Slide 1 - SEAC Escola de Educação Profissional

Report
ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - SEAC
AUXILIAR EM SAÚDE BUCAL-EAD
EDUCAÇÃO EM SAÚDE III
SAÚDE BUCAL
ADRIANA DERLAM TOLEDO
Orientador: Prof. Fábio Cristiano Müller
Cachoeira do Sul 2013.
Objetivo Geral
Incentivar os educandos a prática da higiene bucal no seu dia a
dia, estimulando-lhes o interesse em manter a dentição e a boca
Saudável.
Objetivos Específicos
.
Reconhecer a importância da escovação dos dentes, para
prevenir as cáries; entender a necessidade de se ter bons hábitos
de higiene bucal;reconhecer quais são os amigos e inimigos dos
dentes;demonstrar as maneiras corretas de escovar os dentes;
que escovas dentais e cremes dentais seriam mais adequados;
quantidade de pasta a ser utilizada na hora da escovação;
conhecer o nome dos dentes e suas funções;compreender a
importância de escovar os dentes depois de cada refeição e
depois de comer doces; reconhecer que a saúde começa na boca
para ter um sorriso bonito é preciso cuidar dos nossos dentes.
Metodologia
Estabelecer novas possibilidades de aprendizagem para os alunos de
educação infantil e séries iniciais de uma escola pública, no sentido de
melhorar as condições do aprender e de sua intervenção no mundo.
As atividades serão desenvolvidas em etapas distintas dentro e fora da
sala de aula.Na primeira etapa será feita a apresentação oral dos
conteúdos, abordando a importância da conservação da dentição para a
saúde geral do indivíduo e também aspectos de higiene e aparência
individual, perante a vida e a sociedade.
Serão discutidos ainda as benesses ou resistências encontradas pelas
crianças, jovens, adultos e idosos na relação com seus pares, com seus
pais e na relação com o trabalho. Questões como : um jovem com os
dentes estragados ou com mau hálito tem a mesma chance de conseguir
emprego, namorada ou amigos serão amplamente debatidos.
Promovendo discussões sobre saúde bucal, utilizando-se de recursos
lúdicos pra melhor compreensão, com práticas de escovação após o
lanche, demonstrando a maneira correta de fazê-la e a quantidade de
creme dental a ser usado; panfletos; livros, figuras, melodias musicais,
produção de desenhos; por que, como usar e quando o fio dental, o flúor
qual sua finalidade e os hábitos alimentares para informar a criança de
como realizar uma higiene bucal corretamente para ter um sorriso e uma
vida saudável.
Reunindo-se no auditório da escola.
Apresentação em Data show
“Sid o Cientista” de Jin
Henson e um vídeo sobre
“Prevenção e Motivação
Infantil em saúde Bucal”
Hálito
fresco
Demonstração da escovação correta.
Evolução da gengivite.
Processos da cárie.
Entrega do folder e de uma
escova dental para cada criança.
Manipulando e observando
os objetos expostos.
Empolgados na escovação.
Orientando a escovação.
Expressão gráfica,
de acordo com
o entendimento
de cada aluno.
CONCLUSÃO
Ao concluir a prática posso afirmar que a
saúde bucal exige um fazer constante. Que a
pesquisa faz parte do dia-dia de um auxiliar de
saúde bucal. Não se pode falar em
competência nem pensar na formação sem
ressaltar a prática, na qual transmitimos
conhecimentos e informações a crianças
vivenciando a realidade de cada uma delas e
assim moldamos sujeitos conscientes e
como a saúde bucal é
importante para um futuro
Promissor.

similar documents