Slide 1 - Química em 2020

Report
Uma indústria que pensa no futuro
A indústria química em 2020
Fernando Figueiredo
Presidente-Executivo da Abiquim
Panorama da indústria química
• Faturamento total em 2010: US$ 130,2 bilhões
• Déficit comercial em 2010: US$ 20,7 bilhões
• Déficit comercial previsto para 2011: acima de US$ 24 bilhões
• Empregados diretos: cerca de 390 mil
• Empregados indiretos: cerca de 2 milhões
• Indústrias químicas instaladas no País: cerca de 2.500 (IBGE)
• Participação no PIB de 2010: 2,4%
Dimensão da indústria química no Brasil
Faturamento líquido da indústria química brasileira – 2010*
Outros
US$ 1,8
Produtos
químicos de
uso industrial
US$ 63,8
Fibras
US$ 1,1
Total US$ 130,2
bilhões*
Tintas,
esmaltes e
vernizes
US$ 3,9
Sabões e
detergentes
US$ 7,7
Defensivos
agrícolas
US$ 7,0
* estimado
Adubos e
fertilizantes
US$ 11,2
Higiene
pessoal,
perfumaria e
cosméticos
US$ 13,8
Fontes: Abiquim e associações dos segmentos
Produtos
farmacêuticos
US$ 19,9
Elevação do faturamento líquido
1995 a 2010*
R$ bilhões e US$ bilhões
228.8
222.3
Em reais: 2010/2009 = +14,5%
2010/2008 = +2,9%
199.9
200.9
176.4 176.1 179.6
Em dólares: 2010/2009 = +29,0%
2010/2008 = +6,6%
140.0
130.2
108.9
91.3
122.2
79.8
103.5
65.9
38.0
43.0
41.4
42.8
1995
1996
49.8
50.8
46.2 43.8
36.3 43.6
38.8 37.3
45.5
1997
1999
2001
2003
1998
R$ bilhões
2000
2002
60.3
2004
72.3
2005
100.9
82.6
2006
2007
US$ bilhões
* estimado
Fontes: Abiquim e associações de segmentos específicos
2008
2009 2010*
Faturamento líquido da indústria
química brasileira – 1996 a 2010*
US$ bilhões
* estimado
%
10*/96
a.a.
1996
2006
2007
2008
2009
2010*
%
10*/09
Produtos químicos de
uso industrial
19,9
45,4
55,1
61,2
46,2
63,8
38,1
8,7
Prod. farmacêuticos
7,6
11,9
14,6
17,1
15,4
19,9
29,2
7,1
Hig. pessoal, perf. e cosméticos
4,2
6,9
8,8
10,5
11,4
13,8
21,1
8,9
Adubos e fertilizantes
3,0
5,6
9,0
14,2
9,7
11,2
15,5
9,9
Sabões e detergentes
2,8
4,6
5,5
6,3
6,1
7,7
26,2
7,5
Defensivos agrícolas
1,8
3,9
5,4
7,1
6,6
7,0
6,1
10,2
Tintas, esmaltes e vernizes
2,0
2,1
2,4
3,0
3,0
3,9
30,0
4,8
Fibras artificiais e sintéticas
n.d.
n.d.
1,1
1,1
1,0
1,1
10,0
n.d.
Outros
1,5
2,2
1,6
1,7
1,5
1,8
20,0
n.d.
42,8
82,6
103,5
122,2
100,9
130,2
29,0
8,3
Segmentos
TOTAL
Fontes: Abiquim e associações de segmentos específicos
Participação % no PIB
Produtos químicos:
4ª maior participação no
PIB industrial (10,08%)
3.6
3.3
3.0
2.5
2.1
95
2.0
2.1 2.1
96
97
98
2.7 2.8
3.3
3.0 3.0 3.0
2.6
99 00. 01. 02. 03. 04. 05. 06. 07. 08. 09.
