Libido - GO

Report
INTERNATO DE GINECOLOGIA
INTERNA: ALINE SANTANA DE SOUZA
ORIENTADOR: DR. ANTÔNIO CHAMBÔ FILHO
TEORIA DA CASTRAÇÃO
A LIBIDO
ABORDAGEM
MENSAGEM FINAL
QUESTÕES DE RESIDÊNCIA
1908
ANGÚSTIA
DA
CASTRAÇÃO
COMPLEXO
DA
CASTRAÇÃO
FREUD, S. Análise de uma fobia em um menino de cinco anos. 1909. In: Obras psicológicas completas. Ed. Standard
Brasileira (ESB). Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. X.
ANGÚSTIA DA CASTRAÇÃO
FREUD, S. A organização genital infantil (Uma Interpolação na Teoria da Sexualidade). 1923. In: Obras psicológicas
completas. Ed. Standard Brasileira (ESB). Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. XIX, p.158.
NASIO, J.-D. Lições Sobre Sete Conceitos Cruciais da Psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1997.
COMPLEXO DA CASTRAÇÃO
FREUD, S. A organização genital infantil (Uma Interpolação na Teoria da Sexualidade). 1923. In: Obras psicológicas
completas. Ed. Standard Brasileira (ESB). Rio de Janeiro: Imago, 1996, v. XIX, p.158.
NASIO, J.-D. Lições Sobre Sete Conceitos Cruciais da Psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1997.
TEORIA DA CASTRAÇÃO
A LIBIDO
ABORDAGEM
MENSAGEM FINAL
QUESTÕES DE RESIDÊNCIA
ATRAÇÃO
VÍNCULO
ENVOLVIMENTO
ATRAÇÃO
VÍNCULO
CARMITA ABDO, MÉDICA PSIQUIATRA. LIVRE DOCENTE E PROFESSORA ASSOCIADA DO DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE
SÃO PAULO (FMUSP). FUNDADORA E COORDENADORA DO PROGRAMA DE ESTUDOS EM SEXUALIDADE (PROSEX) DO INSTITUTO DE PSIQUIATRIA (IPQ) DO HOSPITAL DAS
CLÍNICAS DA FMUSP. MEMBRO DA INTERNATIONAL SOCIETY FOR SEXUAL MEDICINE (ISSM).
INICIAÇÃO
SEXUAL X
CASAMENTO
AUSÊNCIA DE
DESEJO
HOBBIE E SEXO
PICO DA
TESTOSTERONA
REMEDINHO
CARMITA ABDO, MÉDICA PSIQUIATRA. LIVRE DOCENTE E PROFESSORA ASSOCIADA DO DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE
SÃO PAULO (FMUSP). FUNDADORA E COORDENADORA DO PROGRAMA DE ESTUDOS EM SEXUALIDADE (PROSEX) DO INSTITUTO DE PSIQUIATRIA (IPQ) DO HOSPITAL DAS
CLÍNICAS DA FMUSP. MEMBRO DA INTERNATIONAL SOCIETY FOR SEXUAL MEDICINE (ISSM).
PESQUISA MOSAICO BRASIL , 2008 .PROSEX (PROGRAMA DE ESTUDOS EM SEXUALIDADE DA USP - UNIVERSIDADE DE SÃO
PAULO)
CONCEITO
LIBIDO (DO LATIM, SIGNIFICANDO "DESEJO" OU "ANSEIO")
 DESEJO SEXUAL
 ENERGIA PSÍQUICA QUE, SEGUNDO FREUD, PROVÉM DO
INSTINTO SEXUAL E DETERMINA TODA A CONDUTA DA
VIDA DO HOMEM
 ENERGIA VITAL, EM TERMOS GENÉTICOS, SEGUNDO JUNG
E OUTROS, SEM LIGAÇÃO COM O IMPULSO SEXUAL
Michaelis moderno dicionário da língua portuguesa, 3. Ed. 4.,São Paulo : Melhoramentos, 2009, 951 p.
