Plantão de Redação - Escola Rainha do Brasil

Report
ESPAÇO
INTERATIVO
ENEM E
VESTIBULAR
PROFESSORA: CRISTINA
DISCIPLINA: REDAÇÃO
A redação e muitas questões da prova
costumam abordar assuntos importantes e
atuais, seja do Brasil ou do mundo.
Com relação à produção textual, o que
mais causa apreensão é não ter uma ideia
precisa para começar a escrever. Na hora da
redação o importante é ter uma visão crítica
sobre a realidade e deixar os “achismos” de
lado.
Mais do que apostar em uma temática, o
importante é fazer redações com diferentes
temas sem cair no senso comum, sem fugir da
proposta, ser incoerente ou ferir os direitos
humanos (ENEM) em cada um dos possíveis
temas que você abordar.
Em
uma
dissertação
de
cunho
dissertativo-argumentativo, é importante que
o aluno demonstre firmeza e conhecimento
sobre o assunto em questão. Fazendo tudo
isso de maneira organizada, clara, objetiva ,
coerente e sem erros gramaticais, uma boa
nota será garantida.
Com relação ao Enem o Ministério da
Educação (MEC) e o INEP distribuirão a
cartilha da redação em todas as escolas da
rede pública de ensino. O documento ajuda o
estudante a compreender o que realmente
deve ser feito no dia da prova. Também é
possível fazer o download do material do
portal do Instituto.
Sistema de notas ENEM
* Notas de 0 a 1000
• peso na nota final: >50%
* Cinco critérios de correção
• 200 pontos cada
• divisões de 0, 40, 80, 120, 160
e 200
Condições de anulação
• fuga total ao tema
• fuga total à forma ( estrutura )
• texto com até 7 (sete) linhas
• linhas copiadas são desconsideradas
• palavras chulas
• desenhos
• desrespeito aos direitos humanos
SISTEMA DE NOTAS - UFRGS
As exigências e os critérios de correção da UFRGS e
do Enem são diferentes e, prestar atenção nesses
detalhes pode fazer muita diferença
A nota máxima da redação da UFRGS é de 25
pontos.
ATRIBUIÇÃO DE ZERO:
• evidenciar fuga ao tema;
• apresentar tipo textual diferente do solicitado;
• não atingir o número mínimo de 30 linhas.
NÚMERO DE LINHAS PROPOSTOS:
Mínimo 30 e máximo 50 linhas (independente do
título e considerando letra de tamanho regular).
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Os dois modos de avaliação: analítico e holístico
*ANALÍTICO
Estrutura e conteúdo – domínio da tipologia,
organização do texto, desenvolvimento do tema e do
ponto de vista, qualidade do conteúdo, coesão
textual, investimento autoral.
Expressão linguística – convenções ortográficas;
semântica (inadequação imprecisão, redundância);
pontuação; sintaxe e morfossintaxe.
*HOLÍSTICO
Aspectos observados:
* tema- verificar o grau de compatibilidade da
abordagem feita pelo candidato.
•modo composicional- modo de organização do
texto, ou seja, observar o texto como um todo.
* domínio linguístico- desempenho do candidato
com relação ao uso da língua: domínio da norma
culta e qualidade estilística.
Título
Enquanto que no vestibular o título é obrigatório,
no processo de avaliação do ENEM não existe essa
obrigatoriedade. Porém, uma boa redação começa
com um bom título.
Importante : um título criativo, original, que capte
a atenção do leitor e faça com que ele se interesse
pela leitura.
Temas abordados no vestibular e no ENEM
Os tipos de temas cobrados pela UFRGS e pelo
ENEM são diferentes. Na UFRGS, como ocorreu
neste ano, a subjetividade pode ser o foco principal
do texto.
Já, no Enem, há uma preferência por temas de cunho
social, político, científico e cultural.
Em 2014, a universidade pediu que os alunos
elegessem um livro como “seu clássico” e
explicassem a escolha. No último Enem, a proposta
era sobre os efeitos da implantação da Lei Seca no
país.
A UFRGS entende que conseguirá selecionar
melhor os alunos que ela quer com um assunto
subjetivo. Em muitos vestibulares do país, a redação
se torna uma espécie de prova de atualidades. A
UFRGS , ás vezes, se dá ao luxo de quebrar essa
regra. O tema desse ano já havia caído em 1985.
A diferença é que, naquela ocasião, era mais
focado
na
literatura
brasileira.
POSSÍVEIS TEMAS
Crise na Ucrânia e seus desdobramentos;
O legado da copa do mundo de 2014;
A valorização da saúde pública;
A tecnologia como meio para a educação;
50 Anos do Golpe de 1964;
A importância do Marco Civil da Internet;
A participação do jovem como agente
transformador na sociedade;
Eleições 2014;
A questão da mobilidade urbana no Brasil;
Olimpíadas 2016:
O esporte como ferramenta de inclusão social.
TEMA: Crise na Ucrânia e seus desdobramentos
Alguns pontos para abordagem:
•Por que ocorrem conflitos nessa região ?
* crise de identidade- a Ucrânia fazia parte do
bloco soviético e em 1954 , o então líder maior do
Partido Comunista Nikita Khrushchov, cedeu a
Crimeia para a Ucrânia. Até então ela pertencia a
União Soviética. 60% do povo que vive na Crimeia
é de origem Russa , naturalmente que esses 60%
não querem ficar ao lado de quem tem outra língua
e outro estilo de administração , uma vez que essa
é a região mais rica do país.
•questão econômica –
A Ucrânia está vivendo um problema
financeiro muito grande e, embora tenha um
território muito pequeno, o país está devendo
muito , uma vez que o governo gastou mais do que
o arrecadado.
Nessa crise financeira há dois caminhos :
ficar ao lado da Rússia ( 1 país ) ou da União
Europeia ( 28 países ).
Na questão Geopolítica há uma regra clara:
quem perde terrítório perde poder, por menor
que ele seja. Então é inadmissível tanto para a
União Europeia perder a Ucrânia, quanto para a
Rússia.
Outro detalhe importante é que a Alemanha,
assim como a Itália são dependentes do gás que
vem da Rússia. Não interessa à Chanceler da
Alemanha Ângela Merkel ( 4ª economia do mundo
) entrar nesse conflito. E, qualquer problema que
afete a Alemanha , traz um desencadeamento sobre
todos os outros países.
Uma reflexão que o candidato poderia fazer: De
que modo essa crise na Ucrânia poderia afetar a
Alemanha e outros países importantes da Europa?
* Partido da Chanceler- União Democrata Cristã

similar documents