Alunos da 5ª série com a mão na massa: bolo de frações

Report
ALUNOS DA 5ª SÉRIE COM A MÃO NA
MASSA
BOLO DE FRAÇÕES
O ENSINO DO CONCEITO DE FRAÇÕES ATRAVÉS
DE OFICINAS PODE SER UM CAMINHO NA
SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES QUE OS ALUNOS
ENFRENTAM NO ENTENDIMENTO DESTE
ASSUNTO, INTRODUZINDO-OS NUM PROCESSO
REFLEXIVO SOBRE O ENSINO DESTE CONCEITO,
ALÉM DE TRABALHAR NA VIVENCIA PRÁTICA
QUESTÕES RELEVANTES COMO A ALIMENTAÇÃO
E A DIVERSIDADE E GÊNERO.
PROFª JUSSANE
OBJETIVOS






Despertar o interesse do aluno sobre a teoria e a prática
de frações, desenvolvendo as habilidades de raciocínio
lógico, criatividade e cálculo através de diversas
atividades e curiosidades matemáticas;
Discutir atividades relativa ao mundo de trabalho
particularmente ligadas à especificidade de assuntos de
saúde e segurança do trabalho para homens e mulheres
e na prioridade atribuída à eqüidade de participação de
mulheres e homens de vários grupos em estruturas de
decisão;
Desmistificar crenças e preconceitos de que só meninas
vão para a cozinha (diversidade e gênero);
Utilizar os cuidados com a higiene alimentar e seus
benefícios;
Saber preparar uma receita adequadamente.
Utilizar corretamente as medidas de massa e
capacidade.
ALUNOS (AS)
LUCAS
BATTISTI
ALUNOS (AS)
PAMELA GARBIN
BOLO DE FRAÇOES - FUNÇÕES DE CADA ALUNO
1. Organizar a mesa com todos os ingredientes a serem utilizados na confecção do bolo  1

 3 xícara
 3

FELIPE
PATRICK
2. Medir e separar a farinha de trigo
AMANDA
CARVALHO
KEMELYN
3. Medir e separar o açúcar
ANDRÉ
MARCELO
4. Medir e separar o chocolate em pó
FELIPE,
AMANDA E
ANDRE
PATRICK, KEMELYN
E MARCELO
GULHERME
MARCOS
ECHILYN
PAMELA KOLLN
5. Medir e separar o óleo de soja 2
1
 3
6. Medir e separar a água morna
CATIELI
VIVIANE
6 e 7. Misturar e mexer muito bem após a adição do óleo e da água.
KATHLEEN
KARENN
IGOR
WILLIAN
RAFAEL NARDINO
MAYRA
8. Quebrar os ovos um a um e separá-los (3 ovos)
9. Misturar e mexer muito bem após a adição dos ovos.
 1

10. Medir e separar o fermento em pó
1 colher
IGOR
MAYRA
10. Misturar e mexer delicadamente após a adição do fermento em pó.
AMANDA Z
DALILA
LARISSA
MILENA
11. Untar a forma com óleo.
12. Colocar a massa na forma entregá-la á cozinheira solicitando seu cozimento.
EDUARDO
KATRINE DE S.F.
13. Separar os materiais para serem guardados ou colocados no saco de lixo.
BRUNA
KATHLYN ONS
14. Separar os materiais para serem guardados ou colocados no saco de lixo
JULIO
RAFAEL KRACKER
LERNER
15. Fiscalizar e avaliar a participação de cada aluno deste grupo atribuindo nota de zero a dez.
AMANDA L.
BRESSIANI
KATRINE KOLING
16. Fiscalizar e avaliar a participação de cada aluno deste grupo atribuindo nota de zero a dez. Pode
escrever observações.
 1

 2 xícara
 4

 1

1 xícara
 3

2.3.4. Misturar bem a farinha de trigo, o açúcar e o chocolate em pó
 1

1 xícara
 5


xícara


 3



OS CRACHÁS FICARAM LEGAIS...
AMANDA
CARVALHO
MARCOS
3. Medir e separar o
açúcar  2 1 xícara
 4

5. Medir e separar
o óleo de soja
 1

1 xícara
 5

DEPOIMENTOS DOS ALUNOS....













“O momento que mais gostei foi quando fiz a cobertura dos dois bolos e quando
comemos ele, também aprendi que devemos colocar os ingredientes na hora certa
e devemos dar lugar aos outros para ajudarem também... Aprendemos mais um
pouco sobre frações. (Amanda Zamboni . 51)
Vou pedir para minha mãe que ela deixe fazer minha receita... Não vejo a hora
de fazer um com minha mãe... (Rafael Fortunato).
Eu nunca tinha feito um bolo na minha vida... (Amanda Carvalho).
“... Aprendi muito, aprendi que devemos ter cuidados com os alimentos, ter
higiene e que é muito bom fazer atividades diferentes com amigos”. Em casa, eu,
minha mãe e minha prima fizemos juntas um bolo e ficou delicioso” . (Bruna)
“Eu aprendi a medir a quantia de farinha, água morna, chocolate em pó e
também outros ingredientes do bolo, eu me senti legal, inteligente e com muito
prazer de ajudar”. (Echilyn)
“Me senti um confeiteiro porque ajudei a fazer o bolo e comi” (Felipe)
“gostei de participar ... Para demonstrar que se aprende na escola se utiliza no
dia-a-dia e também para mudar o tipo de aprendizagem”. (Guilherme
“Além do bolo o suco estava muito bom” (Julio)
“A experiência foi muito boa, aprendi coisas que não sabia (Karenn)
“Essa atividade foi fundamental na nossa aprendizagem” (Kemelyn)
“Eu me senti ótima ajudando” (Ketlyn Ons)
“Eu me senti uma chefe de cozinha”. (Kathleen Amanda)
“O momento que mais gostei foi a parte em que eu coloquei o chocolate em pó e
nós mexemos” (Marcelo)
DEPOIMENTOS DOS ALUNOS....








No bolo das frações eu aprendi que devemos fracionar porque não é só no bolo, mas no
arroz, no feijão ... Tem fração” (Milena)
“... Mas a parte que mais gostei foi na hora de tirar o bolo, pois todos estavam orgulhosos
do que fizeram”(Pâmela Garbin)
“Sabe! Eu senti como estivesse fazendo um prato para um restaurante e que eu era uma
das principais pessoas para fazer o bolo” (Pâmela Kölln).
“Eu dei as notas para os colegas e não teve nenhuma nota abaixo de sete”. (Rafael Kracker)
“Foi muito legal fazer este bolo e ele ficou uma delicia”. (Viviane)
“... Nós devíamos fazer mais vezes esse tipo de atividade”. (Willian)
“Eu pensei que o bolo daria errado, mas com nossa competência o bolo deu certo”.
(Amanda Carvalho).
“Eu aprendi que trabalhar em equipe é melhor do que trabalhar sozinho e aprendi que
quando se coloca fermento na massa tem que mexer bem suave”. (Eduardo)
Concluindo ....




Utilizar fração na nossa receita foi uma experiência deliciosa para a 5ª série.
Sabem que a cozinha é um lugar excelente para se entender fração?
Em meio à farinha, açúcar, ovos, fermento, ficou bem gostoso aprender fração.
O cheirinho do bolo tomou conta da cozinha, do Zélia e quem o degustou sentiu
que a mistura deu certo.
Agradecemos a todos que não mediram esforços para o sucesso desta atividade.
 Valeu!!! Profª Jussane

similar documents