Administração da Produção

Report
Curso: Administração
Disciplina: Administração da Produção
Prof. Msc. Lucio Sanches
Data: 06/02/2014
Plano de Ensino
Ementa: Estudos dos aspectos de curto,
médio e longo prazo da administração da
produção; Enfatizando o planejamento da
produção e a caracterização da programação e
controle da produção dentro de um contexto
estratégico.
Objetivo:
Desenvolver noções básicas da
Administração voltada para a Produção, seja esta de
bens ou de serviços, apresentando tecnologias
administrativas para uma maior racionalidade nas
tomadas de decisões na produção e controle de
materiais.
Plano de Ensino
Conteúdo Programático
1 – Conceitos Básicos de Administração da Produção
2 – Sistemas de Produção
3 – Tecnologias de Gestão de Processos Produtivos (MRP,
MRP II e ERP)
3 – Planejamento Agregado de Produção
4 – Planejamento Mestre de Produção
5 – Arranjo Físico de Produção
6 – Balanceamento da Produção (Linha de produção;
capacidade)
7 – Teoria das Restrições
Plano de Ensino
Sistema de Avaliações
1º Bimestre
 Desenvolvimento de Atividades – 0 a 3,0 pontos
 Prova Bimestral – Individual – 0 a 7,0 pontos
2º Bimestre
 Desenvolvimento de um trabalho bimestral – 0 a 5,0 pontos
 Prova Bimestral – Individual – 0 a 5,0 pontos
Plano de Ensino
Bibliografia Básica
 CHIAVENATO, Idalberto. Administração da Produção –
Uma abordagem Introdutória. São Paulo: Campus, 2005.
 CORREA, C. A.; CORREA, H. L. Administração da
Produção e Operações. São Paulo: Atlas, 2005.
 TUBINO, Dálvio F. Manual de Planejamento e Controle
da Produção. São Paulo: Atlas, 2000.
Plano de Ensino
Bibliografia - Complementar
SLACK, N. et all,. Administração da Produção. São Paulo, Atlas, 2002.
MARTINS,Petrônio G.; LAUGENI, Fernando P. Administração da Produção. São
Paulo: Saraiva, 2006.
GOLDRATT, Eliyahu M. ; COX, Jeff. A Meta: um processo de melhoria continua.
São Paulo: Campus, 1997.
ABRANTES, José. Programa 8S – da Alta Administração a Linha de Produção: O
que fazer para aumentar o lucro. São Paulo: Interciência, 2007.
MOURA, Reinaldo Aparecido. Kanban: a simplicidade do controle da produção.
São Paulo: IMAM, 2003.
Administração da Produção
É o conjunto de atividades que criam bens e
serviços
por
meio
do
processo
de
transformação de entradas em saídas.
As atividades que criam bens e serviços
ocorrem em todas as organizações.
7
Momentos chaves da História da
Administração de Produção
o Eli Whitney (fins de 1700s)
- Intercambiabilidade de Partes
o Frederick Winslow Taylor (inicio 1900s)
- Administração científica
o Henry Ford (inicio 1900s)
- Produção em massa
o Alfred P. Sloan, Jr. (1920s)
- Planejamento Centralizado e
Controle Descentralizado
8
PRESSÃO DA CONCORRÊNCIA
SUPRIMENTO
DESENVOLV. DE
PRODUTOS
PRODUÇÃO
SERVIÇOS
AGREGADOS
DISTRIBUIÇÃO
EXIGÊNCIAS DO MERCADO
9
A FUNÇÃO PRODUÇÃO
O Processo de Transformação
Inputs
Recursos Humanos,
Instalações e Processos,
Materiais, Terra, Energia
e Informação
Outputs
Bens
Processo de
transformação
Serviços
Medida de Performance
(Qualidade, Custo, Produtividade, etc.)
10
Objetivos
Estratégicos
da Produção
Ambiente
INPUT Recursos a
serem
transformados
Papel e
Posição Competitiva
de Produção
Estratégia
de Produção
Materiais
Informações
Consumidores
Projeto
Melhoria
INPUT
Instalações/
Pessoal
OUTPUT
BENS
E
SERVIÇOS
Planejamento
e Controle
INPUT Recursos de
transformação
Ambiente
11
Exercícios
1 – Toda empresa deve ter um produto/serviço final. Para as empresas
relacionadas a seguir, caracterize os insumos (inputs) e os
produtos/serviços finais (outputs):
a) Restaurante
b) Fast-food
c) Consultório médico
d) Hospital
e) Montadora de automóveis
f)
Companhia aérea
g) Clube de Futebol
h) Empresa de táxis
12
Exercícios
2 – As expressão “função de transformação” refere-se a um conjunto de
processos e/ou regras que transformam um produto e/ou serviço de um
estágio n para o próximo n+1. Dê exemplos de processos de transformação
para os seguintes casos:
a) Restaurante
b) Hospital
c) Montadora de automóveis
d) Confecção de camisetas
13
Fatores de Produção
14
Fatores de Produção
Terra
(ou natureza )
são os recursos naturais usados na
produção, provenientes da natureza.
