Educacao Ambiental

Report
Disciplina: Educação Ambiental
Ementa:
• Epistemologia da Educação Ambiental, seus antecedentes
históricos e as relações do homem com a natureza.
• Educação Ambiental de forma holística e em âmbito
interdisciplinar, enfocando o papel da educação para a
construção de sociedades sustentáveis.
• Conceito de sustentabilidade e desenvolvimento de
discussões em âmbitos sociais, econômicos e ambientais,
visando a orientação dos recursos humanos para a pesquisa,
aplicação e orientação para a elaboração e apresentação
de Projetos em Educação Ambiental.
Objetivos:
• Propiciar ao acadêmico a integração de
conhecimentos aptidões, valores, atitudes e ações para
que possam atuar com responsabilidade em seu
espaço de vivência.
• Apresentar os antecedentes históricos da Educação
Ambiental.
• Analisar e criticar as práticas educativas, na dimensão
ambiental, adotadas em escolas, empresas,
associações de bairro e unidades de conservação.
• Desenvolver a capacidade de compreensão da
temática ambiental de forma holística e no âmbito
interdisciplinar, enfocando o papel da educação para
a construção de sociedades sustentáveis.
EDUCAÇÃO AMBIENTAL:
UM BREVE HISTÓRICO
Dra. SUSANE CHANG
Qual o conceito de
ambiente?!
AMBIENTE: CONCEITO
“ É a totalidade do planeta e os elementos que o
compõem: físicos, químicos e biológicos, tanto naturais
quanto os artificiais, tanto os orgânicos quanto os
inorgânicos, nos distintos níveis de sua evolução, até o
homem e suas formas de organização na sociedade,
onde a rede de inter-relações existentes entre estes
elementos se encontra em estreita dependência e
influência recíprocas”.
Germano Seara Filho, 1987.
Qual seria o conceito de
homem?!
HOMEM: CONCEITO
É um dos elementos do ambiente, formado de partes: o
biológico, o racional, o emocional, que estão em
permanente integração e inter-relação entre si e com os
outros elementos da natureza, nos diferentes níveis de sua
evolução. Esta influência recíproca fez nascer o homem
social, que ao incorporar todas estas dimensões alicerça a
história da construção humana em estreita e contínua
reciprocidade”.
Ana Lúcia Carneiro Leão e Lúcia Maria Alves, 2003.
EDUCAÇÃO AMBIENTAL X
GESTÃO AMBIENTAL
EDUCAÇÃO PARA VIVER A GESTÃO
AMBIENTAL
• Educação ambiental: é um processo participativo, por meio
do qual o indivíduo e a coletividade constroem valores
sociais, adquirem conhecimentos, atitudes e competências
voltadas para a conquista e manutenção do direito ao meio
ambiente ecologicamente equilibrado.
• Gestão Ambiental: é um processo de mediação de interesses
e conflitos entre atores sociais que agem sobre os meios
físicos-natural e construído. Este processo de mediação
define e redefine, continuamente, o modo como os
diferentes atores sociais, através de suas práticas, alteram a
qualidade do meio ambiente e também como se distribui na
sociedade os custos e benefícios decorrentes da ação destes
agentes.
Um pouco da história da
Educação Ambiental (EA)...
Década de 60
• 1962
Livro “ Primavera Silenciosa” de Rachel Carson - alertava sobre
os efeitos danosos de inúmeras ações humanas sobre o
ambiente, como por exemplo o uso de pesticidas.
• 1968
- Nasce o Conselho para Educação Ambiental, no Reino Unido.
- Neste mesmo ano, surge o Clube de Roma, para estudo e
análise da situação dos recursos naturais do planeta, que em
1972, produz o relatório “Os Limites do Crescimento Econômico”
que estudou ações para se obter no mundo um equilíbrio global
como a redução do consumo tendo em vista determinadas
prioridades sociais.
Década de 70
• 1970
“Manifesto para Sobrevivência” onde insistiam que um aumento
indefinido de demanda não pode ser sustentado por recursos
finitos.
• 1972
- Conferência Internacional sobre o Ambiente Humano ONU/Estocolmo (Declaração sobre o Ambiente Humano ou
Declaração de Estocolmo: “tanto as gerações presentes como
as futuras, tenham reconhecidas como direito fundamental, a
vida num ambiente sadio e não degradado”).
- A ONU criou um organismo denominado Programa das
Nações Unidas para o Meio Ambiente - PNUMA, sediado em
Nairobi.
- A Universidade Federal do Rio Grande do Sul criou o primeiro
curso de pós-graduação em Ecologia do país.
• 1975
- Encontro Internacional em Educação Ambiental – UNESCO- onde
criou o Programa Internacional de Educação Ambiental – PIEA.
- Carta de Belgrado: Estabelece metas e princípios da Educação
Ambiental.
• 1976
Criação dos cursos de pós-graduação em Ecologia nas
Universidades do Amazonas, Brasília, Campinas, São Carlos e o
Instituto Nacional de Pesquisas Aéreas - INPA em São José dos
Campos.
