gestão administrativa

Report
ESTUDOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO
SAAE DE ARACRUZ/ES
Victor Matheus Bonifácio Alves
Wanderley Bastos
Josemar Alves dos Reis
Flávio Batista Siqueira
INTRODUÇÃO
• Despesa de R$1,8 milhões/ano com
energia elétrica (13,7% do orçamento);
• 74 Faturas de energia elétrica;
• 09 Faturas THS;
• Carência de mão de obra p/ gestão;
• O quê fazer?
MEDIDAS ADOTADAS
•
•
•
•
•
•
•
Contratação de consultoria especializada;
Análise das faturas de energia elétrica;
Análise das memórias de massa;
Análise dos procedimentos operacionais;
Gestão Operacional;
Gestão Administrativa;
Desenvolvimento de projeto com tipicidade
para pleitear recursos do PEE e/ou PROCEL
DIAGNÓSTICO OPERACIONAL
• Análise das faturas de energia elétrica;
• Medição de grandezas elétricas e hidráulicas
(o que possibilita avaliar dimensionamentos e rendimentos, perda de
carga evitável em barriletes e adutoras, etc.);
• Comparação das faturas de energia com
memória de massa das principais unidades
consumidoras ( o que possibilita otimizar contratos e
procedimentos operacionais, avaliar falhas no fornecimento da energia
e no sistema de proteção elétrica/hidráulica) ;
• Análise do perfil operacional das principais
unidades consumidoras;
PERFIL DE CONSUMO
Perfil de consumo em KWh do sistema de abastecimento de água de Barra do Riacho
Fonte: SAAE - 2014
PERFIL DE DESPESA
Perfil de despesa com energia elétrica sistema da ETA de Barra do Riacho.
Fonte: SAAE - 2014
PERFIL DE CONSUMO PONTA
Implantação do sistema
de gestão operacional
Perfil do consumo de energia elétrica no horário de ponta na ETA de Barra do Riacho.
Fonte: SAAE - 2014
GESTÃO OPERACIONAL
• Capacitação operacional
•
(Contemplou as equipes de operadores e manutenção, sendo abordado legislação tarifária,
práticas para diagnósticos de análises do uso eficiente, interpretação das grandezas elétricas e
hidráulicas presentes em sistemas de bombeamento, etc.)
• Mudança de procedimentos operacionais;
• Destaque para a utilização da capacidade
máxima dos reservatórios no horário de
ponta;
GESTÃO ADMINISTRATIVA
• Análise das memórias de massa para avaliar procedimentos
operacionais, dimensionamentos e melhor enquadramento
tarifário (na demanda e modalidade tarifária contratadas):
Resumo da memória de massa da EAB Sede
Fonte: SAAE - 2014
GESTÃO ADMINISTRATIVA
• Análise das memórias de massa para avaliar procedimentos
operacionais, dimensionamentos e melhor enquadramento
tarifário (na demanda e modalidade tarifária contratadas):
Resumo da memória de massa da EAT Sede
Fonte: SAAE - 2014
GESTÃO ADMINISTRATIVA
• Análise das memórias de massa para avaliar procedimentos
operacionais, dimensionamentos e melhor enquadramento
tarifário (na demanda e modalidade tarifária contratadas): :
Resumo da memória de massa da EAT Coqueiral
Fonte: SAAE - 2014
GESTÃO ADMINISTRATIVA
• Análise das memórias de massa para avaliar procedimentos
operacionais, dimensionamentos e melhor enquadramento
tarifário (na demanda e modalidade tarifária contratadas): :
Resumo da memória de massa da EAB Sede
Fonte: SAAE - 2014
FERRAMENTAS DE ANÁLISE
(análise das faturas)
