Slides – Lição 04 (Betel)

Report
FIDELIDADE
Princípios e passos para uma jornada
cristã íntegra e frutífera
Lição 04
A Fidelidade às Doutrinas Cristãs
Igreja:
Professor:
Lição 04
A Fidelidade às Doutrinas Cristãs
Texto Áureo
“Expondo estas coisas aos irmãos, serás
bom ministro de Cristo Jesus,
alimentado com as palavras da fé e da
boa doutrina que tens seguido.” I Tm 4.6
Verdade Aplicada
Precisamos estar atentos para não sermos levados
por questões enganosas, por pessoas que se acham
detentores de revelações especiais, disseminadoras
de ideias egocêntricas, soberbas e cheias de vaidades.
Lição 04
A Fidelidade às Doutrinas Cristãs
Objetivos da Lição
1 – Identificar as causas do desvio doutrinário;
2 – Apontar as consequências do desvio doutrinário;
3 – Propor um retorno à fidelidade doutrinária.
Lição 04
A Fidelidade às Doutrinas Cristãs
Textos de Referência
I Timóteo 1.3-7
3 Como te roguei, quando parti para a Macedônia, que ficasses em
Éfeso, para adverti- res a alguns, que não ensinem outra doutrina,
4 Nem se deem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais
produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé;
assim o faço agora.
5 Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma
boa consciência, e de uma fé não fingida.
6 Do que, desviando-se alguns, se entregaram a vãs contendas;
7 Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem
nem o que afirmam.
Lição 04
A Fidelidade às Doutrinas Cristãs
Igreja:
Professor:
Introdução
A DOUTRINA BÍBLICA é a chave para sermos bem
sucedidos na caminhada cristã. Infelizmente, por
NÃO SER VALORIZADA, assistimos uma série de
novas “doutrinas” surgindo, não para a glória de
Deus e sim para o próprio homem.
1. Desvio Doutrinário Da Igreja
"Como te roguei, quando parti
para a Macedônia, que ficasses em
Éfeso, para advertires a alguns,
que não ensinem outra doutrina,"
I Timóteo 1:3
Esse desvio doutrinário se caracteriza de várias
formas, levando cristãos à DISTORÇÃO ou até
mesmo ao ABANDONO DA FÉ.
1. Desvio Doutrinário Da Igreja
1.1 Abandono do ensino bíblico e
entrega às fábulas
"Mas, ainda que nós mesmos ou
um anjo do céu vos anuncie outro
evangelho além do que já vos
tenho anunciado, seja anátema."
Gálatas 1:8
Paulo instrui Timóteo a não permitir a introdução
desses novos métodos de ensino, incompatível com o
legítimo e genuíno Evangelho, pois ele sabia que isso
traria deformação e conseqüentemente vícios
desnecessários à própria doutrina.
1. Desvio Doutrinário Da Igreja
1.2 Não aplicação do estudo das
Escrituras
"Querendo ser mestres da lei, e
não entendendo nem o que
dizem nem o que afirmam."
I Timóteo 1:7
Para quem deseja ensinar as
Escrituras é preciso seguir o exemplo
de Esdras (Ed 7.10). Ele propôs, em seu
coração, buscar, cumprir e ensinar a
Lei do Senhor.
1. Desvio Doutrinário Da Igreja
1.3 Ensino das Escrituras com
motivações impuras
Há aqueles que
ensinavam visando
lucros (2Co 2.17),
Outros por inveja e
porfia (Fp 1.15),
E aqueles que visavam
o domínio do rebanho
(1Pe 5.2,3; At 20.30).
“Qualquer desvio ou
afastamento doutrinário
é causado por
motivações humanas”.
(2Tm 3.1-7)
2. CONSEQUÊNCIAS DO DESVIO
DOUTRINÁRIO DA IGREJA
Os EFEITOS do desvio doutrinário são
perceptíveis aos olhos de todos, pois aquele que
se distancia do ENSINO salutar das Escrituras,
passa a ter dificuldades que o igualam às
pessoas que NÃO conhecem a Cristo.
2. CONSEQUÊNCIAS DO DESVIO
DOUTRINÁRIO DA IGREJA
2.1 Afasta as pessoas da Igreja
"E, por se multiplicar
a iniquidade, o amor
de muitos esfriará."
Mateus 24:12
A falta de AMOR, de um CORAÇÃO PURO, de uma
BOA CONSCIÊNCIA e de uma FÉ SINCERA promove
um afastamento do propósito verdadeiro que foi
dado à Igreja desde sua fundação
2. CONSEQUÊNCIAS DO DESVIO
DOUTRINÁRIO DA IGREJA
2.3 Produz contenda e não
edificação
HAVIA O DESEJO DE
UM SE MOSTRAR
MELHOR QUE O OUTRO
Esses desvios acarretam problemas e
divergências.
 Doutrinárias (1Tm 6.3-5; 2Tm 2.14)
 Pessoal e Espiritual (1Co 3.1-3; Tg 4.1)
2. CONSEQUÊNCIAS DO DESVIO
DOUTRINÁRIO DA IGREJA
2.3 Alvo fácil de manipulação
Essa manipulação ocorre por causa da FALTA
DE LEITURA e MEDITAÇÃO nas Escrituras e por
não dar OUVIDOS AOS ENSINOS PASTORAIS. A
consequência disso é que se tornam
PREGUIÇOSOS e ANALFABETOS ESPIRITUAIS,
IGNORANTES, MENINOS INCONSTANTES.
Efésios 4.11-14.
3. Retorno à Fidelidade
Doutrinária
3.1 Quando anunciamos a
Palavra com intenção pura
“Escondi a tua palavra no meu coração, para
eu não pecar contra ti.” Salmos 119:11
“Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais
penetrante do que espada alguma de dois gumes, e
penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e
medulas, e é apta para discernir os pensamentos e
intenções do coração.” Hebreus 4:12
3. Retorno à Fidelidade
Doutrinária
3.2 Quando produz
transformação
"Assim que, se alguém
está em Cristo, nova
criatura é; as coisas
velhas já passaram; eis
que tudo se fez novo."
II Corintios 5:17
Quando entendemos o VERDADEIRO OBJETIVO
da doutrina não apenas somos transformados em
uma NOVA CRIATURA, como também recebemos
condições para o crescimento espiritual, até
chegarmos à estatura de VARÃO PERFEITO.
3. Retorno à Fidelidade
Doutrinária
3.3 Quando à doutrina é
transmitida com graça
Ser FIEL À DOUTRINA bíblica é uma necessidade
urgente a todo cristão! Devemos estudar e meditar
intensamente na Bíblia e nas doutrinas cristãs para
que sejamos defensores da fé.
"De sorte que a fé é
pelo ouvir, e o ouvir
pela palavra de Deus"
Romanos 10:17
Conclusão
Paulo instrui a Timóteo e a nós que nunca
devemos nos apegar às doutrinas cristãs APENAS
NA TEORIA, mas sim na PRÁTICA DIÁRIA, com a
intenção de RESGATAR aqueles que estão se
distanciando. Esse trabalho é feito com AMOR
não fingido, tendo a fidelidade como bandeira,
nos fará firmes até a volta de Cristo.
FIDELIDADE
Princípios e passos para uma jornada
cristã íntegra e frutífera

similar documents