PPGA Aula Magna – resumo - Universidade Metodista de São Paulo

Report
Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu
em Administração
GESTÃO DE ORGANIZAÇÕES
PPGA – FAE
Território de inserção
Grande ABC Paulista:
2.7% do PIB brasileiro;
7.7% do PIB paulista;
2.6 milhões de habitantes;
3º polo de consumo do Brasil.
Gestão Econômico-Financeira
de Organizações
GEFO
Gestão de Pessoas e
Organizações
GPO
Inovadora: capaz de se revitalizar entre 1980 e 2000, ainda que sob a
turbulência da reestruturação capitalista mundial e regional.
Problemática: porque se localiza em região
ecologicamente delicada e central, como
logística, para o futuro sócio-econômico do
país.
Sociedade Civil :
Fortemente organizada.
Paradigma da Nova Metrópole: centro de intercâmbio do pré-sal, espaço de
concentração de vários clusters, nicho de parques tecnológicos, portadora de
planejamentos decenais de políticas público-privadas induzidas pelo seu
Consórcio Intermunicipal e pela Câmara Regional.
AÇÃO: Torna-se, pois, indispensável, nos atos de
ensinar, pesquisar e interagir socialmente, criar
focos pertinentes, regionais/globais, seja pela análise
dos novos cenários sociais e econômicos onde se
inserem as organizações, seja pela articulação de
conhecimentos em finanças, controle, tecnologia,
pessoas e organizações, com intuito de
compreender sua articulação e interdependência no
alcance de seus objetivos neste novo cenário.
Gestão Econômico-Financeira de Organizações - GEFO
Atuação: concentra pesquisas na avaliação e no monitoramento do desempenho
das organizações. Toma como base os conceitos da teoria microeconômica e os
avanços das teorias de finanças corporativas e de controle de gestão.
Docentes:
Prof. Dr. Luciano Venelli
Prof. Dr. Luiz Jurandir Simões
Prof. Dr. Wanderlei Lima de Paulo
Com inserção na Graduação:
Orientação, supervisão e aulas.
Gestão de Pessoas e Organizações - GPO
Atuação: constitui um campo de estudo voltado ao aprofundamento do
conhecimento teórico e à compreensão das práticas organizacionais referentes
às relações de trabalho. Sua proposta consiste em produzir e sistematizar o
campo de conhecimento de gestão de pessoas no contexto organizacional e da
sociedade civil organizada.
Docentes:
Prof. Dr. Almir Vieira Martins
Profa. Dra. Dagmar Silva P. de Castro
Prof. Dr. José Alberto C. dos Santos Claro
Prof. Dr. Luiz Roberto Alves
Profa. Dra. Mirlene Siqueira
Com inserção na Graduação:
Orientação, supervisão e aulas.
Objetivo Geral do Programa
O objetivo geral do Mestrado na Metodista é formar profissionais para atuação
docente no Ensino Superior e na atividade de pesquisa, com competências e
visão estratégica para a investigação e produção de conhecimento em
administração e áreas afins, considerada a visão diferenciada dos cenários
brasileiros.
24 Meses de trabalho
MESTRE EM
ADMINISTRAÇÂO
27 Créditos em cursos e seminários
12 Créditos em cursos obrigatórios
15 Créditos em cursos optativos
3 créditos para as 45 h.a. semestrais
15 encontros de 3 horas.
A totalidade de 30 créditos é alcançada por meio
do trabalho de orientação para a defesa da
dissertação original, que vale 3 créditos.
PILARES
PILARES
As teorias e debates sobre o comportamento no
mundo organizacional buscam abrir os textos
indispensáveis que revelam os modos de
elaboração do conhecimento na área e sua
passagem para o campo das aplicações sociais.
A optativa de Cultura e Comunicação apoia essas ênfases, pois também
abre os textos clássicos das ciências da linguagem e pensa organização como
processo construtivo de linguagens.
Imediatamente ao seu lado, tais conhecimentos se fazem metodologia no
processo formador, o que se evidencia em Pesquisa e Didática, Estudos de
Quanti e Quali, parcialmente em Cultura e Comunicação e Análise
Multivariada.
PILARES
O programa fortalece sobremaneira o processo
metodológico e o associa ao estágio docente,
com orientação individual e grupal, núcleo de
trabalho e grupo de pesquisa.
O curso, denominado Texto Acadêmico, pesquisa e publicação, discute o
modo de construção de textos acadêmicos e o panorama nacional e
internacional de publicações e apresentações. Este curso se completa em
oficina aberta a colegas da graduação e ex-alunos.
