as grandes conferências internacionais

Report
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
Posteriormente à II Guerra Mundial,
ocorreu um considerável crescimento
econômico, um dos motores desse
crescimento foi a atividade industrial,
que trouxe uma série de problemas
ambientais, problemas esses que
eram capazes de comprometer a
saúde e a qualidade de vida do seres
humanos. Essa preocupação deu
origem às ONGs (Organizações nãogovernamentais)
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 Estocolmo 1972
• Foi marcada por uma visão antropocêntrica de
mundo;
• A Conferência foi marcada pelo confronto entre as
perspectivas dos países desenvolvidos e dos países em
desenvolvimento;
• A Conferência contou com representantes de 113
países, 250 organizações-não-governamentais e dos
organismos da ONU ;
• A Conferência produziu a Declaração sobre o Meio
Ambiente Humano.
Prof. Bogéa
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 A ECO-92
Dentre os objetivos principais dessa conferência,
destacaram-se os seguintes:
1. examinar a situação ambiental mundial desde 1972 e
suas relações com o estilo de desenvolvimento vigente;
2. estabelecer mecanismos de transferência de tecnologias
não-poluentes aos países subdesenvolvidos;
3. Incorporar de critérios ambientais e prestar socorro em
casos emergentes;
4. Prever ameaças ambientais e prestar socorro em casos
emergenciais;
5. Reavaliar os organismos da ONU, eventualmente
criando novas instituições para implementar as
decisões da conferência.
Prof. Bogéa
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 ECO-92: A Convenção do Clima
1. Adotar políticas que promovessem eficiência
energética e tecnologias “mais limpas”;
2. Reduzir as emissões do setor agrícola;
3. Desenvolver programas que protegessem os
cidadãos e a economia contra possíveis
impactos da mudança do clima;
4. Apoiar pesquisas sobre o sistema climático;
5. Prestar assistência a outros países em
necessidade;
6. Promover a conscientização pública sobre
essa questão.
Prof. Bogéa
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 ECO-92: a Convenção da
Biodiversidade
Nessa Convenção, está
prevista a transferência de
parte dos recursos ou lucros
obtidos com a exploração e
comercialização dos recursos
naturais para o local de
origem dos mesmos, que
receberia esse volume de
dinheiro para aplicar em
programas de preservação e de
educação ambiental.
Prof. Bogéa
As diferenças entre teoria e prática: as
dificuldades de implementação da ECO-92
• As questões econômicas ainda se sobrepõem
às questões ambientais. Um agravante é o
problema de desemprego, que leva muitos
governos a associarem a preservação
ambiental com a diminuição da atividade
econômica.
• Os países ricos não fazem esforços reais
para cumprir as legislações internacionais,
pois sofrem pressões de grupos empresariais
prejudicados por muitos desses tratados.
Prof. Bogéa
As diferenças entre teoria e prática: as
dificuldades de implementação da ECO-92
• Os organismos internacionais dedicados à
diminuição da pobreza e às campanhas de
educação ambiental padecem de falta de
recursos financeiros.
• As tecnologias para produção de energia
limpa, bem como os programas de
reciclagem em escala industrial, necessitam
de mais pesquisas para se tornarem viáveis
ao ponto de levarem ao abandono de
práticas poluidoras.
Prof. Bogéa
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 O Protocolo de Kyoto
É um acordo internacional para reduzir as
emissões de gases-estufa dos países
industrializados e para garantir um modelo
de desenvolvimento limpo aos países em
desenvolvimento. O documento prevê que,
entre 2008 e 2012, os países desenvolvidos
reduzam suas emissões em 5,2% em relação
aos níveis medidos em 1990.
O tratado foi estabelecido em 1997 em Kyoto,
Japão, e assinado por 84 países. Destes,
cerca de 30 já o transformaram em lei. O
pacto entrará em vigor depois que isso
acontecer em
Prof.pelo
Bogéamenos 55 países.
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 A RIO+10
A Rio +10, ou Cúpula do Desenvolvimento
Sustentado, que se realizou em Johanesburgo, África
do Sul.
Algumas discussões:
- Clima e Energia – foi estabelecido o uso de energias
limpas;
- Subsídio Agrícola – a superficialidade do texto
fortalece a OMC controlada pelos países ricos, e
esvazia o papel da ONU.
- Kyoto – nada mudou, pois os países que não haviam
assinado até então apenas prometeram que
estudariam o caso;
- Biodiversidade – decidiu-se reduzir o ritmo de
desaparecimento das espécie em extinção e repassar
Prof. Bogéa
os recursos obtidos
a seus locais de origem.
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 A RIO+10
A Rio +10, ou Cúpula do Desenvolvimento
Sustentado, que se realizou em Johanesburgo,
África do Sul.
Algumas discussões:
- Água e Saneamento – foi decidido que deve aumentar
o número de pessoas com acesso a água potável.
- Transgênicos – foram objeto de grande polêmica, pois
as organizações supranacionais recomendam que
regiões com fome crônica adotem esses alimentos;
- Pesca e Oceano – prevê a criação de áreas de
proteção marinha e a abolição imediata de qualquer
subsídio à atividade pesqueira irregular.
Prof. Bogéa
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
 A Agenda 21
é considerada a mais abrangente tentativa de
promover um novo padrão de
desenvolvimento em nível mundial por meio
da proposta de conciliação dos métodos de
proteção ambiental com justiça social e
eficiência econômica.
Algumas questões:
- geração de emprego e de renda;
- diminuição das disparidades regionais e
interpessoais de renda;
- mudança nos padrões de produção e consumo;
- adoção de novos modelos e instrumentos de
gestão.Prof. Bogéa
AS GRANDES CONFERÊNCIAS
INTERNACIONAIS
Intenção,
desejo de
mudanças,
visando
criar um
modelo de
civilização
Prof. Bogéa
No qual seja
possível a
convivência e
a
simultaneida
de do
equilíbrio
ambiental
com a justiça
social entre
as nações.

similar documents