clique aqui para usar a lição

Report
Tema do Trimestre - 4T14 – As Cartas de Paulo IV
1e2Tessalonicenses, 1e2Timóteo, Tito e Filemom
Cartas Apostólicas
Estudo 05 - “Estai firmes”
(Como viver dignamente a fé cristã)
Texto bíblico – 2Tessalonicenses 2.13 a 3.18
Texto áureo – 2Tessalonicenses 2.15
“Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai
as tradições que vos foram ensinadas, seja
por palavra, seja por epístola nossa.”
Tema do Trimestre - 4T14 – As Cartas de Paulo IV
Estudo 5 - Introdução I
Este texto final das cartas de Paulo aos
crentes em Tessalônica pode ser visto
como uma chamada para o viver cristão
coerente, digno, honrado.
Ele vai lembrar a necessidade de que o
crente deve viver diante do mundo com
uma ética que seja compatível com a sua
fé. Ele não pode se deixar levar pelos
apelos mundanos em face da salvação que
lhe foi outorgada por Jesus Cristo.
Tema do Trimestre - 4T14 – As Cartas de Paulo IV
Estudo 4 - Introdução II
O viver cristão coerente não se
expressa apenas pela leitura da Bíblia,
pela frequência dominical à igreja, ou
pela busca por uma comunhão maior com
Deus por meio da oração.
Tudo isto, sem dúvida, é válido, mas só
se torna efetiva e verdadeiramente
coerente se em seu viver diário o
crente vive o verdadeiro Evangelho de
Cristo.
Tema do Trimestre - 4T14 – As Cartas de Paulo IV
Estudo 4 - Introdução III
Não há consistência numa vida cristã que
procura pregar o Evangelho de Cristo ao seu
próximo, mas ao mesmo tempo, age, atua,
vive em desarmonia com os princípios morais
e sociais deste Evangelho.
Coerência na vida cristã é quando você fala
do que crê para os seus vizinhos mas ao
mesmo tempo vive e pratica aquilo em que
crê. Crente “camaleão”, “marcha lenta”,
“roda presa”, não existe!
Tema do Trimestre - 4T14 – As Cartas de Paulo IV
Estudo 4 - Introdução IV
Nosso desafio é grande:
Como “estar firme e conservar as
tradições” oriundas da Palavra de Deus,
quando a sociedade ao redor mais e mais
se torna liberal ou mesmo libertina,
oficializando o casamento “gay”,
regulamentando o uso das drogas,
entrando em nossas casas com a
pornografia mais vil, acobertando ou
aceitando a prática da corrupção e do
suborno como algo natural e normal.
A leitura dos textos a
seguir vão nos expor
exatamente isto:
2Tessalonicenses 2.13-17
13 Mas nós devemos sempre dar graças a Deus por vós,
irmãos, amados do Senhor, porque Deus vos escolheu
desde o princípio para a santificação do espírito e a fé
na verdade,
14 e para isso vos chamou pelo nosso evangelho, para
alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo.
15 Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as
tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra,
seja por epístola nossa.
16 E o próprio Senhor nosso, Jesus Cristo, e Deus nosso
Pai que nos amou e pela graça nos deu uma eterna
consolação e boa esperança,
17 console os vossos corações e os confirme em toda boa
obra e palavra
O final do capítulo 2
já lido por nós no
domingo passado nos
estimula a uma vida
cristã de firmeza e
santidade em face
do mundo:
2Tessalonicenses 3.1-5
1 Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a
palavra do Senhor se propague e seja glorificada.
como também o é entre vós,
2 e para que sejamos livres de homens perversos e
maus; porque a fé não é de todos.
3 Mas fiel é o Senhor, o qual vos confirmará e
guardará do maligno.
4 E, quanto a vós, confiamos no Senhor que não só
fazeis, mas fareis o que vos mandamos.
5 Ora, o Senhor encaminhe os vossos corações no
amor de Deus e na constância de Cristo.
Paulo pede orações
em favor do seu
ministério, confiante
também que o Senhor
estará guardando o
seu povo:
2Tessalonicenses 3.6-10
6 Mandamo-vos, irmãos, em nome do Senhor Jesus
Cristo, que vos aparteis de todo irmão que anda
desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós
recebestes.
7 Porque vós mesmos sabeis como deveis imitar-nos, pois
que não nos portamos desordenadamente entre vós,
8 nem comemos de graça o pão de ninguém, antes com
labor e fadiga trabalhávamos noite e dia para não sermos
pesados a nenhum de vós.
9 Não porque não tivéssemos direito, mas para vos dar
nós mesmos exemplo, para nos imitardes. 10 Porque,
quando ainda estávamos convosco, isto vos mandamos: se
alguém não quer trabalhar, também não coma.
Paulo
recomenda aos
crentes uma
vida digna
diante da
sociedade não
sendo pesados
a ninguém:
2Tessalonicenses 3.11-15
11 Porquanto ouvimos que alguns entre vós andam
desordenadamente, não trabalhando, antes
intrometendo-se na vida alheia;
12 a esses tais, porém, ordenamos e exortamos
por nosso Senhor Jesus Cristo que, trabalhando
sossegadamente, comam o seu próprio pão.
13 Vós, porém, irmãos, não vos canseis de fazer o
bem.
14 Mas, se alguém não obedecer à nossa palavra
por esta carta, notai-o e não tenhais relações com
ele, para que se envergonhe;
15 todavia não o considereis como inimigo, mas
admoestai-o como irmão.
O apóstolo embora sendo
severo em tratar a
indolência do crente, exorta
a igreja que assim proceda
mas sempre dentro do
espírito do amor fraternal
que deve existir na igreja.
2Tessalonicenses 3.16-18
16 Ora, o próprio Senhor da paz vos dê paz
sempre e de toda maneira. O Senhor seja
com todos vós.
17 Esta saudação é de próprio punho, de
Paulo, o que é o sinal em cada epístola; assim
escrevo.
18 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo
seja com todos vós
Paulo como nas
demais cartas
externa seu carinho
pela igreja e seus
membros em uma
saudação final
Concluindo – Perguntas que ficam
1. Como a igreja de hoje deve tratar a
indolência do crente em seu viver?
2. Ou não deve se ingerir nisto?
3. Há espaço para o “bolsa-família”
dentro da igreja cristã;
4. Todo e qualquer tipo de paternalismo
deve ser evitado em nossas igrejas?
5. E como tratar aqueles irmãos mais
humildes e simples?
6. Que acha do pastorado integral na
igreja moderna?
7. Qual a remuneração do pastor?
As cartas de Paulo nos
fazem refletir.

similar documents