15
Fatores de Produção
Capital
São bens materiais produzidos pelo o homem e que serão
utilizados na produção mas não se destinam à imediata
satisfação das necessidades. O capital pode também ser
expresso como valor monetário, pois, além de facilitar,
remunera o trabalho.
16
Fatores de Produção
Trabalho
É o esforço do homem tão necessário em
qualquer tarefa. Os materiais retirados da
natureza são transformados pela força do
trabalho, tanto através de atividades físicas
como empresariais. O trabalho humano é
responsável pela transformação dos produtos.
17
Fatores de Produção
Tecnologias
Corpo de conhecimentos que a empresa
conta para produzir bens e/ou serviços.
18
Sistemas de Produção
19
ENGENHARIA/ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO
ENGENHARIA/ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL
ENGENHARIA/ADMINISTRAÇÃO DE OPERAÇÕES
PRODUÇÃO EM MASSA
PRODUÇÃO ENXUTA
20
Conceitos – Engenharia/Administração Industrial
 Linha de montagem,
 Posto de trabalho,
 Estoques intermediários,
 Monotonia do trabalho,
 Arranjo físico;
 Balanceamento de linha;
 Produtos e processos;
 Motivação;
 Sindicatos;
 Manutenção preventiva;
 Controle estatístico de qualidade;
 Fluxograma de processos.
21
Conceitos – Produção Enxuta
 O JIT(Just in Time)
 Engenharia simultânea
 Tecnologia de grupo
 Consórcio modular
 Células de produção
Desdobramento da função qualidade;
Comakership;
Sistemas flexíveis de manufatura;
Manufatura integrada por computador;
Benchmarking.
22
EMPRESA PRODUCT-OUT versus
MARKET-IN
“PRODUCT OUT”
Baixa orientação para
o mercado e alta
orientação para a
produção
“MARKET IN”
Baixa orientação para a
produção e alta orientação
para os processos e o
mercado
Orientação para o mercado
23
O imperativo da competitividade
Vantagem competitiva
Empresa de classe mundial
Estratégias competitivas
Planejamento estratégico
Estratégia de manufatura
Custos
Qualidade
Prazos de Entrega
Flexibilidade
Inovação
Tecnologia
Produtividade
O Projeto do Produto
Design for assembly (DFA)
Design for manufacture (DFM)
Design for disassembly (DFD)
Design for environment (DFE)
Design for assembly (DFA) –
Facilidade de Montagem
 Facilidade
de montagem é uma prática que tem em
mente o objetivo de projetar um produto de modo que
possa ser facilmente montado.
 Procura tornar a montagem do produto o menos custosa
e mais otimizada possível.
Design for Manufacture – DFM –
Facilidade de fabricação
 Objetiva
projetar um produto de modo que possa ser
facilmente fabricado a baixo custo.
 Procura tornar a manufatura do produto o mais fácil
possível.
Design for Manufacture – DFM –
Facilidade de fabricação
 Simplificação
das operações
 Processos repetitivos e bem compreendidos
 Sem manuseio excessivo
 Uso de ferramentas
 Análise de Valor – Engenharia de Valor
Design for Disassembly - DFD –
Facilidade para a Desmontagem
O
objetivo é projetar um produto que seja facilmente
desmontável de modo a facilitar a sua disposição após o
uso ou mesmo a manutenção ou recuperação com a
substituição dos componentes que se desgastaram.
 Os produtos recuperados e prontos para novamente
serem usados recebem a denominação de refurbished
(peças recondicionadas).
Design for Environment –
Adaptabilidade ao meio ambiente
 Tem
o objetivo de projetar um produto composto de
materiais recicláveis ou biodegradáveis e que consuma
pouca energia, tanto na fabricação quanto no seu uso.
 Na Holanda, por exemplo, um televisor colorido é
considerado um resíduo químico e, como tal, deve ser
tratado.
 Na Europa, já está implantado um “selo verde” para os
produtos que atendam às exigências ambientais.
Idéias Para Novos Produtos
o
Dirigidas pela Tecnologia
o
Dirigidas pela Pesquisa de Mercado
o
Dirigidas pelo Cliente
Ciclo de Vida do Produto
1 – Introdução
2 – Crescimento
3 – Maturidade
4 - Declínio
Aspectos internos
Geração da idéia
Especificações
Seleção do produto
Projeto preliminar
Construção do protótipo
Testes
Projeto final
Introdução
Avaliação
Aspectos externos
Primeiros Passos na Introdução
de um Novo Produto
1. Geração da Idéia
2. Especificações
3. Seleção do produto
4. Projeto preliminar
5. Construção do protótipo
6. Testes
7. Projeto final
8. Introdução
9. Avaliação

similar documents