5
3,5
4,5 e 5,0
4,5 e 6,0
4,5 e 6,0
4,5
5,5
4,5 e 6,0
4,0
4,5 e 5,0
4,5 e 6,0
5,0
5,5
6,5
6,5
5,5
7,5
6,5
3,0(*)
4,5 a 7,5(*)
Investimentos
 Moderfrota (reativar)
 Irrigação/Inovação/ Armazenagem
 Programa ABC
 PSI – Rural
Cerealistas
 Médio Produtor (Pronamp)
 Outros investimentos
Cooperativas
 Capital de giro (Procap-Agro)
 Investimento (exceto armazéns)
Fundos Constitucionais
Taxa Selic: abril/13: 7,5% abril/14: 11,0%
(*) já considerados bônus de 15% por adimplência.
Elab.: SPA / Mapa (maio/2013)
Custeio Agrícola e Pecuário
Limite/produtor: aumento
de 10%
Custeio: de R$ 1 milhão/safra para R$
1,1 milhão/safra
Comercialização: de R$ 2 milhões para R$
2,2 milhões
O valor do custeio pode ser ampliado em até 45%
com reserva legal e APP, seguro agrícola e de preços, plantio
direto, rastreabilidade, produção orgânica ou adesão ao CAR.
Médio
Produtor Rural
PRONAMP
Médio Produtor Rural
Volume de Recursos: R$
16,7 bilhões (+26,5%)
Limite de Financiamento:
Custeio: R$
660 mil (+10%)
Investimento: R$ 385 mil (+10%)
Apoio à
comercialização
Apoio à Comercialização e Formação de Estoques
Proposta de Orçamento
2015 (OOC)
Todos os produtos
Aquisição
Equalização de Preços
Fonte: SPA / Mapa
R$ bilhão
5,6
2,5
3,1
Seguro Rural
Seguro Rural
Recursos para Subvenção ao
Prêmio do Seguro Rural (R$ milhões)
ANO
Fonte: SPA / Mapa
Valor programado
2013/14
700,0
2014/15
700,0
Proagro e Seguro Rural
Postergar para 1° de julho de 2015 a
obrigatoriedade Seguro Rural das operações
de custeio agrícola contratadas
Aperfeiçoamento dos produtos ofertados
Revisão do Zoneamento Agroclimático e das
áreas prioritárias
Ajustes e melhorias
Grupos de Trabalho
Harmonização de registros cartorários e ajustes de
normativos dos títulos do Agronegócio
Criação de Grupo de Trabalho composto por
representantes do MAPA, MF e MJ, para equacionar
problemas relacionados à harmonização de
procedimentos e de custos de registros cartorários
relacionados a contratos do agronegócio (CCB, CPR etc)
Criação de Grupo de Trabalho composto por
representantes do MAPA, MF e MP para ajustes em
normativos dos títulos do agronegócio
Crédito de comercialização para
produtores de sementes
O limite de financiamento para
comercialização de sementes passa a ser de
R$ 25 milhões/beneficiário, tendo
como referência o Preço de Mercado
Custeio Pecuário
Admitir financiamento para a aquisição de animais
para engorda em sistema de confinamento
Admitir o financiamento de retenção de matrizes,
no âmbito, dos Recursos Obrigatórios, de maneira
a se evitar o descarte precoce das mesmas e,
conseqüentemente, o comprometimento da oferta
de animais para abate no médio e longo prazo,
com prazo de até 3 anos para pagamento
Programas de Investimento
MODERFROTA
Reativar o programa com as mesmas taxas do PSI – Rural, que
são de 4,5% e 6%. Com isso o Programa volta a financiar
máquinas novas.
Montante de recursos: R$ 3,5 bilhões
PROGRAMA ABC
Elevar o limite de financiamento de R$ 1 milhão para
R$ 2 milhões/beneficiário/ano
PROCAP-AGRO
Aumento de 20% no limite de financiamento para Capital de
Giro, passando para R$ 60 milhões por cooperativa/ano/safra
Programas de Investimento
MODERINFRA
Aumentar o limite de R$ 1,3 milhão (individual) e R$ 4 milhões
(coletivo) para até R$ 2 milhões (individual) e até R$ 6 milhões
(coletivo) para projetos de infraestrutura elétrica e para a
reservação de água, além dos sistemas de irrigação, na(s)
propriedade(s)
Aquisição de Matrizes e Reprodutores
Aumentar o limite de financiamento para R$ 1 milhão por
beneficiário, ao amparo de Recursos Obrigatórios, para a
aquisição de matrizes e reprodutores.
Prazo para pagamento: 5 anos, incluindo 2 anos de carência
WILSON VAZ DE ARAÚJO
[email protected]
Fone: (61) 3218-2167/3223-5909
Plano Agrícola e Pecuário
2014 / 2015

similar documents