ESTIMATIVA RÁPIDA DA ESF GRACILIANO RAMOS

Report
AVALIAÇÃO DA COMUNIDADE DA
ESF NOSSA SENHORA DO BELÉM
PELO MÉTODO DA ESTIMATIVA RÁPIDA
Autores:Walesca Christ Petterle, Manuela Martins Costa, Zenóbio do Nascimento Soares, Cristina Neumann
PET- Saúde - Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre
Introdução:
A UFRGS com o PET-saúde visa criar uma rede de ensino
e pesquisa em atenção primária e construir o Distrito
Docente-Assistencial Glória/Cruzeiro/Cristal.
Para conhecer a comunidade e treinar os monitores e
preceptores do PET, foram realizados diagnósticos
situacionais pelo método da Estimativa Rápida (ER) nas
ESF participantes.
Coloque um mapa da
unidade se disponível
Objetivo:
Avaliar através da ER os principais problemas da
comunidade nas quatro micro-áreas englobadas pela
unidade de Estratégia de saúde da família Nossa Senhora
de Belém (ESF-NSB).
Metodologia:
A ER, realizada de junho a setembro de 2009, baseia-se
nos dados secundários da região e em entrevistas com
informantes-chave das 4 microáreas da ESF-NSB através de
questionário padronizado criado pelo grupo. Relatório de
observação territorial e mapa atualizado da área foram
realizados em conjunto com os agentes de saúde.
Resultados:
ESF Nsa Sra do
Belém ***
Porto Alegre *
2734
1.430.220
População < de 5 anos %
6,9
6,7**
População > 60 anos %
8,3
13,1**
Mortalidade Infantil n/1000 nascidos
vivos
10,4
11,64
Dados
População Total hab
Mães menores de 15 anos
Gestações na Adolescência %
0,7
29,5
15,8
Proporção de óbitos :
• Algumas Doenças Infecciosas e
Parasitárias
1,09
0,51,74
•
0,73
1,74,45
• Doenças Endócrinas, Nutricionais e
Metabólicas
0,55
0,36,71
• Doenças do Sistema Nervoso
0,91
0,34,75
• Doenças do Aparelho Circulatório
2,91
2,24,16
• Doenças do Aparelho Respiratório
0,55
0,63,35
• Doenças do Aparelho Digestivo
0,18
0.30,97
Neoplasias
• Afecções Originadas no Período
Perinatal
0,18
0,08,25
• Causas Externas de Mortalidade
1,46
0,74,60
8,55
7,37
Total
*Eventos vitais 2009: Prefeitura Municipal de Portoa Alegre disponíveis em :http://www.portoalegre.rs.gov.br
*** Dados relativos à US Belém Velho, pois a ESF-NSB foi inaugurada recentemente e não dispõe de estatísticas
O Bairro Belém Velho, originalmente Estância São Gonçalo, urbanizou-se
em torno do Sanatório Parque Belém. Hoje possui 2734 habitantes, 883
famílias, 42 crianças menores de 1 ano, 188 menores de 5 anos, 227
idosos. A equipe acompanha 82 diabéticos, 230 hipertensos e 24 gestantes.
O território é dividido em 4 micro-áreas com características distintas.
Os dados epidemiológicos disponíveis, apresentados ao lado, são
originados da UBS Belém Velho, que atendia a área antes da inauguração
da ESF-NSB que ocorreu há aproximadamente 1 ano.
 Na Micro-área 1 , onde está o posto, encontramos famílias mais
estruturadas, algum comércio, escola fundamental e uma praça mal
conservada.
 A Micro-área 2 é área de invasão, com moradias precárias, onde vivem
famílias numerosas em convívio com esgoto a céu aberto e cães vadios.
 A Micro-área 3 é um misto das anteriores, com mais aglomeração de
casas sobre a via, comprometendo a circulação de ônibus.
 A Micro-área 4 é uma região alagadiça de proteção ambiental com
lotes irregulares, sem rede de água e luz e casas de madeira bem
construídas.
São características comuns nas quatro a falta de calçadas e de rede de
esgoto, sendo os dejetos de todo bairro descartados no Arroio das Pipas,
na MA4. Faltam escolas de ensino médio, creches e oportunidades de
empregos e lazer. São prevalentes verminoses e doenças respiratórias nas
crianças, hipertensão e diabete nos idosos e HIV e tuberculose nos adultos.
Conclusão:
A ER permitiu o reconhecimento, a compreensão e a priorização de
problemas locais, permitindo uma análise adequada da situação da
população e planejamento de ações com maior impacto na saúde da
comunidade.
TOTAL DE HABITANTES
2734
TOTAL DE FAMÍLIAS
883
CRIANÇAS MENORES DE 1 ANO
42
CRIANÇAS MENORES DE 5 ANOS
188
IDOSOS
227
DIABÉTICOS
82
HIPERTENSOS
230
GESTANTES
24

similar documents