“DOUTOR, ESTOU COM
UNHA ENCRAVADA, O
QUE O SENHOR ME
RECOMENDA ”
JUSTIFICATIVA
OBJETIVOS
MÉTODOS
RESULTADOS
Chang, S.-R., Chen, K.-H., Lin, H.-H. and Yu, H.-J. (2011), Comparison of Overall Sexual Function, Sexual Intercourse/Activity,
Sexual Satisfaction, and Sexual Desire During the Three Trimesters of Pregnancy and Assessment of Their Determinants.
Journal of Sexual Medicine, 8: 2859–2867. doi: 10.1111/j.1743-6109.2011.02420.x
JUSTIFICATIVA
OBJETIVOS
MÉTODOS
RESULTADOS
Serati, M., Salvatore, S., Siesto, G., Cattoni, E., Zanirato, M., Khullar, V., Cromi, A., Ghezzi, F. and Bolis, P. (2010), Female
Sexual Function during Pregnancy and after Childbirth. Journal of Sexual Medicine, 7: 2782–2790. doi: 10.1111/j.17436109.2010.01893.x
DISFUNÇÃO SEXUAL
“PERTURBAÇÃO NOS PROCESSOS QUE CARACTERIZAM O CICLO DE RESPOSTA SEXUAL
OU POR DOR ASSOCIADA COM O INTERCURSO SEXUAL”
46% DAS MULHERES
DESEJO
EXCITAÇÃO
APENAS
10% TÊM DESEJO SEXUAL
ESPONTÂNEO
ORGASMO
RESOLUÇÃO
CARMITA ABDO, MÉDICA PSIQUIATRA. LIVRE DOCENTE E PROFESSORA ASSOCIADA DO DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE
SÃO PAULO (FMUSP). FUNDADORA E COORDENADORA DO PROGRAMA DE ESTUDOS EM SEXUALIDADE (PROSEX) DO INSTITUTO DE PSIQUIATRIA (IPQ) DO HOSPITAL DAS
DSM-IV-TR, 2002
CLÍNICAS DA FMUSP. MEMBRO DA INTERNATIONAL SOCIETY FOR SEXUAL MEDICINE (ISSM).
FASES DE RESPOSTA SEXUAL
DISFUNÇÃO SEXUAL
NATUREZA
• AO LONGO DA
VIDA
CONTEXTO
• GENERALIZADO
• SITUACIONAL
• ADQUIRIDO
ETIOLOGIA
• FATORES
PSICOLÓGICOS
• FATORES
COMBINADOS
DSM-IV-TR, 2002
JUSTIFICATIVA
OBJETIVOS
MÉTODOS
RESULTADOS
Hayes, R. D., Bennett, C. M., Fairley, C. K. and Dennerstein, L. (2006), ORIGINAL RESEARCH—EPIDEMIOLOGY: What can
Prevalence Studies Tell Us about Female Sexual Difficulty and Dysfunction?. Journal of Sexual Medicine, 3: 589–595. doi:
10.1111/j.1743-6109.2006.00241.x
DISFUNÇÃO SEXUAL
DIAGNÓSTICOS DIFERENCIAIS
 DISFUNÇÃO SEXUAL NÃO CAUSADA POR TRANSTORNO OU DOENÇA ORGÂNICA
 AUSÊNCIA OU PERDA DO DESEJO SEXUAL, FRIGIDEZ ,TRANSTORNO HIPOATIVO DO
DESEJO SEXUAL
 AVERSÃO SEXUAL E AUSÊNCIA DE PRAZER SEXUAL ANEDONIA (SEXUAL)
 FALHA DE RESPOSTA GENITAL (DISFUNÇÃO DE EREÇÃO, NO HOMEM)
 DISFUNÇÃO ORGÁSMICA, ANORGASMIA PSICOGÊNICA, INIBIÇÃO DO ORGASMO (NA
MULHER, NO HOMEM)
 EJACULAÇÃO PRECOCE
 VAGINISMO NÃO ORGÂNICO, VAGINISMO PSICOGÊNICO
 DISPAREUNIA NÃO ORGÂNICA, DISPAREUNIA PSICOGÊNICA
 APETITE SEXUAL EXCESSIVO, NINFOMANIA SATIRÍASE
 OUTRAS DISFUNÇÕES SEXUAIS NÃO DEVIDAS A TRANSTORNO OU À DOENÇA ORGÂNICA
 DISMENORRÉIA PSICOGÊNICA
 DISFUNÇÃO SEXUAL NÃO DEVIDA A TRANSTORNO OU À DOENÇA ORGÂNICA, NÃO
ESPECIFICADA
