Apresentação do PowerPoint - IPD

Report
Universidade Federal de Pelotas
Núcleo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Pecuária
DISPOSITIVO INTRAVAGINAL
BIODEGRADÁVEL PARA ADMINISTRAÇÃO
DE CÁLCIO EM RUMINANTES
Josiane O. Feijó, Rafael F. Prietsch, Camila Pizoni, Renata L. de Oliveira, Guilherme T.
Voss, Taína F. Cavalheiro, Francisco A. B. Del Pino, Cássio C. Brauner, Viviane R.
Rabassa, Marcio Nunes Corrêa, Rubens Alves Pereira
FERNANDO GUIMARÃES
São Paulo, 9 de setembro de 2014
INTRODUÇÃO
PRODUÇÃO DE LEITE
VIDA PRODUTIVA
HIPOCALCEMIA
INCIDÊNCIA DE
DOENÇAS
TRANSTORNOS
METABÓLICOS
PREVALÊNCIA DE HIPOCALCEMIA
PERÍODO DE
TRANSIÇÃO
Subclínica 25% a 54% (> 5mg/dL)
Clínica 3% a 15% (< 5mg/dL)
Reinhardt, T.A., Lippolis, J.D., McCluskey, B.J., Goff, J.P., Horst, R.L.Prevalence
of subclinical hypocalcemia in dairy herds. The Veterinary Journal, 2011.
Diminuição da
produção leiteira
Motilidade digestória
HIPOCALCEMIA
Motilidade uterina
Diminuição da
fertilidade
SITUAÇÃO ATUAL
Estresse e
aumento da
mão de obra
Terapias de
prevenção e
tratamento
ALTERNATIVAS EXISTENTES
Modificações
na dieta
Múltiplas doses
Solução
oral
NOVAS
ALTERNATIVAS
TERAPÊUTICAS
Solução
injetável
OBJETIVO
MATERIAIS E MÉTODOS
DISPOSITIVO INTRAVAGINAL
(DIV)
•
•
•
Polímeros biodegradáveis
Baixa toxicidade
Quimicamente inertes
RESULTADOS
Figura 1. Biodisponibilidade de cálcio no período de 12 horas via
intravaginal e via oral.
CARACTERÍSTICAS DO DISPOSITIVO
Forma farmacêutica
pouco invasiva
Liberação sustentada
Biodegradável
Alternativa a administração oral para substâncias
degradadas parcial ou totalmente no rúmen
CARACTERÍSTICAS DO DISPOSITIVO
Não há perdas de
primeira passagem
Considerável absorção
via intravaginal
Alternativa inovadora para prevenção e
tratamento de hipocalcemia em ruminantes
AGRADECIMENTOS
www.ufpel.edu.br/nupeec
OBRIGADO PELA ATENÇÃO!
E-mail: [email protected]
11

similar documents