Apresentação

Report
Apresentação preliminar do problema
Osório de Brito - Péricles Pinheiro Filho - Fernando C. S. Milanez
GERAÇÃO DIESEL NO HORÁRIO DE
PONTA
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
HISTÓRICO



Em 2001, fruto do racionamento, instalou-se, no país,
um parque diesel com o fito de, na época, suportar os
compromissos afetados pelo uso restrito da energia
elétrica.
A esse parque se somaram os geradores instalados
para fins emergenciais.
A geração própria é uma parcela significativa da
chamada Geração Distribuída, onde unidades
geradoras menores são instaladas próximo à carga.
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
A EXPANSÃO DA GERAÇÃO PRÓPRIA A DIESEL

A equação “preço do óleo diesel x preço da eletricidade
na hora da ponta”, vem pendendo para o lado do preço
do óleo diesel (preço do óleo diesel sensivelmente
menor que o da eletricidade na hora da ponta).

O Consumidor percebeu a possibilidade de obter custos
menores quando gera sua própria energia no horário de
ponta.

Como consequência, vem sendo constatado um
significativo crescimento na venda/aluguel de unidades
geradoras a diesel.
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
OS MAIS PROPENSOS AO USO DO DIESEL

A economia é, majoritariamente usufruída
pelos consumidores atendidos em nível A-4,
faturados na tarifa horo-sazonal verde, que, no
horário de ponta, incide fortemente no
consumo (a demanda contratada é um valor
único ao longo das 24 horas).
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
OS REFLEXOS NA REDE DA DISTRIBUIDORA



A decisão de gerar energia na ponta, como resposta
ao sinal financeiro favorável, é tomada pelo
consumidor independentemente da Distribuidora; a
saída da carga da rede ocorre, pois, à sua revelia.
Da mesma forma, ao constatar desvantagem na
geração própria a diesel, o retorno do consumidor ao
suprimento pela Distribuidora também ocorrerá à sua
revelia.
Se a saída é um alívio para a rede da Distribuidora, o
retorno poderá ocasionar problemas operacionais a
ela.
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
CURVA DIÁRIA PARA TODAS AS DISTRIBUIDORAS –
ANEEL -2012/2014
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
EVENTUAIS CAUSAS DA REDUÇÃO DA PONTA





O fim do expediente em inumeros consumidores
O uso racional de controle da demanda
O uso da cogeração
O uso de geradores a diesel
O uso de geradotres com outros combustiveis,
como o gás, por exemplo.
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
O TAMANHO DA GERAÇÃO DIESEL NA PONTA

Esses fatos – pré-existência de um parque gerador
diesel e a sua utilização em situações de emergência
e a reconhecida expansão da compra/aluguel de
geradores - permitem supor que o valor estimado da
geração a diesel na ponta está localizado na faixa de:
7.000 MW

a
9.000 MW
A seguir serão apresentadas as metodologias de
avaliação dos valores limites citados.
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
AVALIAÇÃO DO LIMITE INFERIOR

Fonte de dados
Foi utilizada a pasta enviada pela ANEEL, denominada
“Consumidores_tipo A4 ajustados”, contendo um arquivo para
cada uma das 60 Empresas de Distribuição em operação

Limitações
É importante caracterizar que os dados se referem
exclusivamente aos consumidores do nível A-4, englobando
aqueles submetidos às tarifas Binômia e Horo sazonais Verde e
Azul.

Metodologias
Regressão Linear e Média Móvel
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
REDUÇÕES DA DEMANDA NA PONTA – A4 – HS-VERDE
Região
Norte
Nordeste
Sudeste
Sul
Centro
Oeste
total
Ponta
ajustada
(MW)
330
2.511
10.073
4.329
820
18.063
Redução
(MW)
Redução
%
159
1.677
3.661
1.989
428
52%
33%
64%
54%
48%
7.914
56%
GIZ - EPE - INEE 27/11/2014
AVALIAÇÃO DO LIMITE SUPERIOR
Dados da ONS
 Apresentação de Péricles Pinheiro Filho


similar documents