Classificação Internacional de Doenças (CID-10), constam (OMS, 1993)
DISFUNÇÃO SEXUAL
DIAGNÓSTICOS DIFERENCIAIS
 TRANSTORNO DE DESEJO SEXUAL HIPOATIVO
 TRANSTORNO DE AVERSÃO SEXUAL
 TRANSTORNO DA EXCITAÇÃO SEXUAL: TRANSTORNO DA EXCITAÇÃO SEXUAL
FEMININA, TRANSTORNO ERÉTIL MASCULINO
 TRANSTORNOS ORGÁSMICOS: TRANSTORNO ORGÁSMICO FEMININO,
TRANSTORNO ORGÁSMICO MASCULINO, EJACULAÇÃO PRECOCE
 TRANSTORNOS DE DOR SEXUAL: DISPAREUNIA, VAGINISMO, DISFUNÇÃO SEXUAL
DEVIDO A UMA CONDIÇÃO MÉDICA GERAL, DISFUNÇÃO SEXUAL INDUZIDA POR
SUBSTÂNCIA
 PARAFILIAS: EXIBICIONISMO, FETICHISMO, FROTTEURISMO, PEDOFILIA,
MASOQUISMO, SADISMO, FETICHISMO TRANSVÉSTICO, VOYEURISMO, PARAFILIA
SEM OUTRA ESPECIFICAÇÃO: TRANSTORNOS DA IDENTIDADE DE GÊNERO
DSM-IV-TR, 2002
TEORIA DA CASTRAÇÃO
A LIBIDO
ABORDAGEM
MENSAGEM FINAL
QUESTÕES DE RESIDÊNCIA
MUDANÇA DE
COMPORTAMENTO SEXUAL
PATOLOGIAS
ORGÂNICAS
PROBLEMAS RELACIONAIS
IDADE
DEPRESSÃO
ROTINA
DOPAMINA
PREFERÊNCIA POR
OUTRAS ATIVIDADES
RELAÇÃO COM O
PRÓXIMO CORPO
TESTOSTERONA
MASTURBAÇÃO
FATORES
PSICOSSOCIAIS
CICLO MENSTRUAL
A BAGAGEM ÉTNICA, CULTURAL,
RELIGIOSA E SOCIAL
DESEMPENHO DO PARCEIRO
CARMITA ABDO, MÉDICA PSIQUIATRA. LIVRE DOCENTE E PROFESSORA ASSOCIADA DO DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE
SÃO PAULO (FMUSP). FUNDADORA E COORDENADORA DO PROGRAMA DE ESTUDOS EM SEXUALIDADE (PROSEX) DO INSTITUTO DE PSIQUIATRIA (IPQ) DO HOSPITAL DAS
CLÍNICAS DA FMUSP. MEMBRO DA INTERNATIONAL SOCIETY FOR SEXUAL MEDICINE (ISSM).
JUSTIFICATIVA
OBJETIVOS
MÉTODOS
RESULTADOS
Shamloul, R. (2010), Natural Aphrodisiacs. Journal of Sexual Medicine, 7: 39–49. doi: 10.1111/j.1743-6109.2009.01521.x
JUSTIFICATIVA
OBJETIVOS
MÉTODOS
RESULTADOS
Sexual touching and difficulties with sexual arousal and orgasm among U.S. older adults. Galinsky AM. Arch Sex Behav. 2012
Aug;41(4):875-90. doi: 10.1007/s10508-011-9873-7. Epub 2011 Dec 8. PMID: 22160881
PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA
SÃO NECESSÁRIOS EM MÉDIA 6 MESES DE EVOLUÇÃO DO QUADRO PARA FECHAR O
DIAGNÓSTICO DE DISFUNÇÃO SEXUAL
LIBIDO FEMININA ≠ LIBIDO MASCULINA
A MULHER PRECISA DE UM ESTÍMULO, A FALTA DE SEXO, POR SI SÓ, NÃO AUMENTA O DESEJO
IMPORTÂNCIA DA INTIMIDADE EMOCIONAL COM O PARCEIRO
E A SATISFAÇÃO DA PRÓPRIA PERCEPÇÃO DE DESEJO E NECESSIDADE SEXUAL
CARMITA ABDO, MÉDICA PSIQUIATRA. LIVRE DOCENTE E PROFESSORA ASSOCIADA DO DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE
SÃO PAULO (FMUSP). FUNDADORA E COORDENADORA DO PROGRAMA DE ESTUDOS EM SEXUALIDADE (PROSEX) DO INSTITUTO DE PSIQUIATRIA (IPQ) DO HOSPITAL DAS
CLÍNICAS DA FMUSP. MEMBRO DA INTERNATIONAL SOCIETY FOR SEXUAL MEDICINE (ISSM).
