Apresentação PEAT

Report
PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DOS
TRABALHADORES – PEAT
Perfuração Exploratória
BACIA DE CAMPOS
“A realização do Projeto de
Educação Ambiental dos
Trabalhadores é uma medida de
mitigação exigida pelo
licenciamento ambiental federal,
conduzido pelo IBAMA.”
CARACTERÍSTICAS DA ATIVIDADE
Objetivo:
Cronograma:
Perfurar pelo menos um poço exploratório
na camada do pré-sal.
Duração prevista: 24 meses, com início no
2 o semestre de 2013.
Infraestrutura:
A perfuração será realizada pelo navio-sonda Deepwater
Discovery (DWD), com apoio de uma infraestrutura
terrestre localizada na Baía de Guanabara.
Para essa atividade também
serão utilizadas três
embarcações de apoio (PSV) e uma embarcação de
resposta imediata em caso de vazamento de óleo no mar
(OSRV).
O Campo de Xerelete encontra-se a aproximadamente 150 km da cidade de Cabo Frio.
LICENCIAMENTO AMBIENTAL
No Brasil, estudos ambientais podem ser exigidos para que o governo autorize a
realização de atividades que utilizam recursos naturais e/ou tenham o potencial de
causar degradação ambiental.
Licenciamento Ambiental: procedimento administrativo pelo qual o órgão ambiental
competente autoriza a localização, instalação, ampliação e operação de
empreendimentos e atividades consideradas efetiva ou potencialmente poluidoras.
Licença Ambiental: documento, com prazo de validade definido, em que o órgão
ambiental estabelece condições que contêm restrições, medidas de controle e regras a
serem seguidas pela empresa.
Estudos ambientais: são todos e quaisquer estudos relativos aos aspectos ambientais
relacionados ao empreendimento que servem como subsídios para o processo de
Licenciamento Ambiental.
Para mais informações sobre licenciamento acesse:
www.ibama.gov.br/licenciamento
ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL
IDENTIFICAÇÃO DE POSSÍVEIS
IMPACTOS
MEDIDAS MITIGADORAS
(EX. PROJETOS AMBIENTAIS)
ÁREA DE INFLUÊNCIA
A Área de Influência é a área que poderá ser
afetada, tanto de modo positivo quanto
negativo, pela atividade.
• A área do Campo de Xerelete;
• A região da Baía de Guanabara, por abrigar
a base de apoio;
• As rotas das embarcações até as bases de
apoio, incluindo os próprios portos ou
terminais;
• Municípios que abrigam comunidades de
pescadores que podem utilizar a área do
empreendimento para a atividade pesqueira:
Cabo Frio, Macaé, São João da Barra e São
Francisco de Itabapoana, no estado do Rio de
Janeiro e Itapemirim, no Estado do Espírito
Santo.
CARACTERÍSTICAS DA REGIÃO
Ambiente Físico
O Campo de Xerelete encontra-se na Bacia de Campos, sobre lâmina d’água de
aproximadamente 2.400m.
Verão: temperatura média de 26°C.
Inverno: temperatura média de 22° C.
E o que é o fenômeno da
Ressurgência?
As
áreas
de
ressurgência
representam apenas 1% do oceano,
porém suportam mais de 50% da
produção pesqueira mundial.
Desembarque
Embarcações
de de
bonito
Atafona
listrado
que no
utilizam
Mercado
espinhel
Municipal
e linha
dede
Cabo
mão.
Frio.
CARACTERÍSTICAS DA REGIÃO
Ambiente Socioeconômico
Ao redor da plataforma, existem frotas especializadas na modalidade de pesca conhecida
popularmente pelos pescadores como pesca de plataforma.
Geralmente são utilizados dois petrechos de pesca: linha de mão e vara.
Desembarque de dourado
no Mercado Municipal de
Cabo Frio
Embarcação que utiliza vara
Desembarque de bonito
listrado no Mercado
Municipal de Cabo Frio
Embarcação
utiliza
de mão
Embarcação
que que
utiliza
linhalinha
de mão
Zona de Segurança
500 m
500 m
NORMAM 08/DPC
CARACTERÍSTICAS DA REGIÃO
Ambiente Biológico
O que são Unidades de Conservação (UC)?
UCs são o espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as águas jurisdicionais,
com características naturais relevantes e por isso, representam pontos privilegiados para a
conservação e preservação dos ecossistemas costeiro e marinho, através de planejamento e
Parque Estadual da Costa do Sol (PECS)
gestão.
É uma das mais recentes unidades de conservação do estado do
Rio de Janeiro e possui uma área total de 10 mil hectares
aproximadamente. Por abranger uma área tão grande e que
possui núcleos urbanos, o parque é segmentado unindo áreas
de preservação distantes. Ele é subdividido fundamentalmente
em três partes: Cabo Frio, Massambaba e Margem Norte.