Nota: Admitindo-se que o valor agregado, em média, seja de 40%
Fonte: Abiquim
Faturamento líquido da indústria
química mundial - 2009
US$ bilhões
8ª posição
PAÍS
FATURAMENTO
ESTADOS UNIDOS
674
CHINA
635
JAPÃO
286
ALEMANHA
213
FRANÇA
135
ITÁLIA
105
CORÉIA
104
BRASIL
101
REINO UNIDO
97
ÍNDIA
93
HOLANDA
66
ESPANHA
65
RÚSSIA
64
Total mundial estimado: US$ 3.438,8 bilhões
Fonte: ACC, Cefic e Abiquim
Balança comercial de produtos
químicos – 1991 a 2010
US$ bilhões
Déficit cresceu de forma explosiva
1991 = US$ 1,5 bilhão
2010 = US$ 20,7 bilhões
Fonte: MDIC/Secex – Sistema AliceWeb – Maio de 2011
Produtos químicos de uso industrial
- Consumo aparente nacional (CAN)
Produtos amostrados no RAC
Produção
Importação
Exportação
CAN
Crescimento
1990 a 2010 (% a.a.)
2,3
11,0
2,8
3,6
2010 / 2009
+7,0
+28,0
-10,2
+13,2
1º Q. 2011 /
1º Q. 2010
- 5,6
+28,6
-6,7
+4,2
Últimos 12 meses
(até abril) / 12
meses anteriores
-0,05
+20,6
-7,9
+7,3
Fonte: RAC
Março e abril de 2011 - preliminar
CAN = (produção + importação) – exportação
Futuro
>> Programa Atuação Responsável
• 20 anos no Brasil
• Missão de promover o aperfeiçoamento da gestão das empresas químicas
brasileiras e da cadeia de valor, de forma a assegurar a sustentabilidade
ambiental, econômica e social dos processos e produtos, bem como contribuir
para a permanente melhoria da qualidade de vida da sociedade, criando uma
relação de confiança por meio de mecanismos de verificação das ações do
Programa.
Indicadores do AR
Intensidade de emissão de dióxido de carbono equivalente
Indicadores do AR
Água captada
Indicadores do AR
Consumo de energia elétrica
Indicadores do AR
Efluentes lançados
Indicadores do AR
Geração de resíduos
Indicadores do AR
Perfil da energia consumida
Indicadores do AR
Frequencia de acidentes totais
Desenvolvimento sustentável
>> Tripé do desenvolvimento sustentável
• Social
>> Geração de empregos
• Econômico >> Empresas em crescimento
• Ambiental >> Programa Atuação Responsável
Pacto Nacional da Indústria Química
- Intento Estratégico
• Posicionar a indústria química brasileira entre as
cinco maiores do mundo até 2020
• Tornar o País superavitário em produtos químicos
• Posicionar o Brasil como líder em química verde
Pacto Nacional da Indústria Química
- Propósito
Apresentar um conjunto de proposições e propostas para viabilizar os
investimentos que a indústria química poderá realizar, no horizonte 20102020, de modo a acompanhar a demanda prevista do consumo brasileiro,
aproveitar as oportunidades do pré-sal e a emergência da química de
renováveis.
Pacto Nacional da Indústria Química
- Compromissos
• Desenvolver e difundir padrões cada vez mais elevados de responsabilidade
e
conduta
industrial,
ambiental
e
empresarial,
promovendo
a
sustentabilidade nos segmentos da indústria química
• Impulsionar o crescimento econômico brasileiro, realizando investimentos
substanciais no aproveitamento dos recursos do pré-sal, na utilização da
biomassa em soluções de química renovável e na elevação da capacidade
produtiva exportadora nacional
Pacto Nacional da Indústria Química
- Compromissos
• Desenvolver tecnologias, criando produtos e soluções avançadas em
atenção a outros setores e atividades
• Elevar os padrões de gestão, de responsabilidade fiscal e de produtividade
• Promover continuamente a qualificação dos trabalhadores da indústria
química e contribuir para a formação de pessoas nas indústrias relacionadas
com a Química
Indústria química
- Situação atual e perspectivas
• A Química é um dos principais setores da
indústria brasileira
Indústria Química - 2010
• Todos os setores industriais e bens de
consumo possuem conteúdo químico
21
34
13
• O seu déficit comercial é elevado e cresceu
de modo intenso desde os anos 1990
• O déficit comercial de produtos químicos
elevou-se de US$ 1,2 bilhão em 1990 para
US$ 6,6 bilhões em 2000 e US$ 23,2 bilhões
em 2008
• Este crescimento do déficit está ligado a
causas externas às empresas
130
Produção Exportações
151
117
Consumo de
Consumo
produtos Importações
total
domésticos
Déficit
Indústria química
- Desafios
• O crescimento da economia
demanda um enorme
esforço de crescimento da
indústria química
• Em 2020, esse crescimento
acrescentará US$ 115
bilhões à demanda de
produtos químicos
• Para equilibrar a balança
comercial de produtos
químicos serão necessários
US$ 23 bilhões adicionais
de produtos.