REFORÇAR A IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO ANTIDEPRESSIVO
ORIENTAÇÃO QUANTO A MITOS E TABUS (MULHERES JOVENS)
VERIFICAR NÍVEIS SÉRICOS DE TESTOSTERONA
PSICOTERAPIA EM GRUPO
PSICOEDUCAÇÃO
TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL
USO DE CREMES DE ESTROGÊNIO E LUBRIFICANTES
CARMITA ABDO, MÉDICA PSIQUIATRA. LIVRE DOCENTE E PROFESSORA ASSOCIADA DO DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE
SÃO PAULO (FMUSP). FUNDADORA E COORDENADORA DO PROGRAMA DE ESTUDOS EM SEXUALIDADE (PROSEX) DO INSTITUTO DE PSIQUIATRIA (IPQ) DO HOSPITAL DAS
CLÍNICAS DA FMUSP. MEMBRO DA INTERNATIONAL SOCIETY FOR SEXUAL MEDICINE (ISSM).
TEORIA DA CASTRAÇÃO
A LIBIDO
ABORDAGEM
MENSAGEM FINAL
QUESTÕES DE RESIDÊNCIA
 A FALTA DA LIBIDO FEMININA REPRESENTA HOJE UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA
 A ABORDAGEM É COMPLEXA, DEVEMOS LEVAR EM CONSIDERAÇÃO PRINCIPALMENTE OS FATORES
EMOCIONAIS E EPIGENÉTICOS
 A INDICAÇÃO TERAPÊUTICA DEPENDE DE UMA SÉRIE DE FATORES, A SEREM ANALISADOS DURANTE
PELO MENOS 6 MESES
 MUITAS MULHERES PERMANECERÃO COM AS QUEIXAS APESAR DA ABORDAGEM E TRATAMENTO
LONGITUDINAIS E COMPLEXOS
 SÃO MUITOS OS ESTUDOS DESENVOLVIDOS NA ÁREA DA LIBIDO MASCULINA EM DETRIMENTO DA
FEMININA
 NECESSITAMOS AINDA DE MAIS ESTUDOS E NOVAS PERSPECTIVAS DE TRATAMENTO
 SUGESTÃO: CRIAÇÃO DE UM GUIDELINE DE INVESTIGAÇÃO DAS QUEIXAS DE DISFUNÇÃO SEXUAL PARA
MELHOR CONDUZIR AS PACIENTES E AUXILIAR NO ATENDIMENTO MÉDICO DAS MAIS DIFERENTES
ESPECIALIDADES
TEORIA DA CASTRAÇÃO
A LIBIDO
ABORDAGEM
MENSAGEM FINAL
QUESTÕES DE RESIDÊNCIA
NO QUE SE REFERE À TEORIA PSICANALÍTICA, ASSINALE A
AFIRMATIVA INCORRETA.
A) NOS TEXTOS EDIPIANOS DE FREUD, HÁ DIFERENÇAS ENTRE O
ÉDIPO NOS MENINOS E NAS MENINAS, SENDO UMA DELAS OS
EFEITOS DO COMPLEXO DE CASTRAÇÃO NESSE PROCESSO; NOS
MENINOS, POSSIBILITA A SAÍDA DO ÉDIPO E NAS MENINAS
POSSIBILITA A ENTRADA NELE.
