A *primavera árabe*

Report
A “primavera árabe”
Localização Oriente Médio
Totaliza 15 países
O mundo Árabe
A relação todo/ partes
Salvador Dali: “Gala contemplando o
mediterrâneo que em vinte metros tornase um retrato de Abraham Lincoln”
Escalas geográficas
• Global: controle geopolítico do petróleo; governos
autoritários pró-ocidentais; influência das antigas
Metrópoles
• Regional: aspectos que diferencia o “mundo árabe” dos
outros “mundos” (língua: árabe; religião: muçulmana);
conflitos xiitas versus sunitas.
• Local/ Nacional: ditaduras, corrupção, precariedades
sociais, inserção política dos jovens e mulheres (direitos
humanos), partidos políticos muçulmanos, extremismo
religioso.
O ORIENTE MÉDIO E O PETRÓLEO
QUANTO CONSUMIMOS...
AS RESERVAS DE PETRÓLEO NO MUNDO
As “primaveras” na história
•
•
•
•
PRIMAVERA DOS POVOS – 1848
PRIMAVERA DE PRAGA – 1968
PRIMAVERA DE PARIS – 1968
PRIMAVERA ÁRABE – 2011...
Características / Motivações
•
Os protestos têm compartilhado técnicas de resistência civil (greves,
manifestações, passeatas e comícios)
•
uso das mídias sociais (Facebook, Twitter e Youtube) para organizar,
comunicar e sensibilizar a população e a comunidade internacional em face
de tentativas de repressão e censura na internet por partes dos Estados.
•
Meios de comunicação censurados / controlados.
•
É considerada a primeira grande onda de protestos pela laicização (??) e
democratização do mundo árabe no século XXI.
desemprego;
injustiça social;
regimes corruptos (para “dentro ” e para “fora”)
Autoritários – elites dominantes para dentro e dominadas para fora.
falta de liberdades civis, direitos humanos;
alta militarização (interna e externa);
•
•
•
•
•
•
RAIO-X DOS PAÍSES DA REGIÃO
População
(milhões de
habitantes)
IDH
Desemprego
(% - 2010)
Pobreza
(%)
Crescimento
(2010)
Inflação
(%)
PIB
(U$$ Bi)
Arábia
Saudita
26
55°
11
-
3,4
5
435
Argélia
35
84°
10
23
4
5
159
Egito
80
101°
9,7
20
5
12
217
Iêmen
23
133°
35
45
8
10
30
Iraque
30
-
15
25
3
5
85
Jordânia
6
82°
13
15
4
5,5
27
Líbano
4
-
-
28
8
5
40
Líbia
7
53°
30
8
11
4,5
78
Marrocos
32
114°
10
15
4
1,5
92
Mauritânia
3
136°
30
40
5
6
4
Síria
22
111°
8
12
5
5
60
Tunísia
11
81°
14
4
4
4,5
44
(PUC)
Muita gente vem incensando as mídias sociais como elementos revolucionários
fundamentais nas rebeliões que vêm ocorrendo no norte da África e Oriente Médio.
O consenso atual é o de que as redes criadas por elas são capazes de facilitar a
mudança de um regime político, dando início a uma nova onda de democratização
ao redor do mundo. Essas mídias sozinhas, no entanto, não instigam revoluções e,
como qualquer ferramenta, têm pontos fracos e pontos fortes.
a) Explique como a compressão espaço-tempo, na atualidade, amplia o sucesso
das mídias sociais nos eventos em destaque.
b) Selecione um ponto forte e outro fraco das redes geradas pelas mídias sociais
nos eventos regionais em curso.

similar documents