• 1977
Conferência Intergovernamental sobre Educação Ambiental, Tibilisi,
Geórgia (ex URSS) – UNESCO:
Definiu-se os objetivos, as
características da EA, assim como as estratégias pertinentes no
plano nacional e internacional.
• 1979
Realização do Seminário de Educação Ambiental para América
Latina realizado pela UNESCO e PNUMA na Costa Rica.
Década de 80
• 1985
Parecer 819/85 do MEC reforça a necessidade da inclusão de conteúdos
ecológicos ao longo do processo de formação do ensino de 1º e 2º graus.
• 1987
Congresso Internacional sobre Educação e Formação Relativas ao Meio
ambiente, Moscou, Rússia, promovido pela UNESCO.
• 1988
- Constituição da República Federativa do Brasil dedicou o Capítulo VI ao
Meio
Ambiente e no Art. 225, Inciso VI, determina ao “... Poder Público, promover
a
Educação Ambiental em todos os níveis de ensino...”
• 1989
Realização da 3º Conferência Internacional sobre Educação Ambiental
para as Escolas de 2º Grau com o tema Tecnologia e Meio Ambiente, em
Illinois/USA.
- Declaração de Haia, preparatório da Rio-92 - aponta a importância da
cooperação internacional nas questões ambientais.
Década de 90
• 1990
- A Declaração Mundial sobre Educação para Todos: Satisfação
das Necessidades Básicas de Aprendizagem, aprovada na
Conferência Mundial sobre Educação para Todos, realizada
Jontien, Tailândia.
- ONU declara o ano 1990 como o Ano Internacional do Meio
Ambiente.
• 1992
- Conferência da ONU sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento,
RIO -92.
- Criação da Agenda 21.
- Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis.
• 1993
Portaria 773/93 do MEC, institui em caráter permanente um
Grupo de Trabalho para EA.
• 1995
Foi criada a Câmara Técnica temporária de Educação
Ambiental no Conselho Nacional de Meio Ambiente - CONAMA,
determinante para o fortalecimento da Educação Ambiental.
• 1997
Conferência Internacional sobre Meio Ambiente e Sociedade:
Educação e Consciência Pública para a Sustentabilidade –
Thessaloniki, 1997 onde houve o reconhecimento que, passados
cinco anos da Conferência Rio-92 , o desenvolvimento da EA foi
insuficiente...
• 1999
- Promulgada a Lei nº 9.795 de 27 de abril de 1999 que institui a
Política Nacional de Educação Ambiental.
- Portaria 1648/99 do MEC cria o Grupo de Trabalho com
representantes de todas as suas Secretarias par discutir a
regulamentação da Lei nº 9795/99.
Lei nº 9795/99 – Política
Nacional de Educação
Ambiental
Art. 3.I
• “ Como parte do processo educativo mais amplo,
TODOS têm direito à educação ambiental,
incumbindo: ao poder público, nos termos dos
artigos 205 e 225 da Constituição Federal, definir
políticas públicas que incorporem a dimensão
ambiental, promover a educação ambiental em
todos os níveis de ensino e o engajamento da
sociedade na conservação, recuperação e
melhoria do ambiente”.
A Política Nacional de Educação Ambiental determina que
compete:
• Às instituições educativas: promover a educação ambiental
de maneira integrada aos programas educacionais que
desenvolvem;
• Aos órgãos do SISNAMA: promover ações de educação
ambiental integradas aos programas de conservação,
recuperação e melhoria do meio ambiente;
• Aos meios de comunicação: disseminação de informações e
práticas educativas sobre o meio ambiente;
• Às empresas: implementarem programas e atividades
permanentes de educação ambiental.
Educação Ambiental na Empresa: um rápido olhar
• Sensibilização e capacitação para implementar uma política
ambiental na empresa, que se tornará real através da
adoção de um sistema de gestão ambiental;
• Identificação dos efeitos, aspectos e impactos ambientais
gerados pelas atividades produtivas da empresa deve ser
entendida por todos os funcionários e comunidade;
• Estímulo da participação de todos os setores na
apresentação de soluções e propostas;
• Obtenção de certificação ambiental e sua manutenção,
exigindo
participação
consciente
dos
funcionários,
fornecedores, clientes e comunidade.
Qual a importância da
Educação Ambiental?!
• A atual geração tem assistido a um intenso progresso
tecnológico, que provoca graves consequências para vida
no planeta. A preocupação com a degradação e exaustão
dos recursos naturais deixa de ser tema apenas de
movimentos ambientalistas, e passa a ser prioridade social em
defesa da vida;
• A Educação Ambiental vem somar esforços e ocupar espaço
primordial na construção de um novo palco de vida como
forma de expressão e mobilização, que levem criticamente à
descoberta de novos valores, atitudes, gerando novos
padrões éticos a serem construídos e vividos individual e
coletivamente.
E AGUARDEM CENAS DO PRÓXIMO CAPÍTULO...!

similar documents