LES_02_IITRI14 - Classe da Escola Sabatina

Report
LIÇÃO
02
II TRI
2014
CRISTO
E A LEI
DE
MOISÉS
VISANDO
LEIS NO
TEMPO
DE
CRISTO
LEI ROMANA
LEI CERIMONIAL - AT
LEI CIVIL
LEI RABÍNICA
LEI MORAL
LIÇÃO
1
VERSO PARA MEMORIZAR:
"Se, de fato, crêsseis em Moisés, também creríeis em
Mim; porquanto ele escreveu a Meu respeito" (Jo 5:46).
O QUE É antissemitismo ?
•
Jesus falou contra os abusos da religião, isso é verdade,
mas não contra a própria religião. Afinal, Ele foi o fundador
dela.
•
Jesus era um judeu fiel, totalmente imerso na cultura
judaica;
•
Como todo judeu fiel no primeiro século, Jesus estava
sujeito à lei mosaica;
•
Jesus permaneceu fiel a um sistema que seria cumprido
por Sua morte na cruz e ministério celestial.
SÁBADO
LIÇÃO
2
CIRCUNCISÃO E DEDICAÇÃO
•
ORIENTAÇÃO DIVINA
•
JESUS SUBMETEU-SE
A ESTA LEI
“Disse mais o SENHOR a Moisés: Fala
aos filhos de Israel: Se uma mulher
conceber e tiver um menino, será imunda
sete dias;(…) E, no oitavo dia, se
circuncidará ao menino (…) ela trinta e
três dias a purificar-se (…). Se tiver
uma menina, será imunda duas
semanas, (…); depois, ficará sessenta e
seis dias a purificar-se do seu sangue.
(…) sangue; esta é a lei da que der à luz
menino ou menina. Mas, se as suas
posses não lhe permitirem trazer um
cordeiro, tomará, então, duas rolas ou dois
pombinhos, um para o holocausto e o
outro para a oferta pelo pecado; assim, o
sacerdote fará expiação pela mulher, e
será limpa.” (Levítico 12:1-8 RA)
“Completados oito dias para ser circuncidado o menino, deram-lhe o
nome de JESUS, como lhe chamara o anjo, antes de ser concebido.
Passados os dias da purificação deles segundo a Lei de Moisés,
levaram-no a Jerusalém para o apresentarem ao Senhor, conforme
o que está escrito na Lei do Senhor: Todo primogênito ao Senhor
será consagrado; e para oferecer um sacrifício, segundo o que está
escrito na referida Lei: Um par de rolas ou dois pombinhos.” (Lucas
2:21-24 RA)
Como judeus piedosos, Maria e José cumpriram meticulosamente as obrigações da lei mosaica e garantiram que o Filho de Deus levasse as marcas da aliança.
DOMINGO
LIÇÃO
2
FESTAS
JUDAICAS
Cinquenta dias após a Páscoa ocorria a festa de
Shavuot, muitas vezes referida pelo seu nome grego,
Pentecostes. O último período de festas do ano civil
judaico era a Festa dos Tabernáculos (Festa das
Cabanas - Festa das Cabanas, comemorava o tempo em
que Israel teve que viver em tendas no deserto.) e o Dia
da Expiação (Yom Kippur). Além das festas das leis de
Moisés, os judeus têm outros dois festivais que
comemoram a intervenção histórica de Deus. O primeiro
é Purim, que marca o livramento do povo judeu do
genocídio, quando Ester apelou ao rei persa. O segundo
é Hanukah, também conhecido como a Festa da
Dedicação (Jo 10:22), que celebrava a vitória dos
macabeus sobre os gregos em 164 a.C.
www.cristoevida.org.br
Embora não mais realizemos as festas bíblicas, o que
podemos fazer para manter diante de nós a realidade
de Deus, o que Ele fez por nós e o que Ele nos pede?
