ALTERNAT22Mídia televisiva e a criança

Report
Universidade Federal Fluminense
Faculdade de Educação
Graduação Pedagogia
Psicologia da Educação
Mídia Televisiva
e Educação
Tópicos







Desenho televisivo (Beavis
and Butt-Head)
Consumo
Consumismo
Mensagens subliminares na
televisão
TV e Educação
Pontos positivos
Pontos Negativos
Desenho animado

Mike Judge faz uma
crítica à sociedade
que se apega cada
vez mais a inversão
de valores,
desinteresse político
e investe em uma
cultura de futilidades.
Desenho animado...

Desprovidos de
qualquer gosto
apurado, racionalidade
e sem valores éticos
ou políticos, os
personagens agem de
forma irracional com
respeito à sua
sociedade e cultura e
parecem carecer de
toda habilidade de
comunicação e
inteligência.
Beavis and Butt Head
Desenho animado...

Como os pais e educadores
deveriam responder ao
fenômeno Beavis and ButtHead?

Censurar as crianças para
que não assistam mais ao
programa?

OU

Utilizar o programa como
oportunidade de ensinar à
criança a ter um olhar
crítico sobre a mídia?
Consumo

É a utilização, gasto
ou
aplicação
de
algum produto ou
serviço, por
um
indivíduo
(ou
empresa), para suprir
suas
necessidades.
Segundo o dicionário
Aurélio, consumo é o
ato ou efeito de
consumir; gastar.
Consumismo

É o ato de consumir
produtos sem consciência.
Geralmente se baseia em
pessoas que compram
compulsivamente
coisas
que elas não irão usar e
que não têm nenhuma
utilidade a elas, compram
somente para atender a
vontade de comprar. A
compulsão pelo consumo
ocorre principalmente por
causa da influência que as
empresas exercem por
meio das propagandas.
Infância e consumo

Não podemos deixar
de pensar sobre as
consequências da
propaganda, via
televisão, e suas
influências no
universo infantil.
Infância e consumo

A publicidade influencia a vida
de crianças das mais variadas
idades e classes sociais, a
questão do ter para a
satisfação pessoal e possível
inclusão em um grupo, faz
com que as crianças lutem em
uma incessante busca pelo
prazer de compra.A
publicidade conhece muito
bem esses desejos e faz o
possível para anunciar
produtos que atraiam e
mostrem um mundo de magia
e fantasias no qual as crianças
se tornam alvos suscetíveis ao
consumo.
Infância e consumo

É preciso separar os
desejos que vêm de
dentro delas e os
que são colocados
dentro delas.
Infância e consumo

O grande problema
da propaganda
infantil é que querem
apenas vender, sem
se preocupar com o
formar.
Estratégias
Grandes lojas de departamento têm se destacado na
propaganda de varejo por meio de estratégias de
marketing, criando símbolos e procurando estabelecer
relações com os quais as crianças/consumidoras se
identificam.
Os produtos aparecem rapidamente numa sucessão
massiva de imagens televisivas que enfatizam muito mais o
estilo de vida e o comportamento dos personagens que os
apresenta do que dos próprios consumidores ou a
utilidade desse produto na vida prática.
MERCADO INFANTIL = CONSUMISTAS EM
POTENCIAL
Marcas famosas de roupa, de brinquedos, de celulares estão
no pensamento desses seres que ainda não tem capacidade
crítica de discernir sobre o que é bom e o que pode ser
ou aquilo que pode ser prejudicial.
Exposição excessiva

Sabe-se que há uma
deficiência enorme na
programação televisiva,
pois faltam programas
que transmitam
conteúdos educativos
e de qualidade. Como
as crianças passam
horas assistindo TV,
elas são
“bombardeadas”
diariamente pelas mais
variadas propagandas
comerciais.
Exposição agressiva...

Além disso, o marketing
agressivo de algumas
propagandas tem
influenciado muitas
crianças a consumir
alimentos prejudiciais à
própria saúde e, algumas
vezes, desnecessários
(ex. MAC Donalds –
brindes), o que pode vir
a lhe causar diversos
problemas como, por
exemplo o da obesidade,
o do colesterol alto, etc.
Quando ele se tornar adulto já terá assistido 15 mil
horas de TV e 250 mil comerciais. Sabe o que é
pior? Ele vai achar isso normal.
Mensagens subliminares na TV
Conceito:

Tipo de mensagem
que não pode ser
captada diretamente
pelos
sentidos
humanos, e sim pelo
subconsciente.
Possíveis efeito:

Experiências
comprovam que as
mensagens
subliminares
contribuem para o
aumento do
consumo e, até
mesmo, exerce um
efeito compulsivo
para a compra, ou
seja, o consumismo.
Legislação:

A propaganda subliminar não é citada diretamente
na Constituição Federal, porém a legislação
entende que a propaganda subliminar fere o artigo
20 do Código de Ética dos Publicitários.

Existe uma passagem também no Código de
Defesa do Consumidor que proíbe anúncios
disfarçados ou disimulados.
Visão cética:

Os céticos dizem: “ Algo que não pode ser
registrado pelo cérebro tem pouca probabilidade
de ter qualquer efeito sobre os espectadores”.

