Guia - Plantados JBL

Report
Sistema JBL de Plantados
1 – Substrato
Composto basicamente por 2 tipos de substratos:
1.1 – Manado
1.2 – Aquabasis Plus
1.3 – JBL Kugeln
1 - Substrato
Substrato
Composto basicamente por 2 tipos de substratos:
• 1.1 – Manado
• 1.2 – Aquabasis Plus
• 1.3 – JBL Kugeln
1.1 – Manado
O JBL Manado é um substrato que pode ser utilizado puro ou em combinação com o Aquabasis
Plus, dependendo da demanda do aquário em questão. Dotado de alto CTC (Capacidade de troca
Catiônica), é um substrato bastante seguro e age como uma “esponja” de nutrientes, diminuindo
a probabilidade de surtos de alga, tanto em fases iniciais de montagem, quanto em aquários já
maturados, minimizando erros na fertilização líquida.
Trata –se de um substrato leve e bastante poroso, o que facilita a propagação das raízes, bem
como uma rápida colonização do substrato por bactérias benéficas ao sistema. Consegue –se
portanto um aquário biologicamente estável rapidamente, bem como uma rápida propagação
das plantas, mesmo as mais delicadas.
JBL Manado ainda mantém, de forma segura e bastante desejada, níveis de carbonatos e
bicarbonatos (KH), bem como a dureza geral (GH), propiciando um crescimento sustentável e
vigoroso às plantas e ajudando a manter o pH do aquário sempre estável.
1.1 - Manado
Embalagens disponíveis:
• 1,5 litros – Aquários de 20 a 25 cm de comprimento
• 3,0 litros – Aquários de 30 a 40 cm de comprimento
• 5,0 litros – Aquários de 50 a 60 cm de comprimento
• 10,0 litros – Aquários de 50 a 80 cm de comprimento
• 25,0 litros – Aquários de 80 a 120 cm de comprimento
*considerando uma camada uniforme (média) de 5 cm.
Palavras chaves:
•
•
•
•
•
•
Leve
seco
Alto CTC - Esponja
Seguro
Colonização biológica favorecida
Estabilidade de GH e KH
1.2 – Aquabasis Plus
•
O substrato fértil da JBL. Especialmente indicado para aquários onde a demanda por
nutrientes é muito alta. Em aquários onde predominam plantas como Echinodorus,
Nymphaea, plantas de roseta ou bulbos, o Aquabasis se destaca.
•
Trata –se de uma mistura de argilas, turfas e compostos minerais, que proveem ao aquário,
de forma controlada, todos os macro e micronutrientes necessários para o rápido
desenvolvimento das plantas no aquário.
•
A presença da turfa garante que o substrato seja levemente ácido, criando o ambiente
perfeito para que os nutrientes presentes no substrato sejam disponibilizados para as
plantas. O fato do material base ser argiloso garante alto CTC ao substrato, de modo que o
Aquabasis se torna bastante seguro, não liberando de forma indiscriminada os nutrientes
para a coluna d’água.
1.2 – Aquabasis Plus
Aquabasis Plus – Palavras chaves
•
•
•
•
Aquários de alta demanda
Alto CTC – Seguro
Echinodorus e Nymphaeas
Ambiente ácido – Turfas
1.3 - Kugeln
JBL Kugeln são pelotas fertilizantes, à base de argila. Funciona em plena sincronia com JBL
Manado e JBL Aquabasis plus, pois age como uma recarga de bateria, para substratos exauridos
ou com fertilização insuficiente para o volume de plantas existente no aquário.
Devido ao alto CTC (capacidade de troca catiônica) do Manado, Kugeln se torna especialmente
eficiente, pois o Manado não permite que os nutrientes contidos nas pelotas subam para a
coluna de água, o que certamente causaria um desequilíbrio e consequente surto de algas.
Palavras chaves:
•
•
•
•
Sinergia com Manado/Aquabasis Plus
Macro e micronutrientes
Rico em Ferro
Liberação lenta
2- Iluminação
O sistema de iluminação mais completo e próximo ao da natureza possível. Homologado pelo
IFM – GEOMAR, um dos mais distintos e renomados institutos no campo de ciências marinhas, o
sistema JBL de iluminação é o que há de mais próximo em iluminação artificial da iluminação
solar.
