Processo Leed

Report
O Certificado LEED é fornecido pelo USGBC e visa certificar
e/ou ratificar a sustentabilidade e a redução do impacto
ambiental das construções que adotam práticas que
levam em consideração o meio ambiente.
 Leadership in Energy and Environmental Design –
LEED(Liderança em Energia e Desenho de Ambientes)
 United States Green Building Council – USGBC (Conselho
de Construções Sustentáveis dos Estados Unidos)
“CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL (Green Building) é a
edificação ou espaço construído que teve na sua
concepção, construção e operação o uso de conceitos
e procedimentos reconhecidos de sustentabilidade
ambiental, proporcionando benefícios econômicos, na
saúde e bem estar das pessoas.”
(Fonte: http://www.gbcbrasil.org.br)
Benefícios de “Green Buildings”
 Destaque da imagem dos empreendedores e do
empreendimento;
 Menor custo de operação;
 Redução da energia em 30%;
 Racionalização no uso de água (Redução de 30 a 50%);
 Redução do Impacto Ambiental;
 Redução na emissão de carbono em 35%;
 Melhoria da qualidade do ambiente interno (mais saúde e
bem estar para os usuários);
 Maior valor agregado ao empreendimento;
 Aumento da produtividade em escritórios de 2 a 16%.
(Fonte: USGBC)
Estágio Atual – Pontuação:
SITE SUSTENTÁVEL
Localização do edifício, condições de transporte público ao
local
CONSUMO DE ÁGUA
Reuso de água, uso de metais e louças de baixo consumo
ENERGIA E ATMOSFERA
Sistemas com consumo mais eficiente . Coletor solar para
aquecimento de água
MATERIAIS E RECURSOS
Categorias:
•
•
•
•
Certificado
Prata
Ouro
Platina
Sistema de gestão de resíduos, destino dos materiais da
construção.
QUALIDADE DO AMBIENTE INTERNO
Controle de renovação do ar interno, materiais com baixo
COV (Composto orgânico volátil)
Estágio atual da
Certificação LEED
FONTE NOVA
INOVAÇÃO NO PROJETO
Possibilidade: Instalação de medidores do consumo de
água para diversos fins, como irrigação e/ou torre de
esfriamento, além do consumo de água global da Arena.
(Fonte: http://www.gbcbrasil.org.br)
SITE SUSTENTÁVEL
 Localização da obra
 Bicicletário e vestiário
 Vagas verdes
 Acesso a transporte público
CONSUMO DE ÁGUA
Paisagismo eficiente: Redução ou eliminação
de água potável para irrigação.
 Fonte:
 698 mil litros: a capacidade de
armazenamento de água da
chuva.
Anualmente,
serão
captados 37 mil m³, o que gera
uma economia de 72% em
épocas de chuva.
 Destino:
 Vasos Sanitários
 Irrigação
 Lavagem de Piso
ENERGIA E ATMOSFERA
 Não uso de CFC’s - clorofluorocarboneto
 Eficiência Energética (Redução de 14%)
 Vidros Especiais – maior conforto térmico
 Luminotécnica – sensores
 Aquecimento Solar
Eficiência energética-(Redução da poluição luminosa)
• O projeto conta com potência de iluminação de 1,04w/m² nas
fachadas, resultando em uma redução de 52,73%, o permitido
pela ASHRAE é de 2,2w/m².
(Fonte: http://www.recs.org/)
MATERIAIS E RECURSOS
 Aquisição de materiais com conteúdo reciclado;
Ex. Insumos reciclados para estrutura metálica, lajes,
brises com revestimento em ACM, dentre outros.
 Gestão de Resíduos :
 Controle de geração de resíduos
 Separação de resíduos
 Destinação dos resíduos para reciclagem
 Controle de saída de resíduos
MATERIAIS E RECURSOS
MATERIAIS E RECURSOS
MATERIAIS E RECURSOS
QUALIDADE DO AMBIENTE INTERNO
 Controle da fumaça de tabaco
 Plano de qualidade do ar durante a obra
 Materiais com baixa emissão de COV’s
 Controle de fontes poluidoras (tapetes)
 Controlabilidade dos sistemas (iluminação e conforto
térmico)
 Conforto térmico (projeto e verificação)
 Vista externa (93%)
INOVAÇÃO NO PROJETO
Cobertura 40% mais leve em relação à
estrutura convencional metálica.
A estrutura utilizada na cobertura reduz o
consumo de aço entre 30% e 40%;
Membrana (translúcida), maior iluminação
natural,
composto
de
PTFE
(politetrafluoetileno) e fibras de vidro;
Redução substancial de materiais (aço),
transportes e emissão de gases e energia.
ESTIMATIVA DE RETORNO DO INVESTIMENTO
Aproximadamente 7 anos e meio
Através da economia de operação:
Custo de energia (-40%)
Custo de água (-50%)
Custo de Manutenção (-30%)
OBRIGADO!
“Empreendimento “verde” que não gera economia
na operação não pode ser considerado
sustentável.”

similar documents