Os ecossistemas presentes na unidade encontram-se,
felizmente, em excelentes condições de conservação, em
especial a área de restinga de Massambaba. Esse ecossistema é
o mais ameaçado de toda mata atlântica.
Embarcação que utiliza linha de mão
Área do Parque Estadual da Costa do Sol
O PECS movimenta ainda mais o turismo ecológico na região
dos lagos, uma vez que atualmente as unidades de conservação
se abrem cada vez mais para a visitação, o que contribui para o
incentivo da preservação da área.
Desembarque
Embarcações
de de
bonito
Atafona
listrado
que no
utilizam
Mercado
espinhel
Municipal
e linha
dede
Cabo
mão.
Frio.
CARACTERÍSTICAS DA REGIÃO
Ambiente Biológico
Ecossistemas
• Praias
• Restingas
• Manguezais
• Costões rochosos
• Formações de corais
Fauna
• Aves marinhas
• Peixes
• Baleias e golfinhos
• Tartarugas
marinhas
Embarcação
que utiliza linha de mão
Você sabe o que são bancos biogênicos?
São associações de organismos importantes para estrutura da
comunidade bentônica (organismos de fundo) do local onde se
encontram, especialmente, por sua sensibilidade a alterações
ambientais. Além disso, eles servem de alimento para os animais que
vivem no fundo marinho.
Alvos de interesse comercial, os bancos biogênicos podem ser
formados por moluscos (ex: ostras, vieiras, mexilhões), algas (ex:
pardas, calcárias) e até mesmo por corais (de águas rasas ou profundas)
entre outros tipos de organismos bentônicos.
Fonte: http://www.nerpmarine.edu.au
Fonte: http://oceanexplorer.noaa.gov
Fonte: http://oceanexplorer.noaa.gov
Caso do Coral-sol na Baía da Ilha Grande:
Fonte: http://www.safmc.net
O Coral-sol é uma espécie exótica invasora
originária do Oceano Pacífico e foi trazida por
plataformas de petróleo para o litoral
brasileiro. No entanto, é prejudicial para o
equilíbrio do ecossistema, já que eles vêm
ganhando espaço
de outras espécies nativas.
Embarcação que utiliza linha de mão
http://saltaquarium.about.com/od/tubastraeagenusphotos/ig/Top-Stony-Cup----Sun-Corals/Robert-Bailey-s-Orange-Cup-.htm
IMPACTOS AMBIENTAIS
Em caso de operação normal, sem acidentes, os impactos não são significativos na região,
sendo em sua maioria de pequena intensidade, temporários e localizados.
Fator Ambiental
Aspecto Ambiental
Descrição do Impacto
Qualificação
Impactos no Meio Físico
Qualidade do ar
Queima de combustíveis/hidrocarbonetos
Poluição do ar
Negativo
Qualidade da água
Geração e descarte de resíduos e efluentes
Poluição das águas do mar
Negativo
Qualidade de sedimento
de fundo
Descarte de cascalho e de fluidos de
perfuração aderidos ao cascalho, previamente
autorizado pelo IBAMA
Contaminação do sedimento e
alteração da granulometria
Negativo
Colisões com embarcações engajadas
nas operações de apoio à perfuração
Negativo
Alteração de rotas migratórias,
períodos reprodutivos e comunicação
entre os indivíduos
Negativo
Soterramento e contaminação dos
organismos
Negativo
Impactos no Meio Biótico
Mamíferos marinhos e
tartarugas marinhas
Mamíferos marinhos,
tartarugas marinhas,
peixes, aves marinhas
Bentos (organismos de
fundo)
Uso do espaço marítimo
Geração de ruídos, vibrações e luz
Descarte de cascalho e fluido de perfuração
aderido ao cascalho
Impactos no Meio Socioeconômico
Pesca artesanal e
Maricultura
Uso do espaço marítimo
Exclusão de áreas de pesca
Negativo
Tráfego marítimo regular
Uso do espaço marítimo
Interferência com as embarcações
engajadas nas operações de apoio
Negativo
Aumento da arrecadação tributária
Positivo
Aquisição de materiais, equipamentos e insumos
Geração de
receitas que
Embarcação
utiliza linha de mão
PROJETOS AMBIENTAIS
PROJETO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DOS
TRABALHADORES
Embarcação que utiliza linha de mão
PROJETO DE MONITORAMENTO AMBIENTAL
PROJETO DE CONTROLE DA POLUIÇÃO
PLANO DE EMERGÊNCIA INDIVIDUAL
Define as atribuições e responsabilidades dos componentes da Estrutura Organizacional
de Resposta (EOR) da Total, os recursos materiais próprios e de terceiros, assim como os
procedimentos previstos para a execução das ações de resposta a derramamentos de
óleo no mar.
