Ora__es subordinadas..

Report
Orações
Subordinadas
Adverbiais
Professora Raysa
2º Ano
Função
As orações
subordinadas adverbiais
funcionam no período como
um advérbio, modificando o
sentido de outras orações
e ocupando a função de um
adjunto adverbial.
Classificações
As orações
subordinadas
adverbiais são
classificadas em
nove tipos:
Causais
Expressam a causa, o motivo.
Conjunções
e
locuções
causais:
como
(sempre
introduzido
na
oração
anteposta à oração principal),
porque, pois, pois que, já
que, uma vez que, visto que.
Exemplo: Ela estudou porque
era necessário.
Consecutivas
Expressam a consequência.
São
introduzidas
pelas
conjunções e locuções: que,
de forma que, de sorte
que, tanto que, etc., e pelas
estruturas
tão...que,
tanto...que, tamanho...que.
Exemplo: Estudou tão pouco
que saiu mal na prova.
Condicionais
As
orações
subordinadas
adverbiais condicionais expressa
m o que deve ou não ocorrer para
que se realize ou deixe de se
realizar o fato determinado na
oração principal.
Conjunções condicionais: se, caso,
contanto que, desde que, salvo
se, exceto se, a não ser que, a
menos que, sem que, uma vez
que.
Exemplo: Se eu quisesse, viajaria
Concessivas
Expressam concessão e está
diretamente ligada ao contraste, à
quebra de expectativa.
Conjunções e locuções conjuntivas:
Embora, conquanto ainda que,
ainda quando, mesmo que, se
bem que, posto que, apesar de
que.
Exemplo:
Embora
estivesse
atrasado, ele me deu atenção.
Comparativas
Expressam uma comparação com
a ação indicada pelo verbo da
oração principal.
Principal conjunção: “Como”
Utilizam-se com muita frequência
as seguintes estruturas que formam
o grau comparativo dos adjetivos e
dos
advérbios: tão...como (quanto), ma
is (do) que, menos (do) que.
Exemplo: Ela conversa como um
papagaio.
Conformativas
Expressam conformidade.
Conjunções
conformativas:
conforme,
como,
consoante e segundo (toda
s com o mesmo valor
de conforme).
Exemplo:
Fiz
o
bolo conforme ensina a
receita.
Finais
Expressam finalidade.
Conjunções finais: que,
porque (= para que) e as
locuções conjuntivas a
fim de que, para que.
Exemplo: Aproximei-me
dela para que ficássemos
amigos.
Temporais
Expressam
uma
ideia
associada ao tempo.
Conjunções
subordinativas
temporais:
quando,
enquanto, mal e locuções
conjuntivas: assim que, logo
que, todas as vezes que,
antes que, depois que,
sempre que, desde que, etc.
Exemplo: Quando você saiu,
ela chegou.
Proporcionais
Expressam
ideia
de proporção; um
fato simultâneo ao
expresso na oração
principal.
Locuções conjuntivas
proporcionais: à proporção
que, à medida que, ao passo
que. Há ainda as
estruturas: quanto
maior...(maior), quanto
maior...(menor), quanto
menor...(maior), quanto
menor...(menor), quanto
mais...(mais), quanto
mais...(menos), quanto
menos...(mais), quanto
Exemplo: Estudo à
medida
que
tenho
dificuldade.

similar documents