SEGUNDA
LIÇÃO
2
JESUS NO
TEMPLO
Além das leis civis de Israel, havia também o que é geralmente chamado de
"lei cerimonial". Essa lei estava centralizada no santuário e em seus rituais, os
quais foram projetados para ensinar aos filhos de Israel o plano da salvação e
apontar para eles o Messias que viria.
a. Como essa história ilustra o caráter judaico dos
evangelhos e a centralidade da religião em tudo o que
acontecia?
b. Qual é a importância do fato de que essa história
aconteceu durante a Páscoa?
c. Por quantos dias os pais de Jesus não conseguiram
encontrá-Lo? Que lembrança isso traz a você?
d. Embora Jesus fosse uma criança obediente, Sua
resposta aos pais parece ter sido quase uma repreensão.
Que ponto importante essa resposta contém? O que isso
nos diz sobre o que deve ter prioridade em nossa vida?
Leia Lucas 2:51. O que significa a submissão de Jesus?
TERÇA
LIÇÃO
2
IMPOSTOS
Reconhecendo a seriedade com a qual muitos judeus lidavam com a fé, os romanos
permitiram que eles coletassem os próprios impostos, a fim de cobrir os custos envolvidos
com a manutenção do templo. Todo judeu do sexo masculino com mais de vinte anos
devia pagar o imposto de meio siclo (um siclo equivalia a cerca de 12 gramas),
independentemente de sua condição econômica (Êx 30:13; 38:26).
Jesus pagou o imposto do templo, mesmo sabendo que aquela
magnífica estrutura em breve seria destruída (Mt 24:1, 2). O que isso
deve nos dizer sobre nossa obrigação de ser fiel nos dízimos e ofertas,
independentemente dos problemas que cremos que existam?
Provendo o necessário para pagamento
do tributo, Ele deu o testemunho de Seu
caráter divino. Foi demonstrado que Ele
era um com Deus e, portanto, não Se
achava sob tributo, como um simples
súdito do reino" (Ellen G. White, O Desejado de
Todas as Nações, p. 434).
QUARTA
LIÇÃO
2
APLICAÇÃO DA LEI
Como vimos, Jesus foi um cidadão fiel que cumpriu Suas
responsabilidades como judeu, mesmo quando Sua vida estava em
perigo (leia, por exemplo, João 7:1, 25, 26; 10:31). Na verdade, Jesus
deixou claro que não era Seu propósito abolir "a Lei ou os Profetas"
(Mt 5:17-20).
Como podemos equilibrar justiça e graça para os que caem
em pecado? Se é inevitável errar, seria melhor errar ao lado
da justiça ou da misericórdia? Por quê?
QUINTA
LIÇÃO
2
1. Embora Jesus tivesse estabelecido essas leis, quando Ele assumiu a
humanidade, submeteu-Se a elas. O que isso nos diz sobre o caráter de
Deus?
2. O que você diria para um cristão que declarasse que devemos
cumprir as festas bíblicas? Uma sugestão é perguntar: "Como você
pretende cumpri-las, uma vez que as festas estavam centralizadas no
templo, que foi destruído há muito tempo, e no derramamento de
sangue, que foi interrompido?"
Com o exemplo de Jesus Cristo, aprendemos que a genuína espiritualidade anda de
mãos dadas com a religião, a obediência e o equilíbrio. O genuíno crescimento na fé se
realiza no desenvolvimento harmônico de nossas faculdades físicas, mentais e morais.
Uma pessoa que experimenta o crescimento na graça evidencia sua espiritualidade na
observância de valores e regramentos religiosos que estão de acordo com as Escrituras.
SEXTA
LIÇÃO
2
INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
Pr. Carlos Flávio Teixeira - WWW.ADVIR.COM.BR
- Acerca de pessoas:
a. Pais e filhos (Êx 21:15-17; Lv 20:9; Dt 21:18-21; Nm 27:6-7; 30:3-5).
b. Marido e mulher (Nm 30:6-15; 30:9; Dt 24:5).
c. Matrimônio e divórcio (Lv 18:1 e ss; Dt 21:1 e ss; 22:13-31; 24:1-4; Êx 21:7-9).
d. Descendência e direitos das viúvas (Dt 25:5-10).
e. Senhores e escravos (Êx 21:20, 26, 27; Dt 15:12-18; 23:15; Lv 25:10, 47-54).
f. Estrangeiros em Israel (Êx 22:21; Lv 19:33, 34).