Treinamento ainda não ministrado
Simulação da modalidade tarifária mais vantajosa
Fonte: SAAE - 2014
FERRAMENTAS DE ANÁLISE
(análise das faturas)
Treinamento ainda não ministrado
Simulação da modalidade tarifária mais vantajosa
Fonte: SAAE - 2014
FERRAMENTAS DE ANÁLISE
(enquadramento tarifário e procedimentos operacionais)
Simulação da modalidade tarifária mais vantajosa
Fonte: SAAE - 2014
FERRAMENTAS DE ANÁLISE
(enquadramento tarifário e procedimentos operacionais)
Simulação da modalidade tarifária mais vantajosa – AT para AT
Fonte: SAAE - 2014
FERRAMENTAS DE ANÁLISE
(enquadramento tarifário e procedimentos operacionais)
Simulação da modalidade tarifária mais vantajosa – AT para BT ou BT para AT
Fonte: SAAE - 2014
FERRAMENTAS DE ANÁLISE
Unidade EAB - SEDE
Tarifa 2012 - procedimento faturamento Escelsa
Tarifa 2013- procedimento faturamento Escelsa
R$ / ano
Demanda atual = 230 KW - VD
AZUL
VERDE
CONV
834.000,00 790.000,00 755.000,00
685.000,00 648.000,00 618.000,00
ATUAL
Unidade EAT - SEDE
Tarifa 2012 - procedimento faturamento Escelsa
Tarifa 2013- procedimento faturamento Escelsa
Tarifa 2012 - procedimento faturamento Escelsa
Tarifa 2013- procedimento faturamento Escelsa
MUDAR PARA CONVENCIONAL COM DEMANDA DE 278 KW
R$ / ano
Demanda atual = 128 KW - VD
AZUL
VERDE
CONV
322.000,00 346.000,00 328.000,00
264.000,00 284.000,00 269.000,00
ATUAL
Unidade EAT - Coqueiral
Demanda teste = 278 KW
AZUL
VERDE
CONV
713.000,00 760.000,00
656.000,00
580.000,00 620.000,00
532.000,00
Demanda teste =120kW P - 141KW FP
AZUL
VERDE
CONV
330.000,00 338.000,00
302.000,00
270.000,00 277.000,00
246.000,00
MUDAR PARA CONVENCIONAL COM DEMANDA DE 142 kW
R$ / ano
Demanda atual = 75 kW - VD
AZUL
VERDE
CONV
203.000,00 214.200,00 193.500,00
166.400,00 175.300,00 157.600,00
ATUAL
Demanda teste =90kW P - 90kW FP
AZUL
VERDE
CONV
211.200,00 214.000,00
193.000,00
172.700,00 175.200,00
157.200,00
MUDAR PARA CONVENCIONAL . MANTER DEMANDA DE 75KW
ou 90 KW SE HOUVER PREVISÃO AUMENTO CARGA
Condições definidas à partir da simulação da modalidade tarifária mais vantajosa
Fonte: SAAE - 2014
RESULTADOS
• Energia economizada de 2012 para 2013 foi de
3,62%
DescriçãoKWh/ano;
Acumulado
• Aumento
na demanda na R$
ordem
de 15% (ajuste
Faturado ESCELSA
519.911,84
contratual para melhor enquadramento tarifário);
Condições Anteriores
R$ 626.384,92
• Economia financeira na ordem de 11,68% em
Diferença
R$ 106.473,08
relação
ao exercício de 2012.
Performance
R$ 42.589,23
• Custo
Operacional da energia
elétrica (Custo
médio
R$/MWh) avaliandoR$as63.883,85
unidades de alta
Saldo
tensão era de R$ 379,07/MWh em 2012, em 2013
R$ 321,88/MWh, redução de 15,1%.
RESULTADOS
• Objeto jurídico, que apesar de não haver
pronunciamento definitivo do judiciário, a
ação foi premiada na OAB nacional na
comemoração
dos
25
anos
da
Constituição Federal, o que significa o
reconhecimento de que se trata de uma
ação de índole constitucional e não
puramente tributária.
ESTUDOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO
SAAE DE ARACRUZ/ES
Victor Matheus Bonifácio Alves
Wanderley Bastos
Josemar Alves dos Reis
Flavio Batista Siqueira
[email protected]

similar documents