Palavras chaves:
•
•
•
•
Sistema completo
Homologado pelo IFM – Geomar
Proximidade à iluminação solar
Durabilidade de aproximadamente 1 ano.
2.1 – Lâmpadas
2.1.1 – JBL Solar Tropical
A lâmpada “quente” da linha JBL. Com temperatura de cor em torno dos 4000 K, a Solar Tropic
tem um espectro mais amarelado, utilizada normalmente para simular o amanhecer e o
entardecer do fotoperíodo. Os tons mais quentes evitam distorções na cor de peixes e plantas
que a lâmpada Solar Color pode vir a criar.
2.1.2 – JBL Solar Natur
Com temperatura de 9000 K, é a lâmpada branca da linha JBL. É de suma importância o uso de
lâmpadas brancas, pois corrige quaisquer distorções de cor provenientes das lâmpadas
“coloridas” que utilizamos no aquário. É também utilizada para simular o pico do dia, ou seja, as
horas de maior incidência luminosa.
2.1.3 – JBL Solar Color
É a lâmpada “rosa” do sistema. Aqui a temperatura de cor não é o fator mais importante.
Lâmpadas rosadas emitem luz principalmente nos espectros azul e vermelho, que são os 2 mais
utilizados durante o processo de fotossíntese. São lâmpadas especiais, baseadas nas apropriadas
para horticultura, e provêm taxas de crescimento melhores.
Composição sugerida
Normalmente, trabalha –se com um número par de lâmpadas, especialmente porque os
reatores disponíveis no mercado nacional, em geral, são para duas lâmpadas.
Para 2 lâmpadas:
01 – JBL Solar Natur
01 – JBL Solar Color
Para 4 lâmpadas:
02 – JBL Solar Natur
01 – JBL Solar Tropical
01 – JBL Solar Color
Para 06 lâmpadas:
03 – JBL Solar Natur
01 – JBL Solar Tropical
02 – JBL Solar Color
2.2 – Refletores
Os refletores JBL são confeccionados em material
resistente a corrosão, sendo bastante indicados
para reefs ou ambientes úmidos/corrosivos.
Totalmente projetados por computador, os
refletores da JBL garantem total aproveitamento da
luz emitida, otimizando seu rendimento e chegando
a dobrar as leituras em luxímetro.
Extremamente seguro, possui cantos arredondados
e protegidos. Os clips são em material plástico,
dando mais segurança e durabilidade ao produto.
2.2 – Refletores
Gráfico mostrando a eficiência dos refletores (profundidade x intensidade luminosa)
2500
2000
1500
Refletor
S/Refletor
1000
500
0
50 cm 40 cm 30 cm 20 cm 10 cm 0 cm
3 – Filtragem
Em aquários plantados, bem mais importante do que vazão, a quantidade de mídia filtrante
(mídias biológicas) são essenciais para uma filtragem realmente eficiente. É comum a utilização
de filtros em série em aquários de ponta, a fim de aumentar a quantidade de mídia no sistema.
Recomenda-se a utilização de Canisteres como filtro padrão para qualquer plantado. Nestes
casos, é bastante interessante rechear o filtro com mídias de excelente qualidade, tais como JBL
Micromec e Sintomec. Como a filtragem química via carvão ativada não é recomendada para
plantados (pois tiraria alguns nutrientes a serem utilizados pelas plantas), o espaço nas bandejas
é, via de regra, mais do que suficiente para suprir a necessidade de mídias necessária para o bom
funcionamento de um plantado de alta demanda.
3.1 – Mídias biológicas
As mídias biológicas são materiais de alta porosidade, nas quais se fixam bactérias
responsáveis pelas transformações de amônia para nitrito e em seguida para nitrato. Sendo
os dois primeiros compostos extremamente tóxicos para a saúde dos peixes, pode-se dizer
que quanto maior a quantidade de mídias de boa qualidade, maior será a eficiência do filtro.
Em aquários plantados, a preocupação em relação a compostos nitrogenados, ganha novas
proporções, uma vez que o desequilíbrio entre macronutrientes (o nitrogênio é um dos três
macros – Nitrogênio, Potássio e Fosfatos – NPK) é o principal fator de aparecimento de algas.
Produtos relacionados: Linha JBL Profi (canisteres), Micromec, Sintomec.