B) NO TEXTO “MAL ESTAR DA CIVILIZAÇÃO”, FREUD PRECONIZA A
TESE DE QUE A REPRESSÃO INERENTE AO PROCESSO CIVILIZATÓRIO É
A BASE DO “MAL ESTAR”.
C) COM OS ESTUDOS SOBRE A SEXUALIDADE, FREUD DESCOBRIU QUE
ESTA TEM INÍCIO NA INFÂNCIA.
D) NO TEXTO “TRÊS ENSAIOS SOBRE A TEORIA DA SEXUALIDADE
INFANTIL”, FREUD PRECONIZA QUE O INFANTE É CARACTERIZADO
COMO “PERVERSO AMORFO”.
SELEÇÃO PÚBLICA PARA A CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SAÚDE. Título: Prova
de
médico
psiquiátra
EDITAL
Nº
12/2014.
Disponível
em:
<http://www.cev.ufmt.br/vestibular/concursos/pse2010_residencia/gabarito_e_caderno_de_prova/psicologia.pdf>. Data
de acesso: 12/05/2014.
UMA MULHER DE 47 ANOS RELATA QUE HÁ 2 ANOS APRESENTA
DIMINUIÇÃO GRADATIVA DO DESEJO SEXUAL, SENDO QUE NOS
DOIS ÚLTIMOS MESES O QUADRO FICOU MAIS GRAVE. NEGA USO
DE MEDICAMENTOS OU DOENÇAS CRÔNICAS CONHECIDAS.
ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA.
A) O HIPOESTROGENISMO É UMA CAUSA PROVÁVEL
B) O SILDENAFIL TEM DEMONSTRADO RESULTADOS ANIMADORES
EM QUADRO SEMELHANTE
C) NESSA IDADE, AS CAUSAS ORGÂNICAS SÃO MAIS PREVALENTES
DO QUE AS CAUSAS PSICOPATOLÓGICAS OU SOCIOCULTURAIS
D) O QUADRO É TÍPICO DE FRIGIDEZ PRIMÁRIA, E A PACIENTE DEVE
SER ENCAMINHADA PARA A PSICANÁLISE
E) O QUADRO É DE DESEJO SEXUAL HIPOATIVO E AVALIAÇÕES DA
FUNÇÃO TIREOIDIANA, PROLACTINA E TESTOSTERONA LIVRE PODEM
SER ÚTEIS PARA O DIAGNÓSTICO.
Hospital Universitário Polydoro Ernani São Thiago. FEPESE (Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos Campus
Universitário). Título: Processo Seletivo para Médico Residentel - Edital no 01/2008. Disponível em:
<http://rmhu.fepese.ufsc.br/pages/arquivos/provas/6.pdf>. Data de acesso: 12/05/2014.
EM RELAÇÃO A DIFUNÇÃO SEXUAL DE BASE PSIQUIÁTRICA NA CID10, A PERDA DO DESEJO SEXUAL É O PROBLEMA PRINCIPAL E NÃO
É SECUNDÁRIO A OUTRAS DIFICULDADES SEXUAIS, TAL COMO
DISPAREUNIA. A FALTA DE DESEJO SEXUAL NÃO IMPOSSIBILITA O
PRAZER OU A EXCITAÇÃO SEXUAL, MAS TORNA A INICIAÇÃO DA
ATIVIDADE SEXUAL MENOS PROVÁVEL. TAL DISFUNÇÃO É
CHAMADA DE:
A) FALHA DE RESPOSTA GENITAL
B) DISFUNÇÃO ORGÁSMICA
C) AVERSÃO SEXUAL E AUSÊNCIA DE PRAZER SEXUAL
D) AUSÊNCIA OU PERDA DO DESEJO SEXUAL
E) VAGINISMO NÃO-ORGÁSMICO
PREFEITURA DE MAFRA ESTADO DE SANTA CATARINA. Título: Processo Seletivo Público – Mafra (SC) – Edital 002/2013.
Disponível em: <http://www.unc.br/editais/documentos/concursos/provas-mfa2013/M%C3%A9dico%20Psiquiatra.pdf>.
Data de acesso: 12/05/2014.

similar documents