Embarcação que utiliza linha de mão
LEGISLAÇÃO AMBIENTAL APLICÁVEL
• Lei nº 6.938/81 - Política Nacional do Meio Ambiente: Estabelece seus fins e mecanismos
de formulação e aplicação, e dá outras providências.
• Lei nº 9.605/98 - Lei de Crimes Ambientais: Estabelece sanções penais e administrativas
derivadas de atividades lesivas ao meio ambiente.
• Lei nº 12.305/10 - Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos.
• Resolução CONAMA 398/08 - Dispõe sobre o conteúdo mínimo do Plano de Emergência
Individual para incidentes de poluição por óleo em águas sob jurisdição nacional e orienta
a sua elaboração.
• Resolução CONAMA 275/01 - Estabelece o código de cores para os diferentes tipos de resíduos.
• Nota Técnica CGPEG/DILIC/IBAMA nº 01/11 - Possui diretrizes para apresentação,
implementação e elaboração de relatórios, nos processos do licenciamento ambiental dos
empreendimentos marítimos de exploração e produção de petróleo e gás.
• Instrução Normativa nº 2/2012 - Estabelece as bases técnicas para programas de
educação ambiental apresentados como medidas mitigadoras ou compensatórias.
• Portaria MMA nº 422/11 – Licenciamento ambiental federal de atividades e
empreendimentos de exploração e produção de petróleo e gás natural no ambiente
que utiliza
linha de mãoterra-mar.
marinhoEmbarcação
e em zona
de transição
GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS
É proibido queimar resíduo
a bordo das unidades.
Pratique a Coleta Seletiva
Dispor os resíduos diretamente
nos coletores primários.
Quando os coletores primários
estiverem cheios, retirar os sacos e
colocar nos coletores secundários.
Coletores Primários
Recicláveis
Não Recicláveis
Madeira
Sucata de metal
Latinhas de alumínio
Plástico limpo
Copos de plástico
Pallets de madeira
Tetra pak
Papel limpo
Copos e Garrafas de vidro Somente Tetra pak
Papelão
Embalagens de vidro em geral
Comum
Guardanapos papel e/ou
qualquer material contaminado
com comida
Orgânico
Restos de comida
Hospitalar
Hospitalar
Sobras de remédios
e curativos
Perigosos
Perigoso
Trapos e EPIs sujos com
óleo e produtos químicos
Coletores Especiais
Lâmpadas fluorescentes
LÂMPADAS
Lâminas de barbear
(descarpak)
Caixas de madeira ou
metal
Pilhas e baterias
Spray de tinta
Cartuchos de impressora
Certo ou errado?
PAPEL
Certo ou errado?
METAL
Certo ou errado?
PLÁSTICO
EMBALAGENS PLÁSTICAS COM RESQUÍCIOS DE
SUCO, REFRIGERANTE, ÁGUA e CAFÉ
POTES VAZIOS DE
IOGURTE, DOCES E
OUTROS
LAVAR ANTES
DE DESCARTAR
Certo ou errado?
VIDRO
Certo ou errado?
TETRA PAK
MADEIRA
Madeira
Certo ou errado?
COMUM
(NÃO RECICLÁVEL)
Certo ou errado?
ORGÂNICO
Comida
TRITURADOR DE ALIMENTOS
Certo ou errado?
HOSPITAL
Certo ou errado?
PERIGOSOS
GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS
MMR
MMR
Unidade
transportadora
Base de
Apoio
MTR
Empresas contratadas
para disposição final
Possíveis unidades
geradoras
CONSERVAÇÃO DE ENERGIA
Você sabe como reduzir o consumo e conservar energia?
As lâmpadas elétricas consomem 1/5 de toda a
eletricidade mundial. Os modelos mais recentes
de lâmpadas LED Usam 75% menos energia que
as incandescentes. Por isso, troque suas
lâmpadas comuns por lâmpadas mais eficientes.
Prefira comprar alimentos produzidos no
local, assim você diminui o gasto de
energia do transporte desses produtos.
Cerca de 8% do consumo de eletricidade
doméstica é desperdiçado por aparelhos
deixados em stand by. Desligue aparelhos das
tomadas quando não estiverem em uso.
Os carros são responsáveis por 40% da poluição
nas grandes cidades. Quando possível, deixe seu
carro na garagem e prefira os transportes
públicos.
Pratique os 5 R’s
RECUSAR
REDUZIR
RECICLAR
REUTILIZAR
REPENSAR
A TOTAL AGRADECE A SUA
PARTICIPAÇÃO!!!

similar documents