3.2 – Esterilizadores UV
Utilizado apenas em casos extremos, no aquário plantado, os esterilizadores uv são
extremamente eficazes em casos de aparecimento de microalgas (água verde), mas mostram –se
inúteis em relação às algas já fixadas ao substrato, vidros e plantas.
Produtos relacionados: JBL AquaCristal UV-C series.
4 – Parâmetros Desejados
pH: Normalmente, a primeira coisa que se fala, quando se entra no assunto parâmetros e
testes. A importância deste parâmetro, em aquários plantados, não é tão grande assim. O que
realmente importa é não haver uma flutuação muito grande, seja devida à injeção de gás
carbônico, ou pela ausência de um bom regulador de KH.
Em geral, o pH de um aquário plantado acaba flutuando de 6.6 até 7.0 sem maiores
problemas, e esta faixa é mais ou menos a adequada para a grande maioria dos peixes que se
costuma utilizar (tetras).
Produtos relacionados: JBL pH test
KH: Este é um parâmetro bastante importante – mede a concentração de carbonatos e
bicarbonatos na água, pois um aquário onde a reserva alcalina está bem controlado, a
possibilidade de variação do pH de um aquário é quase nula. Espera –se, em aquários
plantados, que o KH esteja regulado para 4 – 6 dkH.
Produtos relacionados: JBL KH test, AquaDur.
GH: o GH é a concentração de Cálcio e Magnésio na água. Estes dois elementos são de
extrema importância em diversos processos metabólicos, tais como crescimento basal e a
própria fotossíntese. Em aquários plantados, o GH deve ficar em torno de 3 a 4 dGH.
Algumas espécies de plantas são extremamente sensíveis em relação ao GH. Dentre elas,
podemos citar algumas espécies de Valisneria, Potamogeton e Pogostemon helferi.
Produtos relacionados: JBL GH Test, Aquadur.
5- Fertilização Líquida
Fertilização líquida é uma suplementação à adubação inicial provida pelo substrato e pastilhas, e
que é extremamente importância para que o aquário não sofra uma queda de rendimento,
mostrando a mesma exuberância e taxa de crescimento.
Em especial, plantas de caule necessitam muito de fertilização líquida, uma vez que praticamente
toda a absorção de nutrientes se dá por via foliar, e as raízes praticamente são utilizadas apenas
para fixação.
Em plantas vermelhas, os níveis de CO2 e ferro devem ser observados. Os aditivos líquidos são a
forma mais prática e fácil de obter Ferro de forma segura e biodisponível.
Em dosagens adequadas, os fertilizantes líquidos são uma forma bastante segura e necessária
para taxa de crescimento e coloração adequados.
5.1 – Ferropol 24
Isento de Fosfatos e nitratos, é um fertilizante adequado para aquários plantados com muitas
plantas e peixes ou então aquários com plantas de crescimento lento/moderado e população
abundante. Nestes casos, nitratos e fosfatos serão provenientes das excreções/restos de alimento
e plantas.
Apesar do nome, o Ferropol não é um fertilizante baseado apenas em ferro. Rico em
micronutrientes, ferro e potássio, age equilibrando as proporções de macronutrientes evitando o
aparecimento de algas e potencializando o crescimento e vigor das plantas.
Dosagem: 1 gota/ 50 litros, diariamente.
Rendimento:
10ml – 10.000 litros
50 ml – 50.000 litros
5.2 - Ferrotabs
Atenção: não é um fertilizante de pastilhas para substrato. É um fertilizante isento de Nitratos e
Fosfatos, adequado para aquários densamente plantados e povoados, ou plantas de crescimento
lento/moderado, com popul ação abundante. Nitratos e fosfatos serão provenientes de
excreções/restos de alimentos e plantas.
Dosagem inicial: 1 pastilha para cada 25 litros
Dosagens posteriores: 1 pastilha para cada 50 litros.
5.3 - Ferropol
Fertilizante líquido baseado em Potássio, Ferro e micronutrientes, isento de nitratos e fosfatos.
Especialmente recomendado para aquários bem povoados. Atende tanto a aquários de baixa
luminosidade quanto aquários densamente plantados.
Embalagem extremamente atrativa, com tampa dosadora.
Dosagem inicial: 10 ml para cada 40 litros de água
Dosagens posteriores: 10 ml para 80 litros, semanalmente.

similar documents