Para acompanhar o crescimento da demanda, sem déficit
comercial de produtos químicos, será necessário aumentar a
produção em US$ 138 bilhões.
Investimentos necessários – 2020
- Crescimento econômico
US$ bilhões
Crescimento
PIB
3%
4%
5%
Relação
capitalprodução (RKP)
Elasticidade da
demanda de
produtos químicos
1
1,25
1,5
0,9
47
61
76
1
52
68
85
1,1
57
75
93
0,9
66
87
111
1
73
97
123
1,1
80
107
135
0,9
87
118
152
1
97
131
169
1,1
107
144
186
Oportunidades de investimento na
indústria química até 2020
US$ bilhões
• O crescimento da economia
demanda um enorme esforço de
crescimento da indústria química,
com investimentos intensivos em
capital
Oportunidades de Investimento 2010- 2020
(em US$ bilhões)
15
20
45
167
• São 4 componentes:
• PQI + outros segmentos
• Exportações + SI
• Produtos químicos do pré-sal
(15 US$ bi)
• Químicos renováveis (20 US$ bi)
87
crescimento
econômico
recuperação do
déficit
química
renovável
Além dos investimentos em capacidade, a indústria
química deverá realizar US$ 32 bilhões em P&D.
pré-sal
total
Produtos químicos de uso industrial
Investimentos realizados e programados – 1995 até 2015*
US$ bilhões
* Preliminar
Inclui US$ 4,7 bi já investidos
de projetos que ainda não
entraram em operação
Fonte: Abiquim
US$ 21,4 bilhões
Necessidades de investimento
- Requisitos
• Matérias-primas competitivas em preço, disponibilidade de volume e prazo
nos contratos
• Tributos: Solução das distorções do sistema, desoneração da cadeia, isonomia
tributária com sucedâneos e defesa contra concorrência desleal
• Infraestrutura logística: Distribuição de gás, energia, portos, rodovias e outras
soluções modais
• Inovação e tecnologia: Apoio decisivo do Estado ao desenvolvimento
tecnológico
• Crédito: Acesso ao crédito para fortalecimento da cadeia, financiamento à
exportação, inovação e tecnologia
Um problema adicional
• Até o ano passado, o câmbio ainda podia ser considerado um elemento
passageiro do quadro
• Hoje, o câmbio valorizado, em meio a uma crise internacional prolongada,
está gerando um quadro profundamente desfavorável para a indústria
• Neste cenário, os investimentos sofrem efeitos duradouros e o intento do
Pacto fica comprometido
Benefícios do Pacto
• Conquista de posição de liderança mundial em sustentabilidade
• Ampliação do potencial de aproveitamento dos recursos da biomassa, por
meio da química dos renováveis
• Criação de mais de 2,0 milhões de empregos, incluindo os diretos, os
indiretos e o efeito-renda
• Contribuir ativamente para o alcance dos objetivos estratégicos do
desenvolvimento brasileiro
• Aumento da atratividade do País para investimentos externos diretos
Benefícios do Pacto
• Aumento da importância do Brasil no comércio internacional
• Redução da vulnerabilidade externa
• Agregação de valor aos insumos oriundos do pré-sal
• Estímulo ao desenvolvimento do setor de bens de capital
• Criação e desenvolvimento de tecnologia, com cultura de inovação e
pesquisa
• Fortalecimento do mercado de capitais, com empresas químicas mais fortes

similar documents