O Comitê de Coordenação do Stricto Sensu oferece disciplinas de núcleo
comum aos 5 mestrados institucionais, como Docência no Ensino Superior,
que tem tido a participação de vários estudantes do PPGA..
Perspectivas de evolução do programa
2011
Elaborar a relação
ensino-pesquisaextensão
universitária para
um período de 5
(cinco) anos
Reorganização do
PPGA em GTs e
GPs
A atitude Inter e
transdisciplinar
dessa
reorganização,
busca criar uma
nova atitude
educativa em nós
mesmos diante
dos novos
estímulos das
agências de
fomento para a
busca de
excelência pelo
trabalho de
grupos.
Grupos
de
Trabalho
Perspectivas de evolução do programa
Os GTs e seus responsáveis:
FDI - Formação Docente e Iniciação - Educação e Administração - Profa. Dra.
Dagmar Silva Pinto de Castro.
NSI - Nucleação e Solidariedade Institucional – Prof. Dr. Almir Vieira Martins
RIPE - Relações Internacionais de Pesquisa e Extensão – Profa. Dra. Mirlene
M. M. Siqueira.
DCV - Divulgação Científica e Visibilidade – Prof. Dr. José Alberto Carvalho
Santos Claro
.
CPTA - Criação e Publicação de Textos Acadêmicos – Prof. Dr. Luiz Jurandir
Simões
PTI - Projeto Temático Integrado – Prof. Dr. Luiz Roberto Alves.
Perspectivas de evolução do programa
Os GPs e seus coordenadores:
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E GESTÃO
Coordenação: Prof. Dr. Fúlvio Cristofoli
Este grupo tem foco no inter-relacionamento entre tecnologia da informação (TI)
e gestão. Considerará as inovações tecnológicas do Grande ABC.
ÉTICA E RESPONSABILIDADE GLOBAL
Coordenação: Profa. Dra. Dagmar Silva Pinto de Castro
A proposta do grupo consiste em produzir e sistematizar o campo de
conhecimento de gestão de pessoas no contexto organizacional e da sociedade
civil organizada. As pesquisas e conhecimentos gerados enfatizarão as
dimensões da Ética e da Responsabilidade Global.
Perspectivas de evolução do programa
Os GPs e seus coordenadores:
III ESTUDOS EM GESTÃO ECONÕMICA E FINANCEIRA
Coordenação: Prof. Dr. Wanderlei Lima de Paula
O grupo de pesquisa Estudos em Gestão Econômica e Financeira (EGEF) tem
por objetivo desenvolver atividades de pesquisa aplicada nas áreas da
Economia, Finanças e Administração, visando auxiliar no processo de tomada
de decisão dos agentes econômicos.
Perspectivas de evolução do programa
Os GPs e seus coordenadores:
IV GRUPO HISPANO-BRASILEIRO DE PESQUISA (COOPERAÇÃO
UNIVERSIDADE METODISTA- UNIVERSIDADE DE VALENCIA - ESPANHA)
Coordenação: Profa. Dra. Mirlene M. Siqueira
Este grupo correlaciona as áreas de Administração/Gestão e Psicologia da
UMESP à experiência da Universidade de Valencia em áreas correlatas,
desenvolvendo projetos de trabalho sobre tele aulas, suportes organizacionais,
desempenho de equipes e sucesso na carreira.
Tendências do Programa
Parcerias
Nacionais - Internacionais
mobilidade
docente- discente
Gestão Econômico-Financeira
de Organizações
GEFO
Gestão de Pessoas e
Organizações
GPO
Universidade Metodista
Universidade Metodista da Coreia, Seul
Universidade de São Caetano do Sul
Universidade Metodista de Loanda, Angola,
Núcleo Universitário Faculdade de Engenharia Industrial
Universidade Metodista de Gakiu, Japão
Universidade Federal do Grande ABC
Washington of University – UW
Universidade Metodista de Piracicaba
Universidade de Valencia – Espanha
Universidade do Algave - Portugal
Tendências do Programa
PESQUISAS
Gestão Econômico-Financeira
de Organizações
GEFO
Gestão de Pessoas e
Organizações
GPO
Governança Corporativa
Competitividade
Responsável
Migração Regional
de trabalhadores
Cadeia de gás
e petróleo
Transversalidade
Educativo-Cultura do
desenvolvimento
Processo
de
Envelhecimento
e
trabalho
Responsabilidade
Organizacional
Bem-estar no trabalho
Riscos
econômico-financeiros
Tendências do Programa
Ações de Extensão O programa, possui 3 professores associados à Cátedra
Comunitária
Prefeito Celso Daniel de Gestão de Cidades.
