Apresentação do PowerPoint - ministério jovem da união nordeste

Report
CLUBE SEM CLASSE NÃO
TEM CLASSE
Temos visto que grande parte dos clubes de
Desbravadores tem dificuldades para cumprir os planos
estabelecidos de classes regulares e avançados do
currículo do clube. Em muitas situações, até para
cumprir as especialidades tem sido difícil. Infelizmente
existem clubes que estão dando ênfase somente em
ordem unida, recreação ou acampamentos. Essas
atividades são fantásticas e importantíssimas, mas não
podem ser as únicas atividades realizadas no clube.
O reflexo desse problema de não cumprir
as classes e especialidades é a falta de
líderes capacitados e conhecedores do
programa do clube em alguns lugares.
Alguns passam grande parte de sua vida
no clube, chegam aos 16 ou 18 anos e
logo vão iniciar as classes agrupadas. O
ideal é seguir com o programa normal de
cumprimento das classes e especialidades.
Queremos motivar os líderes a cumprir as classes e
especialidades. Por isso, o lema: “Clube sem classe
não tem classe”. O clube que não cumpre as classes
fica duplamente desclassificado. As classes precisam
ser feitas, e bem feitas. Ninguém deve ter pins em seu
bolso que não foram conquistados com honestidade e
trabalho, assim como não é correto um desbravador
permanecer no clube sem estar cumprindo suas
classes e especialidades.
Ao traçar seu planejamento, a direção deve ter
como primeira preocupação atender aos
requisitos das classes segundo a idade dos
desbravadores de seu clube. As classes e
especialidades são a base da programação geral
do clube, e não uma alternativa. Só para
recordar, veja o quadro abaixo:
IDADE
CLASSE REGULAR
CLASSE AVANÇADA
10 ANOS
Amigo
Amigo da Natureza
11 ANOS
Companheiro
Companheiro de Excursão
12 ANOS
Pesquisador
Pesquisador de Campos e Bosques
13 ANOS
Pioneiro
Pioneiro de novas fronteiras
14 ANOS
Excursionista
Excursionista na mata
15 ANOS
Guia
Guia de Exploração
16 ANOS
Líder
18 ANOS
Líder Master
20 ANOS
Líder Master Avançado
Se o clube tem dificuldade de seguir o programa
por idade, pode-se criar um sistema alternativo,
que seria feito por unidade. O conselheiro tem
que acompanhar os desbravadores no
cumprimento de suas classes e especialidades.
Para que tudo aconteça perfeitamente, é
necessário que cada clube tenha seu espaço, e é
dentro desse espaço que o conselheiro ou
instrutor dará as classes aos desbravadores.
Outro ponto que deve ser ressaltado é o fato de que no
programa do clube, as datas de cerimônia de investidura
devem ser marcadas e divulgadas previamente para que
todos se preparem com antecipação e sem apuros. O
recomendável é que a primeira investidura do ano seja
no Dia do Desbravador, para que essa data possa marcar
a vida do Desbravador de forma especial. O clube não
deveria fazer mais do que três investiduras no ano, mas
o ideal é que se fizessem somente duas, para que a
cerimônia não acabe se tornando uma programação
normal. As crianças precisam sonhar e esperar por essa
data com ansiedade.
Para cada classe, o desbravador deve
apresentar todo o seu material em uma pasta.
Ao concluir a última classe, todos devem ter o
material de todas as classes. Não é necessário
que o clube tenha o material de cada
desbravador em um arquivo. Na secretaria do
clube, deve haver apenas uma ficha de
controle contendo o nome de cada
desbravador e suas classes conquistadas, com
data, dados da cerimônia, etc.
O coordenador distrital ou regional é o responsável
por todas as investiduras dos clubes de seu distrito.
Nenhum diretor deve executar uma programação
de investidura sem o conhecimento de seu
coordenador ou Pastor. Somente líderes investidos
poderão oficiar a cerimônia de investidura. Quando
a investidura for de líderes, todo o processo deve
ser feito com o Departamental do campo. Ninguém
pode oficiar uma investidura de líder sem o
conhecimento e autorização do Departamental.
As investiduras deverão ser sempre cerimônias
muito especiais.
Jamais se esqueçam: “Clube sem classe não tem
classe”.
Metas para o Clube de
Desbravadores
1. Cadastrar o clube na Associação até o
mês de Abril de cada ano.
2. Realizar com êxito as reuniões
semanais dentro de um planejamento.
3. Manter as informações atualizadas
durante todo o ano.
4. Investir nas reuniões de sábado à tarde
como uma maneira de melhorar a
espiritualidade dos membros do clube.
5. Motivar e coordenar a leitura do Ano
Bíblico como parte da devoção de cada
desbravador.
6. Lançar e acompanhar a leitura do Clube
do Livro do Ano.
7. Participar do Campori de sua
Associação.
8. Cada clube deve batizar pelo menos 4
desbravadores durante o ano.
9. Realizar uma programação
evangelística na Semana Santa.
10. Incentivar os desbravadores a formar
duplas missionárias para alcançar a
outros juvenis.
11. Ter uma classe bíblica funcionando
durante todo o ano.
12. Formar novos líderes: Líder, Líder
Master e Líder Master Avançado.
13. Realizar as classes e especialidades
com os desbravadores.
14. Cada clube deve ter sua sala de
depósito.
15. Todos os clubes devem ter o uniforme
correspondente ao de sua União na metade
do ano.
16. Participar da Convenção do Ministério
Jovem promovida pelo campo.
17. Envolver o Clube no Projeto Vida por
Vidas.
18. Participar do Projeto Missão Calebe
promovido pela União Nordeste Brasileira.
19. Desenvolver projetos missionários e
comunitários.

similar documents