- Acerca de coisas:
a. Propriedades e possessões (Lv 25:23; 25:25-28; 25:29-30; 23:22; Dt 25:19-21; Lv 25:31-34; 25:14-39; Êx 21:19; 22:9; cada uma dessas unidades e
versículos, embora repetitiva, indica algum tipo de provisão).
b. Dívidas (Dt 15:1-11; Êx 22:25-27; Dt 23:19-20; 24:6, 10-13, 17-18).
c. Taxas e impostos (Êx 30:12-16).
d. Despojos de guerra (Nm 31:26 e ss).
e. Provisão dos pobres (Lv 19:9-10; Dt 24:19-22; 23:24-25).
f. Salários (Dt 23:24-25).
- Acerca de leis criminais:
a. Ofensas contra Deus: crimes religiosos (Êx 22:20; Dt 13; 17:2-5; Êx 22:18; Dt 18:9-22; Lv 19:31; 24:15-16; Nm 15:32-36).
b. Ofensas contra o homem (Êx 21:15, 17; Lv 20:9; Dt 21:18-21; 1Rs 21:10-14; 2Cr 24:21; Êx 21:12, 14; Dt 19:11-13; Êx 21:22, 28-30; Nm 35:9-28; Dt 4:4143; 19:4-10; 21:1-9; 22:22-27; Êx 22:16; Dt 22:28-29; Êx 22:1-4; 22:5-15; 23:6-9; Dt 19:16-21; Êx 23:4 e ss; Dt 22:1-4; Lv 24:18; Êx 21:18-19, 22-25; Lv
24:19-20. Cada referência fala sobre um tipo específico de ofensa e sobre aquilo que a lei requer em tal caso.
LIÇÃO
2
PRÓXIMO TEMA
CRISTO E
A
TRADIÇÃO
RELIGIOSA
VERSO PARA MEMORIZAR:
“Este povo honra-Me com os
lábios, mas o seu coração está
longe de Mim. E em vão Me
adoram, ensinando doutrinas
que são preceitos de homens“
(Mt 15:8,9).
ANO BÍBLICO PROXIMA SEMANA:
I Rs 5 à I Rs 19
slides preparado por: Pr. Wellington Almeida
•
Este arquivo está sendo disponibilizado em PDF para evitar incompatibilidades com sistemas diferentes (windows/macintosh).
•
Foi preparado no formato “.key” (aplicativo do mac) e salvo com efeitos. O documento em PDF tenta preservar os transições dos efeitos,
considerando para cada efeito uma página diferenciada; de maneira que o documento só será “bem visto” se voce utilizar o recurso de visualização
em “modo de tela cheia”.
•
•
Não é este a melhor opção para impressão e sim para apresentação. Grato.
NOVO: Estamos disponibilizando também em “PPT"a partir deste trimestre. Se houver alguma desconfiguração neste formato, favor utilizar o PDF.
•
Seja bem-vindo a um novo ciclo de aprendizado e crescimento. Estamos agora
disponibilizando também em PPT e .KEY. O que solicito é que, havendo desconfiguração
de fontes e recursos, voce utilize a versão em PDF, para manter a qualidade do material
que estamos produzindo.
•
A lição desta semana já inclui a revisão. As imagens e temas ali dispostos são importantes
para relembrar o tema da última semana e rever os conceitos;
•
Os slides estão sendo apresentados com muitas informações. Isto deve ser base para os
argumentos na classe. O importante é discutir o que está em destaque, seja em negrito
ou em fonte maior.
•
As lições de terça e quinta feira devem tomar um tempo maior. Previna-se para que isto
ocorra e que seja efetivo;
•
Todo tema de fundo deve girar em torno de que Jesus cumpriu com a lei de Moisés,
dando-nos exemplo e referencial de conduta. Só não esqueça de que algumas delas
tiveram seu valor finalizado em Cristo e seu sacrifício.
Contatos: [email protected] - Twitter: @prwalmeida
Norteamento
Auxilio ao professor

similar documents