Para a ciência não existe na psicologia respeitável a
noção de subconsciente separada do consciente,
com idéias, crenças, desejos e motivações
próprios;

Os psicólogos sabem que a percepção de um
estímulo depende tanto de fatores psicológicos e
sociais, quanto de fatores fisiológicos. Alguém
pode ver algo e não se sentir confiante o suficiente
sobre o que viu.
Propagandas que marcaram...
Televisão e Educação

O Telecurso
completou 35 anos.
Esta tecnologia
educacional foi
implementada em
mais de 32 mil salas
de aula.
Histórico do Telecurso





1978 – Criação do Telecurso
2ºGrau;
1981 – Criação do Telecurso
1ºGrau
1995 – Telecurso 2000
(Contemplava o 1º e 2ºGraus)
2008 – Novo Telecurso
(Contempla o 1º e 2ºGraus e
mais o Ensino Profissionalizante)
TV Escola

A TV Escola é uma
ferramenta
pedagógica disponível
ao professor para
complementar a sua
formação e ser
utilizada em práticas
de ensino.
Canal Privado de Televisão
(Educação)

O canal privado
Discovery Kids
estimula as crianças
em idade pré escolar
a descobrir e
explorar o mundo
com jogos e
desenhos
pedagógicos.
Televisão como recurso educacional
Pontos Positivos

O desenho animado
“As Trigêmeas” de
forma didática e
divertida conta
histórias clássicas da
literatura ou
acontecimentos
históricos.
Pontos Negativos

Nas atuais novelas
exibidas em demasia
e em horário nobre,
no qual há sempre a
presença de crianças,
não faltam cenas de
sexo e de violência.
Ex.: Novela Avenida Brasil

Com o título “A Invasão
perversa da mídia”, eis
artigo da Professora
Célia Bernardo. Ela fala
sobre o saldo de
violência que deixará a
novela “Avenida Brasil”.

http://blog.opovo.com.br/bl
ogdoeliomar/avenida-brasilum-saldo-de-violencia-e-defalsos-valores/
Televisão/novela...

“Se bem pensarmos no turbilhão
de perversidades a que estamos
sujeitos, chegaremos a algumas
conclusões meio sórdidas. Os
173 capítulos da novela
AVENIDA BRASIL, o maior
ensaio e o maior caderno de
APOLOGIA à VIOLÊNCIA e ao
SEXO FÚTIL já vistos,
gratuitamente, em horário
“NOBRE”, vão deixar infundadas
saudades em muitas pessoas, que
se mantiveram fiéis à novela e
infiéis a elas mesmas”.

Professora Célia Bernardo http://blog.opovo.com.br/blogdoe
liomar/avenida-brasil-um-saldode-violencia-e-de-falsos-valores/
Televisão/novela...

“É, sem dúvida, uma
PERVERSA INVASÃO DA
MÍDIA, um ESTUPRO à
moral, à ética e à cidadania
dos brasileiros”.

Professora Célia Bernardo
http://blog.opovo.com.br/bl
ogdoeliomar/avenidabrasil-um-saldo-deviolencia-e-de-falsosvalores/
Componentes do grupo:





Júlia
Sônia
Beatriz
Isadora
João
Bibliografia

g1.globo.com/telecursocomemora35 anos

discoverykidsbrasil.uol.com.br

tvescola.mec.gov.br

CUNHA, Eugênio; Afetividade na pratica pedagogica- educação,tv, escola pag 46

NETO; Pedro Torres; Educação pela tv, pag 81, 1971

Televisão e educação – pags 94,95 e 96-Joan Ferrés, 1966

http://www.educacaopublica.rj.gov.br/biblioteca/comunicacao/0003.html

ROSENTHAL, Milene. Uma reflexão sobre a influência da TV na educação infantil. Disponível
em:<http://comportamentomoderno.blogspot.com.br/2009/04/uma-reflexao-sobre-influencia-da-tv-na.html>.
Acesso em: 06 de julho de 2013.

BBC. Crianças que vêem muita TV são mais propensas à violência. Disponível
em:<http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/020329_tvdb.shtml>. Acesso em: 06 de julho de 2013.

SILVA, Damtom G. P. Infração administrativa. Emissora de televisão que exibe filme do gênero violência em
horário impróprio. Imposição da multa de que trata o artigo 254 da lei 8069/90. Admissibilidade. Disponível
em: <http://www2.mp.pr.gov.br/cpca/telas/ca_igualdade_31_4_5_1.php>. Acesso em: 06 de julho de 2013.

FUTURA. Muita diversão e cultura na programação infantil do Canal Futura. Disponível em:
<http://www.futura.org.br/blog/2013/01/03/muita-diversao-e-cultura-na-programacao-infantil/

http://midiaeconsumoinfantil.blogspot.com.br/

Professora Célia Bernardo - http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/avenida-brasil-um-saldo-de-violencia-e-defalsos-valores/

http://www.telecurso.org.br/

similar documents