• Pesquisas regionais sobre infância e adolescência vulnerável, gestão regional da cultura, elaboração de
documentos para a Rio + 20, em parceria com a FAPESP e outros movimentos sociais e assessoria a 20
instituições locais/regionais que desenvolvem um trabalho liderado pelo Ministério Público e denominado
Cultura de Paz na Escola – Profa. Dra. Dagmar Silva Pinto de Castro, Prof. Dr. Wanderley de Paulo , Prof. Dr.
Luiz Jurandir. Simões.
• Parceria com o Observatório de Economia – Coordenadora Prof. Ms. Silvia Okabayashi, – Pesquisa sobre a
intenção de compra – Responsabilidade Global – Profa. Dra. Dagmar Silva Pinto de Castro, Prof. Dr.
Wanderley de Paulo, Prof. Dr. Luiz Jurandir. Simões.
• O PPGA possui seminários especiais, semestralmente, para devolver e interagir com arranjos produtivos e
movimentos sociais da região sobre os produtos das pesquisas individuais e grupais, centrados na
sustentabilidade regional – Prof. Dr. Luiz Roberto Alves.
• O PPGA apoia a central de formação e estágio em Administração, que recebeu fomento da FINEP e, em
parceria com a Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, criou e desenvolveu um sistema de
incubação de negócios comunitários, inicialmente para até 40 negócio – todos professores do PPGA.
• O PPGA indicou representantes que desde o segundo semestre de 2011 participam simultaneamente do
Núcleo de Inovação da FGV-SP e do GT de Inovação do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, que
também se associa à revista regional Inova e ao Parque Tecnológico Regional, em formação – prof. Dr.
Alberto Claro.
• O professor colaborador Luciano Venelli será um dos pesquisadores da Metodista junto à Petrobrás, que
instala um centro regional para o trabalho com o pré-sal e, nesse caráter, apoiará o GT de Inovação e a
constituição do Parque Tecnológico, o que ampliará nossas relações regionais.
Tendências do Programa
Estágio e Formação A formação do docente, incluindo o estágio, é um valor
central do Programa.
• O NEEPEA: busca contribuir na formação de docentes do ensino superior no campo da administração, via
capacitação para atuar no enfrentamento dos desafios inerentes à gestão educacional e ao trabalho
educativo cotidiano e está embasado numa sólida compreensão dos processos de ensino-aprendizagem,
particularmente da investigação científica. Através do estágio em docência, o núcleo oportuniza um
aprofundamento dos fundamentos da didática no ensino e discute as rupturas epistemológicas no campo das
ciências sociais aplicadas e particularmente da administração. O estágio procura desenvolver modalidades de
planejamento do trabalho pedagógico pressupondo a relação pedagógica nos diversos contextos formativos,
inclusive com as implicações didáticas das novas tecnologias e da educação a distância.
• Coord. Profa. Dra. Dagmar Silva Pinto de Castro
• Prof. Dr. Almir Vieira Martins
• Monitoras: Luciane Duarte e Luciana Demarchi
Tendências do Programa
Integração com a
Graduação
Benefícios recíprocos da integração com os cursos de
graduação
• Os professores da Faculdade de Administração e Economia (FAE), alocados no Curso de Mestrado em
Administração, dedicam suas horas de trabalho tanto na Pós-Graduação como na Graduação.
Orientação de docentes da
Graduação em pesquisas
de Extensão
Membros da
Cátedra
Gestão de
Cidades
Orientação de
TCC
Iniciação
Científica
Cursos de
Graduação
EAD
BIBLIOGRAFIA
Projeto Pedagógico do Mestrado em Administração
PPI Universidade Metodista de São Paulo
Relatório Capes-2011
CRÉDITOS
Coordenador PPGA - Prof. Dr. Luiz Roberto Alves
Diretor da FAE - Prof. Doutr. Luiz Silvério
Pró-Reitor de Pesquisa e Extensão - Prof. Dr. Fábio Botelho Josgrilberg
Apresentação e produção:
Docente - Profa. Dra. Dagmar Silva Pinto de Castro
Discente - monitora do NEPPEA - Luciana Demarchi
Arte:
Discente: Luciana Demarchi
Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu
em Administração

similar documents